Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

29/10/2014

ATUALIZADO EM

16/06/2015

Crise de espirro, coriza, gases... Confira 15 truques para driblar o vexame sem ir ao banheiro

Quem nunca se viu refém do próprio corpo em ocasiões inconvenientes? Aprenda truques simples que podem te salvar de constrangimentos quando o corpo se rebela em hora errada.
Verdade. A endometriose é uma doença que não tem cura e pode voltar. Por isso, é importante que a mulher que tenha a doença, vá ao seu ginecologista pelo menos uma vez a cada seis meses e esteja sempre em uso de alguma medicação hormonal
Foto: Getty Images

 

1. Dor de barriga na hora errada

Durante aquele jantar romântico na casa do gato, seu intestino dá sinais de que não curtiu muito a comida tailandesa apimentada e condimentada... Está fora de cogitação passar looongos minutos no banheiro dele e ter de dar a descarga mais de uma vez. É muito constrangimento! Para evitar esse mico, deixe os músculos do seu glúteo e do ânus contraídos e ande bem rapidinho - arrume uma desculpa para levantar e buscar algo na cozinha. Acelerar o passo ajuda a distrair seus pensamentos do desastre que está prestes a acontecer. Quando voltar a se sentar, dobre uma perna e apoie o bumbum sobre ela - aproveite e se debruce na mesa exibindo o decotão para ele. Esse truque pressiona a, digamos, região afetada.

2. Espirros sem fim

Você está arrasando na balada. De repente, começa um acesso de espirros (com consequências líquidas...). "Isso significa que alguma coisa, como poeira ou perfume, está irritando a mucosa nasal", diz a médica Roshini Raj, autora do livro What the Yuck?! (Que nojo!, em tradução livre). Para se livrar do incômodo, mergulhe o nariz em um copo de água. O truque fica mais eficiente se você misturar um pacotinho de sal na água. "Ele ajuda a retirar o muco, que acumula o agente irritante", escreve Roshini. É claro que você não vai pagar o mico de enfiar a cara em um copo na frente de ninguém! Expirar bem forte por cinco segundos resolve a emergência - depois vá até o banheiro e, discretamente, faça o serviço completo.

3. Espinha-surpresa

Bem no dia de conhecer aquele amigo gatíssimo da sua prima aparece uma espinha enorme no meio da sua testa. Em vez de espremê-la e piorar a situação, coloque uma pedra de gelo sobre a região. A sensação gelada aumenta a constrição dos vasos e diminui a vermelhidão, além de ajudar a combater a infecção. Outra medida de emergência para reduzir o inchaço é esmagar uma aspirina e colocar o pozinho na maldita.

4. Ops... Gases!

Todo mundo solta pum. Mas ninguém precisa presenciar essa cena, certo? Quando a vontade aparecer no meio de uma reunião, contraia os músculos do ânus até chegar a um banheiro. Como medida preventiva, diminua temporariamente o consumo de fibras e tome chá de hortelã, que previne os espasmos do trato digestivo.

5. Vontade de chorar

Seu chefe está de mau humor e acabou sobrando para você... bem na semana da TPM! Se não der tempo de correr até o banheiro para se afogar no choro, olhe diretamente para uma fonte de luz forte. A iluminação contrai as pupilas e dificulta a saída da lágrima. Respirar fundo por cinco segundos também ajuda, pois prestando atenção em sua respiração você diminui o foco no problema. Outra tática é pensar em matemática. Pode tentar lembrar seu antigo número de telefone ou contar quantos dias faltam para você tirar férias e se ver livre do carrasco. "O choro vem do lado emocional do cérebro. Ao estimular o racional, transferimos a atividade cerebral de um hemisfério para o outro", diz Roshini.

6. Menstruação imprevista

Justo no dia em que você saiu com aquela calça branca incrível, a menstruação resolveu chegar adiantada. Dobre um pedaço de papel higiênico ou alguns guardanapos e cole as extremidades no forro da calcinha até conseguir um absorvente. Se o fluxo fizer o gênero "velozes e furiosos", tome um analgésico que contenha anti-inflamatório. Além de prevenir as cólicas, o medicamento reduz o sangramento, o que pode manter seu look a salvo por mais tempo.

7. Queimadura de sol

Apesar de conhecer os perigos, você esqueceu o protetor solar e se queimou. Merecia um puxão de orelha. Mas, como o mal está feito, tente amenizá-lo com leite. O ácido lático e a gordura presentes na bebida ajudam a aliviar a ardência e a hidratar a pele. Umedeça uma toalha com leite gelado e coloque-a sobre a área queimada. Deixe por 15 a 20 minutos e lave com água fria.

8. Unhas descascadas

Não recuse o convite inesperado para um encontro por causa das unhas descascadas. Não dá tempo de comprar acetona? Mergulhe a ponta dos dedos em uma solução com cinco colheres de sopa de álcool e uma colher de açúcar por alguns minutos. Depois esfregue bem as unhas. Funciona, garante Marleine Cohen, autora de Dicas do Fundo do Baú (Globo).

9. Enxaqueca e estresse

Dia de cão no trabalho? Quando você está estressada ou ansiosa, acaba contraindo os músculos que ligam o maxilar às têmporas. Isso desencadeia a dor de cabeça tensional. "Coloque um lápis entre seus dentes sem mordê-lo", diz Fred Sheftell, diretor do Centro de Dor de Cabeça da Nova Inglaterra, nos Estados Unidos. Seus músculos irão relaxar e prevenir a dor.

10. Ui, que coceira!

No meio da rua, da balada, do date... Fique com as mãos paradas até encontrar um banheiro ou lugar privado, por favor! Se for nas coxas, o incômodo pode ser resultado do atrito das pernas. Polvilhe um pouco de talco ou pó compacto no local. Se mesmo assim continuar com aquela vontade louca de enfiar as unhas, dê um bom beliscão na região. O cérebro não consegue processar coceira e dor ao mesmo tempo. A última irá prevalecer. Se a irritação for em uma área mais, digamos, íntima, use o mesmo truque do beliscão. Só que em outra parte do corpo.

11. Chulé: e agora?

Não há Louboutin que salve pés fedorentos. Se estiver com um gatinho na balada e sentir que a noite vai se prolongar, um copo de vodca dá um jeito na emergência. Vá até o banheiro, encharque um papel com a bebida e passe nos pés, sugere o livro The Doctors Book of Home Remedies (O livro dos remédios caseiros, em tradução livre). O álcool destrói os fungos, que exalam odor, e deixa a região mais seca.

12. Vontade de fazer xixi

O trânsito está infernal. E sua bexiga enche a uma velocidade dez vezes maior do que a do seu carro. Não adianta buzinar: "Pare de pensar no assunto", diz a psicóloga Cynthia Schincaglia, do Rio de Janeiro. Assista a um vídeo divertido no celular. A vontade de ir ao banheiro é fisiológica, claro. Mas o processo todo é mediado pelo cérebro. Se você conseguir mudar o foco do seu pensamento, poderá resistir por mais tempo. Mas saiba que é uma solução transitória. A vontade não vai desaparecer. Também ajuda sentar com as pernas cruzadas uma sobre a outra (como índio) para diminuir a pressão sobre a bexiga.

13. Maldito soluço

Existe algo mais irritante do que ficar soluçando? Sim! Quando tem alguém por perto para assistir à cena. Uma colher de chá de açúcar engolida a seco ajuda, segundo o livro The Doctors Book of Home Remedies. Não se sabe exatamente por que o truque funciona, mas o pó doce (e mágico!) parece modificar o movimento do diafragma. Use uma colher só. Cuidado com a dieta.

14. Dor muscular

Exagerou nos exercícios e está se sentindo quebrada? Cruze os braços que passa. Segundo estudo realizado na University College, na Inglaterra, o cérebro está acostumado a mandar mensagens direcionadas aos membros esquerdo e direito. Esse movimento deixa os sinais cerebrais confusos, reduzindo a sensação de dor.

15. Queimação de estômago

Pode parecer meio maluco, mas mascar chiclete reduz a azia, garante a gastroenterologista Verônica Assumpção, do Rio de Janeiro. A saliva, produzida em maior quantidade durante a mastigação, é um antiácido natural, que neutraliza os ácidos que vêm do estômago. Mas não abuse dessa solução. "Ao mascar um alimento, o estômago começa a produzir suco gástrico para a digestão, o que agrava o problema", diz Verônica.

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Consultora NATURA Inspiradora

  • Juthay Nogueira
    Juthay Nogueira

    Promove ações para evitar que os jovens entrem para o tráfico de drogas, em uma comunidade de Belo Horizonte

  • Nilcimar Maria Silvestre dos Santos
    Nilcimar Maria Silvestre dos Santos

    Fundou uma associação que apoia vítimas de agressão doméstica e estimula o empreendedorismo 

  • Rozimere Santos Oliveira Souto
    Rozimere Santos Oliveira Souto

    Líder que organiza a produção agrícola e o empreendedorismo entre as mulheres, no Sertão da Paraíba

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Revelação

  • Alessandra Orofino
    Alessandra Orofino

    Esta à frente de uma ONG que conecta pessoas interessadas em solucionar problemas no Rio de Janeiro

  • Raquel Helen Santos Silva
    Raquel Helen Santos Silva

    Destaca-se por criar projetos de empoderamento e por conseguir apoio internacional para as causas feministas

  • Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha
    Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha

    Desenvolveram uma cobertura para ruas e estradas mais resistente, econômica e sustentável que a convencional

Ciências

  • Adriana Melo
    Adriana Melo

    Especialista em medicina fetal comprovou a relação entre infecções por zika em e as malformações em bebês

  • Eliana Abdelhay
    Eliana Abdelhay

    Desenvolve pesquisas a fim de melhorar os prognósticos de doenças graves e agiliza o diagnóstico de câncer

  • Thelma Krug
    Thelma Krug

    Restringe o desmatamento nas florestas e emissão de poluentes, responsáveis pelas mudanças climáticas

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Se a Miss Brasil deve ser a embaixadora da beleza brasileira, por q...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Em rara aparição, Eva, filha de Angélica e Luciano Huck, comemor...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Underboob: mostrar a parte de baixo dos seios é a nova mania entre...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Kéfera: como a youtuber adotou novos hábitos saudáveis e emagrec...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    22 celebridades mostrando que dá para ser chiquérrima sem alisar ...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    O que acontece quando... você fica 21 dias sem glúten, açúcar, ...