Etiqueta do sexo: como ser chique e sensual na cama

Dicas de etiqueta para arrasar no sexo. E mais: qual a melhor lingerie? Posso falar palavrão ou transar menstruada? Veja as respostas!

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 30/08/2010 em

Gloss

um conteúdo de

Etiqueta do sexo: como ser chique e sensual na cama
Ana Paula Mourão

Na primeira noite, evite ousadias e gritos, mas tenha certeza de que escolheu uma lingerie sensual para encantar o seu parceiro.
Foto: Getty Images

Nem sempre o sexo de uma primeira vez é de primeira. Afinal, amantes que ainda não têm muita intimidade desconhecem as preferências do parceiro e aí bate aquela insegurança. 

Glene Rodrigues, ginecologista e professora de etiqueta sexual, e Claudia Matarazzo, consultora de etiqueta e autora do livro Amante Elegante - Um Guia de Etiqueta a Dois (Melhoramentos), dão dicas para não melar seu grande encontro por conta de micos - seus ou dele. 

Prepare-se para a primeira noite de sexo

. Ao escolher que lingerie usar, lembre-se de que esconder pode ser muito mais estimulante do que mostrar. Uma peça de seda bem cortada causa mais sensações do que um óbvio fio dental expondo pontinhos de celulite, por exemplo. 

. Depilação em dia, cabelo cheiroso, axilas limpas e hálito puro é básico. Se você sair do trabalho ou da faculdade direto para os braços de seu amor faça, no banheiro, uma higiene rápida nas axilas, pés e vagina com água e sabão. 

. Não exagere no álcool e nas drogas. Em estado alterado, o risco de vexame é alto. 

Antes e durante o sexo

. Desligue o celular: qualquer interrupção, principalmente nas preliminares, faz a mulher voltar à estaca zero. 

. Usar camisinha é sinal de respeito com o outro e com você. No sexo casual, se ele se recusar a colocar preservativo, seja firme e objetiva. Se vocês já estão saindo e a transa é apenas uma questão de dias aproveite para encaixar o assunto nos bate-papos, com naturalidade. 

. Se ele estiver com cheirinho desagradável convide-o sutilmente para tomar um banho com você. 

. Na primeira noite é melhor evitar ousadias, como posições inusitadas, e não exagerar nos gritos e gemidos. Preste atenção às reações: se ele parecer mais preocupado do que entusiasmado, contenha-se. 

. Há quem ache os palavrões estimulantes. Se você é assim, vá devagar e sinta a reação dele. 

. Não faça da cama um divã de analista. Nada de recordar amores passados! 

. Transar menstruada não é gafe desde que você avise o parceiro – se ele topar, tudo bem. Tire o absorvente no banheiro (e nunca na frente dele), faça uma higiene íntima e deite sobre uma toalha para não manchar o lençol. Ou melhor: transe no chuveiro. 

. Se ele falhar, nunca dê risada. Como, em geral, os homens se sentem na obrigação de justificar-se, ouça-o com atenção e diga que mais tarde vocês podem tentar novamente.

Depois do sexo

. Paga o motel quem convida. Mesmo assim, um cavalheiro nunca deve deixar que a mulher dê seu próprio cheque ou cartão. Se for o caso, ele paga e depois vocês se acertam. 

. Tudo bem ligar no dia seguinte. Só não pegue no pé. Se a noite foi boa faça a outra pessoa saber disso. É um passo para outros encontros maravilhosos. Ainda que não role, você, pelo menos, não vai ficar com a sensação de que deixou de fazer algo pela sua felicidade.