Detector de mentira: use o seu!

Especialista norte-americano conhecido como detetive dos relacionamentos mostra como identificar se o parceiro está sendo sincero ou não

Conheça truques comuns – e fáceis de detectar! – aos quais os mentirosos costumam recorrer
Foto: Getty Images

Para ajudá-la de vez a decifrar seu companheiro ou o gato que acabou de conhecer, VIVA! traz as dicas de um investigador profissional. Autor de Será que Ele Mente para Você? (Ed. Gente, R$ 31,90), Dan Crum trabalhou para a CIA, o serviço de inteligência norte-americano, como investigador e examinador de polígrafos (máquina que revela se e quando alguém está mentindo). Agora, ele ensina suas técnicas para reconhecer uma mentira. Veja, a seguir, como se tornar uma detetive quase profissional!

A boca fala…

Truques comuns – e fáceis de detectar! – aos quais os mentirosos costumam recorrer

Desculpas
Ele nunca assume a responsabilidade pela situação e não se explica com clareza. Apela para declarações genéricas, tipo “eu jamais faria isso!”.

Retardos
A fim de ganhar tempo para pensar, o cidadão fica repetindo a sua pergunta, fingindo que não a ouviu ou até mesmo pedindo que conversem depois.

Sons
O moço não está com tosse nem coriza e, de repente, começa a pigarrear, suspirar, fungar e até assobiar. Sem falar em mudanças no tom da voz.

… E o corpo também

Em situação de estresse, é quase impossível evitar certos gestos que entregam a mentira/omissão

De olho nele!
Quando o corpo está relaxado, ganha pontos dormentes que, com o estresse, vão “acordar” e mudar de posição e assim você identifica a mentira. Confira o que pode acontecer:

. Sentado, ele vai descruzar as pernas, mudar a posição de um braço, inclinar o corpo.
. Em pé, gato pode cruzar um pé sobre o outro, apoiá-lo contra a parede, balançar os braços, etc.

Saiba a verdade em 4 passos

Siga as orientações abaixo e aprenda a acionar o seu detector de sinais de mentira no papo do gato

1. Elimine preconceitos e julgamentos

Por mais que suspeite da idoneidade do moço, tente ser imparcial. Lembre-se: ele pode ter motivos tanto para mentir quanto para falar a verdade. Isso permitirá que fique mais atenta àquilo que realmente acontece ao seu redor – e não ao que você PENSA que acontece!

2. O truque da pergunta corriqueira

Questione o seu bonitão sobre algum assunto banal. Então, fique muito atenta aos gestos e às expressões dele enquanto responde. Assim, perceberá como ele age quando está numa situação normal. “Ao conhecer a reação dele em estado de relaxamento ficará fácil reparar nas atitudes que adota ao se sentir sob estresse – como, por exemplo, ao mentir”, diz o autor.

3. A abordagem perfeita para cada investigação

. Simples e direta – quando se busca resposta objetiva, evitando que ele fuja da pergunta. Exemplo: Você foi ao jogo ontem à noite?

. Negativa – para forçar o gato a tomar uma posição. O truque é usar “não” na pergunta. Exemplo: se desconfia que ele não quer ir à festa, pergunte algo na linha “você não prefere ficar em casa a ir à festa?”.

. Isca – a mais manipuladora das abordagens, pois serve para confirmar uma suposição. Por exemplo: você desconfia que o parceiro perdeu o emprego. Pergunte quando ele foi demitido (se estiver escondendo isso, a culpa o fará morder a isca).

4. A janela mágica

Entre cada pergunta que você fizer e cada resposta que o seu parceiro dará, irá se abrir a chamada “janela de foco”. “Nesse breve período de tempo você precisa estar em estado de alerta máximo para perceber os sinais da mentira”, explica Dan. Eis algumas táticas para aproveitá-la bem:

. Fique quieta após perguntar;
. Olhos abertos aos gestos e palavras que sinalizam mentira/nervosismo – eles surgem assim que o outro absorve a pergunta;
. Desconsidere o que o gato fez ou não antes 5a sua pergunta crucial. Foque apenas no exato momento em que ele se sentiu questionado.

Raio x da farsa

TIPOS

Omissão: deixa-se de informar algo para se defender.
Mentira: intenção de enganar.

NÍVEIS

Significativo: leva a vê-lo de forma diferente do que realmente é!
Inofensivo: não compromete a imagem – ele é quem parece ser.

MOTIVOS

Preservação: visa proteger a imagem que ele deseja ter/passar.
Cortesia: exemplo: finge gostar do seu vestido para não magoá-la.
Privacidade: ele mente para manter “secreto” o que lhe convém.
Mentira pura e simples: o pior tipo, pois a primeira intenção é sempre enganá-la.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s