Supere os tabus que rondam o sexo oral

Supere, definitivamente, os tabus a respeito do sexo oral e descubra um prazer incrível. É orgasmo garantido!

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 09/12/2008 em

M de Mulher

um conteúdo de

Supere os tabus que rondam o sexo oral
Daniele Maia

Na hora do sexo oral, tire proveito de gostos
que lhe agradem
Foto: Dreamstime

Você sabia que, no Brasil, 66,8% dos homens e 63,4% das mulheres praticam sexo oral? São dados do Estudo da Vida Sexual do Brasileiro, coordenado pela psiquiatra Carmita Abdo, do Projeto Sexualidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo. Apesar de índices tão positivos, o assunto ainda é tratado com reservas. 'Tem quem ainda considere algo sujo, errado. Ter prazer com o sexo oral depende de aspectos culturais e, sobretudo, da intimidade, da cumplicidade do casal', afirma Carmita.

O passo fundamental para quebrar o tabu? Desmistificar a idéia de que a penetração seja a única forma possível e aceitável de ter uma boa relação sexual. 'A estimulação do clitóris, tão fundamental para o prazer da mulher, é muito beneficiada no sexo oral. Não há porque alimentar pudor em relação à uma prática natural', diz Ana Canosa, psicóloga e terapeuta sexual, de São Paulo. Por isso, bocas e línguas prontas – dos dois!

Elas não curtem receber sexo oral por que:

Mulheres muito reprimidas na infância (ou vítimas de violência sexual) e que não foram informadas com naturalidade a respeito de sexo, têm pouca autonomia em relação ao próprio corpo e genitais. Em geral...:

· Acham errado
· Têm vergonha
· Temem o que o parceiro vai pensar
· Demoram para gozar e têm vergonha de deixar o parceiro tempo demais “trabalhando” lá embaixo


Dica: Se está asseada, relaxe! O cheiro que seu corpo emana no sexo é normal e atiça o parceiro. No máximo,passe hidratante na barriga, nas costas e entre as pernas. Ou use bolinha desodorante (à venda em sex-shops). Você introduz na vagina e, com a penetração, ela estoura, emanando odor de frutas ou de perfumes famosos.

Elas não curtem fazer sexo oral por que:

Segundo a psicóloga Ana Canosa, muitas têm nojo – tanto do cheiro quanto da secreção. Outras rejeitam a prática quando o cara é grosseiro e vai logo a cabeça da mulher para a posição de ataque. 'Isso tira todo o tesão, porque sexo oral precisa ser um ato de carinho, de troca, de cumplicidade. Cabe a nós, mulheres, explicarmos como queremos ser tratadas.' Ah, o problema é o asseio do parceiro? Faça-o se banhar antes da transa ou nada feito!


Dica: Assim como seu corpo, o dele também tem cheiro característico. Às vezes, o tipo de alimentação/bebida pode alterar um pouco o odor do sêmen (também é normal). De qualquer forma, se você sente mais prazer se minimizar tais odores, brinque com óleos e cremes “nele”. Outra sugestão é lambuzar o pênis com algo comestível, cheiroso e gostoso: chocolate, sorvete, marshmallow, o que sua imaginação mandar!

Cuidados a tomar:

Assim como acontece com a penetração, com sexo oral você também pode transmitir e/ou receber as chamadas DSTs (doenças sexualmente transmissíveis), como aids, HPV, herpes, gonorréia, sífilis, etc. Por isso, previna-se: peça para o seu parceiro usar preservativo, sim. Existem vários com sabores. Aliás, há até camisinha para língua (em média, R$ 20), sabia? Outro cuidadinho básico é lembrar de fazer uma boa higiene da região genital pós-coito, principalmente se você gosta de brincar com
chocolatinhos e afins. Não deixe resíduos, pois pode infeccionar. Por isso, limpe bem!