Pular para o conteúdo principal

PUBLICADO EM

29/10/2014

ATUALIZADO EM

29/10/2014

Por dentro do cérebro masculino

Ele insiste em olhar para os seus seios em vez de manter os olhos nos olhos? Por quê? Nossa aula sobre a mente deles explica essas e outras atitudes típicas masculinas!
Por dentro do cérebro masculino
Reportagem: Giovana Lombardi - Edição: MdeMulher

Confira como funciona o cérebro dele
Foto: Getty Images

MULHERES guardam detalhes de um encontro

HOMENS não se lembram de quase nada

Responda rápido: como foi o primeiro jantar com aquele gato da praia? Provavelmente, você vai descrever o programa do nome do vinho à cor da camiseta que ele usou. Agora, o bonitão... Se ele conseguir dizer o mês do encontro, já é uma grande coisa. Isso porque mulheres têm memória mais apurada para detalhes emocionais.

"Há uma região no cérebro, chamada amígdala, que atua como um gatilho emocional. E ela é mais facilmente ativada por experiências afetivas", explica a especialista em neurobiologia Louann Brizendine, autora de The Female Brain (O cérebro feminino). "Durante uma situação que mexe com os sentimentos, a amígdala registra os detalhes que serão arquivados na área da memória tardia", fala a dra. Louann. Nos homens, o registro também acontece, mas não fica tão bem arquivado.

Talvez você pergunte: se ele não guarda aniversário, como consegue dizer a escalação do time de futebol do campeonato de anos atrás? A mente masculina é um computador potente para registrar fatos, imagens e competição. "Homens usam melhor a parte esquerda do cérebro, que faz com que se recorde de informações simples e objetivas", explica Mona Lisa Schulz, neurocientista.

MULHERES pensam em sexo uma vez por dia

HOMENS pensam em sexo em todo momento

Durante o papo com aquele paquera, ele insiste em mirar os seus seios em vez de manter o olho no olho. Grosseiro? Não necessariamente. A atitude dele é instintiva. "Eles têm duas vezes mais lugar no cérebro para sentimentos sexuais", fala o neurocientista clínico Daniel G. Amen, autor de Sex on the Brain (Sexo na cabeça). E contam com de dez a 100 vezes mais testosterona, hormônio que abastece a libido.

MULHERES traem para manter a conexão

HOMENS traem pelo tesão

Em relação à moral, ambos têm a mesma formação mental: há um sistema límbico, responsável pelo impulso sexual e emocional, e um lóbulo frontal, que coloca um freio em nossos desejos. Só que a testosterona faz com que os homens sejam mais impulsivos e deixem de considerar as conseqüências de uma pulada de cerca.

Será que a ciência também explica o desejo feminino de trair? Saímos da linha quando sentimos que a ligação com o namorado foi quebrada. Quem dá esse alerta é a oxitocina, o hormônio da conexão, presente em grande quantidade em nosso organismo.

MULHERES percebem logo se alguém está triste

HOMENS não captam a tristeza facilmente

E, por incrível que pareça, não fazem isso por descaso. Simplesmente não são bons na arte de perceber quando alguém está abalado emocionalmente. Nós, mulheres, somos melhores em ler sinais, expressões faciais e a linguagem corporal por duas grandes razões. A número 1: a área do cérebro que aciona o sexto sentido é maior e mais ativa na gente. E ainda contamos com neurônios-espelho. Colocarmos-nos no lugar dos outros com facilidade.

E o que fazer para que um homem perceba nossa mágoa? Pode parecer dramático, mas o jeito é chorar. Aliás, cientistas acreditam que as mulheres desenvolveram o hábito de se debulhar em lágrimas por ser o único sinal de tristeza que chama a atenção deles.

MULHERES têm olfato muito apurado

HOMENS não distinguem aromas tão bem

A vantagem fica maior quando falamos do olfato, sentido ligado às emoções, à memória e ao sexo. A sensibilidade do nariz, aliás, fica ainda mais aguçada nos dias que antecedem a ovulação. Nesse período, você identifica melhor cheiros - principalmente o do feromônio, hormônio liberado pelo homem ao transpirar. "A substância aumenta o desejo sexual da mulher justo quando ela está mais propensa a engravidar", ressalta o dr. Amen.

MULHERES percebem quando a relação vai mal

HOMENS demoram para perceber algo errado

A mesma atividade cerebral que avisa quando alguém engana você também alerta se há problemas no relacionamento. É como se uma sirene tocasse toda vez que ele usa um tom de voz suspeito, desconversa, não consegue olhar nos seus olhos... Nesse momento, acontece uma descarga de reações hormonais negativas sinalizando que "há algo errado". "Talvez seja por isso que 75% dos divórcios são pedidos pelas mulheres", arrisca o dr. Amen. Mesmo quando a ficha cai, eles insistem em achar uma maneira de consertar o que não vai bem. "A ala masculina, dirigida pela área esquerda do cérebro, é mais otimista. Já a feminina pensa em termos emocionais e é mais complexa", continua o neurocientista.

MULHERES enxergam problemas onde não existem

HOMENS ficam menos aflitos e ansiosos

De fato, temos maior propensão a ficar tensas do que eles por um motivo simples: somos geneticamente programadas para isso. O cérebro feminino foi feito para antecipar e identificar perigos a fim de que a mãe possa defender seu bebê. "Por isso, o centro das preocupações é maior e facilmente ativado nas mulheres", explica a dra. Louann. Em alguns casos, porém, o medo de as coisas darem errados pode atrapalhar. Quando, por exemplo, ficamos ansiosas e prontas para rodar a baiana só porque ele não ligou em 24 horas ou disse que ia à happy hour com os amigos. Para completar, sentimos mais dificuldade que os homens para combater nossas aflições. Isso explica por que eles são mais corajosos que a gente.

MULHERES percebem logo que estão perdidas

HOMENS não se dão conta de que estão perdidos

Não há nada mais irritante do que um homem que dirige sem pedir informações. E até esse mau hábito pode ser explicado: como eles têm menos acesso ao hemisfério direito (emocional) do cérebro, que dá a habilidade de olhar o todo, demoram mais tempo para descobrir que erraram o caminho. Além disso, o instinto para resolver problemas faz com que se mantenham firmes ao mapa em vez de admitir que precisem de orientação. Outra razão, para alguns especialistas, é o fato de não acontecer freqüentemente, graças ao senso de direção deles. Pesquisas indicam que foram premiados com uma noção de espaço mais apurada que a nossa.

MULHERES sofrem depois de levar um fora

HOMENS não são bons em fazer drama

Após o fim do namoro, a maioria das mulheres fica arrasada. Chora, perde a concentração no trabalho, larga a academia... Os homens, por sua vez, tocam a vida normalmente, mesmo que seu coração esteja destroçado. Nós nos desmanchamos em situações tristes como essa porque liberamos mais oxitocina. "Um rompimento faz com que as químicas do bem-estar - dopamina, serotonina e oxitocina - despenquem", diz a Dra. Louann. Se há algum tipo de consolo, os machões se também abalam quando levam um fora... Apenas não tanto quanto a gente. É que até nessa situação o lado emocional do cérebro deles perde para o racional.

Vote nas finalistas do 21º Prêmio CLAUDIA

Negócios

  • Cristina Junqueira
    Cristina Junqueira

    Criou o Nubank, cartão de crédito que pode ser administrado pelo celular, dispensa o banco e não tem anuidade

  • Mariana Alves Madureira
    Mariana Alves Madureira

    Trabalha para impulsionar o desenvolvimento econômico de lugares pobres estimulando o potencial turístico

  • Carla Renata Sarni
    Carla Renata Sarni

    Criou uma rede de consultórios que oferece tratamento odontológico a um custo acessível na periferia

Trabalho Social

  • Marineide Silva
    Marineide Silva

    Criou uma ONG para ensinar corrida para mais de 500 crianças e adultos no bairro mais violento de São Paulo

  • Brigitte Louchez
    Brigitte Louchez

    Está à frente de uma ONG que luta para combater a exploração sexual de crianças e jovens em Fortaleza, no Ceará

  • Mônica Azzariti
    Mônica Azzariti

    A fonoaudióloga prepara policiais para que resolvam ocorrências nas favelas sem violência, evitando conflitos

Políticas Públicas

  • Heloísa Helena de Oliveira
    Heloísa Helena de Oliveira

    Monitora e argumenta com políticos para alterar projetos de lei que não favorecem os jovens do Brasil 

  • Maria Clara de Sena
    Maria Clara de Sena

    Única transexual no mundo no cargo de Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, luta pelos direitos LGBTs 

  • Paula Johns
    Paula Johns

    Fundadora da Aliança de Controle do Tabagismo + Saúde, batalha para controlar o tabagismo  

Consultora NATURA

  • Juthay Nogueira
    Juthay Nogueira

    Promove ações para evitar que os jovens entrem para o tráfico de drogas, em uma comunidade de Belo Horizonte

  • Nilcimar Maria Silvestre dos Santos
    Nilcimar Maria Silvestre dos Santos

    Fundou uma associação que apoia vítimas de agressão doméstica e estimula o empreendedorismo 

  • Rozimere Santos Oliveira Souto
    Rozimere Santos Oliveira Souto

    Líder que organiza a produção agrícola e o empreendedorismo entre as mulheres, no Sertão da Paraíba

Revelação

  • Alessandra Orofino
    Alessandra Orofino

    Esta à frente de uma ONG que conecta pessoas interessadas em solucionar problemas no Rio de Janeiro

  • Raquel Helen Santos Silva
    Raquel Helen Santos Silva

    Destaca-se por criar projetos de empoderamento e por conseguir apoio internacional para as causas feministas

  • Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha
    Samantha Karpe e Letícia Camargo Padilha

    Desenvolveram uma cobertura para ruas e estradas mais resistente, econômica e sustentável que a convencional

Ciências

  • Adriana Melo
    Adriana Melo

    Especialista em medicina fetal comprovou a relação entre infecções por zika em e as malformações em bebês

  • Eliana Abdelhay
    Eliana Abdelhay

    Desenvolve pesquisas a fim de melhorar os prognósticos de doenças graves e agiliza o diagnóstico de câncer

  • Thelma Krug
    Thelma Krug

    Restringe o desmatamento nas florestas e emissão de poluentes, responsáveis pelas mudanças climáticas

Cultura

  • Anna Muylaert
    Anna Muylaert

    Diretora do filme Que Horas Ela Volta?, aqueceu a discussão sobre a exploração do trabalho doméstico no Brasil

  • Mari Corrêa
    Mari Corrêa

    Realiza oficinas de cinema em aldeias do Xingu e ensina os índios a registrar sua cultura, história e hábitos

  • Panmela Castro
    Panmela Castro

    Imprime sua arte em murais e performances e oferece oficinas para prevenir a violência contra as mulheres 

  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Testamos as famosas massagens tailandesas que tratam dores e propor...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    A foto desta mãe abraçando a caçula antes de ter outro filho vai...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Conheça o coletivo de advogadas que já atendeu centenas de mulher...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    As maiores tendências de verão para você já ir preparando o arm...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
    Sasha Meneghel lacra na primeira entrevista na TV: "Já tive u...
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM
  • Este campo genérico trata a saída do campo título do bloco card na view, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    Este campo genérico trata a saída do campo legenda do bloco card, e tem um template específico que está no tema mdemulher.

    O que é destaque no MdM