9 sinais de que você está em um relacionamento abusivo

Ei, amiga, senta aí, nós vamos conversar - e o papo é sério.

1.  A pessoa é manipuladora.

Sim, a culpa sempre vai ser sua. Mas, calma, na real, é isso o que a pessoa abusiva quer que você pense. Ela sempre está certa, e sempre vai fazer você se sentir A PIOR PESSOA DO MUNDO. E vai fazer isso de um jeito ~aparentemente~ inocente: usando das palavras. Não caia nessa, isso é abuso.

Leia Mais: Comediante americana revela abusos cometidos por ex em corajoso post no Instagram

2. A pessoa mente.

Quando ela quebrou a primeira promessa você relevou, afinal, esse tipo de coisa acontece, né? Da segunda vez, você achou estranho e melhor não encanar. Mas na terceira… um sinal vermelho acendeu. Além disso, tem algo de misterioso na vida dela, quem são seus amigos de verdade? Parece que ela sempre está escondendo algo, nada parece claro.

3. A pessoa quer controlar suas emoções.

Esse tipo de pessoa adora um joguinho. Diz que vai ligar e não liga, diz que vai fazer algo e não faz… Chantagem emocional? É uma arte que ela domina. E você, sem se dar conta, aos poucos, está presa nessa armadilha. Os seus dias se resumem a pensar no que a pessoa pensaria de sua atitude. De repente, você já brigou com todas as pessoas que ama porque elas querem o seu bem e sabem que o seu bem não é dentro de um relacionamento abusivo. Pois é, quando isso acontece: a pessoa está controlando, sim, suas emoções.

4. Ela age de forma passivo-agressiva.

O confronto nunca é direto. A pessoa passivo-agressiva nunca vai dizer que reprova algo em você com todas as letras, ela vai achar formas dissimuladas de comunicar isso. É o famoso “não estou bravo com você”, quando, na verdade, está. Esse tipo de comportamente é destrutivo porque você nunca sabe lidar com uma pessoa assim. Vive para tentar agradá-la e nada NUNCA vai estar bom para ela.

5. Você nunca se sente confortável na relação.

Sabe aquele aperto no coração constante? Às vezes, até uma taquicardia! Você não se conhece mais. Você não é você mesma. Quanto mais tenta agradar, mais é jogada de lado. E a pessoa não larga você. E você não entende. E você sofre. Relacionamento é troca e doação e precisa somar, ensinar coisas boas, deixar você feliz. Se isso não está acontecendo, corre.

6. Você sabe que há algo errado, mas não consegue fugir dessa relação.

Imagina a cena: você sabe que a relação está péssima, sabe que não está feliz e resolve terminar de vez o relacionamento. Todas as suas amigas já falaram que é o certo a se fazer e que, sim, é hora de se libertar. Mas na hora H, bastou um pedido de desculpa da pessoa e um “eu vou melhorar” para imediatamente você esquecer o que ia fazer. E, BAM!, mais uma vez você não conseguiu se ver livre disso.

7. Você tem medo.

Medo de como a pessoa vai reagir se você mostrar quem é de verdade, medo de expor seus sentimentos, medo de sofrer algum tipo de agressão física. Isso não é vida, é?

8. Ela não respeita o seu espaço.

Essa pessoa não conhece limites. Aparece na porta da sua casa do nada, no seu trabalho. Aos poucos, parece estar minando toda a sua vida. Você pode até achar fofo, mas não deixa de ser uma forma de controle, um jeito de estar a todos os momentos na sua mente. Para um relacionamento crescer de forma saudável é necessário espaço.

9. É uma pessoa possessiva.

É preciso acabar com a velha ideia de que quem ama sente ciúme. NÃO. Quem ama respeita, cuida e entende, é simples assim. Possessividade e, principalmente, possessividade excessiva é abuso. É uma forma de controle, de afastar de você todas as pessoas que você ama, amigos, família… Uma forma de isolar você até você sentir que não tem mais ninguém no mundo. E por isso, você fica, você tem medo de sair desse relacionamento.

Ainda tem dúvidas? Criamos este teste para você ter certeza se está nesse tipo de relação.

E não esqueça, se você ou outra conhecida estiver precisando de ajuda, ligue para o 180, Central de Atendimento à Mulher.

#StayStrong

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s