10 horas de sexo e hiper orgasmos? Sim!

Para nós, sexo por menos de 40 minutos é ejaculação precoce

Nosso sexo é bem devagar. Gostamos de curtir cada pedacinho da transa
Foto: Gabriela Portilho

Depois de dez horas de sexo, entre carícias e penetração, meu amor não aguentou mais segurar. Uau! ”Vinícius, você é tântrico”, eu disse pra ele, apaixonada. Era a nossa primeira transa, no Carnaval de 2009. ”Tântrico? Como assim?”, ele perguntou. Mesmo sem saber do que se tratava, o meu amor tinha acabado de me propiciar o sexo mais delicioso da minha vida. O sexo tântrico é aquele que a gente faz bem devagarzinho, por horas e horas, com cada um explorando o corpo do outro.

Vou devargazinho

De vez em quando, transamos de uma forma um pouco mais selvagem, só para acalmar as tensões. Mas nossa modalidade preferida é o sexo tântrico. Nele, tanto o homem quanto a mulher são deuses e devem reverenciar um ao outro. Por isso, consideramos a nossa cama um altar de culto. Às vezes, ficamos mais de duas horas só nas preliminares. Não é simplesmente beijar na boca e tocar onde todo mundo toca. O corpo todo é uma zona erógena. Por isso, massageio as costas dele com o meu cabelo, exploro os olhos, o nariz, as orelhas, toco o dedo mindinho do pé, as dobrinhas entre os dedos, passeio pelo joelho, pelas linhas das mãos, assopro… O Vinícius adora e retribui, afinal, no tantra não existe essa história de mulher submissa ao homem. É sempre uma troca.

O foco é o durante

A penetração tântrica tem pouco movimento, mas muita vibração e respiração. Pra quem está começando, é difícil mesmo segurar a onda. Em uma das posições que praticamos, fico sentada por um longo tempo, imóvel, enquanto ele me penetra. Não foco no final. O nosso maior prazer é curtir o fato de estarmos unidos um ao outro.

Além de fazermos poucos movimentos, temos ainda alguns segredinhos e técnicas para que o Vinícius não ejacule antes. Quando estamos quase ”lá”, diminuímos ainda mais o ritmo. Ele faz uma inspiração longa e profunda, contrai a musculatura pélvica e depois solta o ar. Pronto! A energia sexual se espalha por todo o corpo dele e meu amor é capaz de transar por mais algumas horas sem ejacular.

Claro, nenhum homem é de ferro pra ficar sempre com tudo em cima durante horas. Já aconteceu de o Vinícius perder a ereção no meio da transa. Quando isso ocorre, o sexo não acaba. Continuamos juntinhos até que tudo volte ao normal.

A bomba de prazer!

Com um pouco de prática, é possível alcançar hiperorgasmos! Eles parecem bombas atômicas, muito mais intensos e explosivos do que o orgasmo comum. Depois que tive um desses, descobri que não dá pra se contentar com o arroz e feijão.

Roteiro do sexo tântrico em 2 horas

Quer usar minhas técnicas tântricas para uma sessão de sexo longa e cheia de romance? Siga o meu passo a passo:

1. A ocasião:
O sexo tântrico exige disciplina, portanto, não escolha um dia em que seu amor esteja afoito por sexo, pois você pode terminar frustrada. Leve os filhos pra casa da sogra, desligue o telefone, o celular e certifique-se de que será possível passar horas sem ser interrompida.

2. O ambiente:
Borrife perfume na cama. Velas e incensos também são bons. Prepare um banho. Se você não tem banheira, amarre um saquinho de pano com folha de camomila ou lavanda no chuveiro. Quando a água cair, vai espalhar um aroma suave.

3. O convite:
Estabeleça as regras. Diga que vocês irão mais devagar e que tudo o que você fizer com ele deverá ser retribuído.

4. O banho:
Dê um banho nele como se você não tivesse segundas intenções. Passe a bucha por cada cantinho do corpo dele e receba cada toque de volta.

5. As preliminares:
Enxugue seu amor com toques suaves de toalha. Depois, é hora de começar a tocar o corpo dele. A ideia é que ele se sinta reverenciado. Invista na testa, nas orelhas, nos olhos, no nariz, nos cantinhos dos dedos. Toque com os lábios, com o cabelo, com os seios. O importante é fugir do lugar comum. Peça para que ele repita esses toques em você, sem pressa de terminar.

6. A penetração:
Antes de ser penetrada, peça bastante carinho no clitóris e no canal vaginal. Isso é muito importante para que você esteja no ponto certo no momento da penetração. Quando chegar a hora, faça com que a penetração seja lenta, com pouca fricção. Quando ele estiver dentro de você, pare e fi que abraçada com ele, sem fazer movimento. Esse momento pode gerar um pouco de ansiedade. Controle isso por meio da respiração e dos movimentos da pélvis. Quando sentir que o ápice dele está próximo, peça um tempo e volte ao começo. Repita esse procedimento quantas vezes forem necessárias. O objetivo principal de vocês não é a ejaculação, mas curtir cada segundo da transa. Quando vocês gozarem, será recompensador.

7. Depois do orgasmo:
O sexo não acaba quando o homem ejacula. Depois disso, vocês podem continuar se tocando ou ficarem só abraçados.

O sexo começa só no olhar

Vinícius Campos, 24 anos, massoterapeuta, o marido da Andrea

”Nunca tinha praticado sexo tântrico até conhecer a Andrea. Nem precisamos conversar sobre isso ou estabelecer regras. Nossas transas foram 100% tântricas desde a primeira noite. Pra mim, o sexo começa com o olhar e vai subindo em níveis de energia, até a penetração e o ápice. Gosto de curtir cada uma dessas fases, sem fi car bitolado no orgasmo. Assim, aproveito cada pedacinho da Andrea. Dou e recebo muito mais prazer. Me encontrei no tantra e sou apaixonado pela Andrea. A nossa sintonia na cama e no amor é tanta que em poucos dias já estávamos casados.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s