Paquera virtual: como se dar bem na internet

Como ter um perfil que chama a atenção de muitos homens! É sua chance de arrumar um namorado (ou um ficante lindo!) sem ter muito trabalho

Veja as dicas para você conquistar o parceiro pela internet
Foto: Getty Images

1. Como ter um perfil atraente
A foto do perfil do usuário é como jaca. Tem gente que ama, tem gente que odeia. E como não dá para agradar todo mundo, Marcela Souza, 26 anos, aposta na discrição para atrair pessoas interessantes. Espécie de visual stylist das amigas, ela dá a dica de nunca ceder à tentação de ”dar uma retocada no Photoshop”, apagando cicatrizes e diminuindo as bochechas. ”Evite sempre colocar imagens só dos olhos claros, ou de paisagens, de amigos, da tia Maria… Se a pessoa é bonita não tem por que se esconder”, enfatiza ela, que é estudante de engenharia química. Outra recomendação da ”especialista”: não postar fotos de biquíni na praia, a não ser que elas registrem uma ocasião especial em que todas as amigas estejam assim. Imagens como essas atraem comentários inconvenientes. 

Foi o que aconteceu com a fisioterapeuta Roberta Leite, 25 anos. Além de ter precisado bloquear um indiano que deixava scraps eróticos em sua página no Orkut, ela recebeu mensagens que ridicularizavam o seu álbum de fotos. ”Vc se acha a Juliana Paes, né, garota?”, alguém escreveu. Outra: ”Aproveitou q o dólar tava barato pra ir pra Buenos Aires?”. Roberta, enfim, resolveu deletar a sua conta e criar uma nova, reservada para os amigos. Isso a ajudou a selecionar melhor o grupo de pessoas com quem se relacionava. Um mês depois, ela ficou interessada num amigo de uma amiga. Fuçou as comunidades dele e… gostou. Leu todos os depoimentos de amigos dele e… não viu nada de comprometedor. Por fim, pediu a senha da amiga para fuçar nas fotos dele e… ficou apaixonada. ”Percebi que valia a pena investir e o adicionei no MSN. Começamos a conversar todos os dias. Duas semanas depois estávamos nos beijando”, conta ela. Ironicamente, o namoro terminou por causa do Orkut. ”Não dava para agüentar as meninas atiradas, que deixavam recadinhos na página dele.”

2. Webcam, só no segundo encontro
Pedir logo nos primeiros minutos de conversa que a pessoa com quem se está teclando ligue a webcam é chato. ”Quando o cara sugere isso, ele sinaliza que está interessado somente na sua aparência”, diz a estudante de letras Juliana Piotto, 23 anos. ”Convidar para jantar de primeira também não é legal, quando isso acontece geralmente esperam que você seja a sobremesa”, brinca ela, que apóia suas opiniões em dez experiências de sair com gente que conheceu pela internet. Em abril deste ano, Juliana entrou no Skype e um garoto de Porto Alegre puxou assunto. O papo foi se alongando, se alongando… E nada do menino falar em webcam. Três meses depois os dois se encontraram na cidade dele. No mesmo dia, oficializaram o namoro, que desta vez está dando certo. 

3. Delete os babacas
Com tantos homens-spam por aí, fica complicado saber se o sujeito com quem você tecla está dando um ”ctrl c + ctrl v” (o velho e bom copia e cola) nas frases bonitinhas que escreve. Xavequeiros profissionais adoram a web e chegam ao ponto de enviar um mesmo convite com cópia para várias meninas. ”Ganha” o direito de sair com ele a garota que responder primeiro! Uma estratégia (trabalhosa, mas, enfim…) para descobrir se o seu paquera se encaixa na turma dos babacas é criar um MSN falso para teclar com ele ao mesmo tempo em que vocês conversam. Isso irá comprovar se ele manda mensagens iguais para todas. Mantenha seu desconfiômetro ligado: frases muito bem escritas e articuladas merecem uma conferida no Google, para checar a originalidade do metido a Chico Buarque. 

4. Bom papo é essencial
No flerte online o que vale mesmo é o bom papo na ponta dos dedos. Por isso, para os tímidos, MSN, e-mails e afins acabaram virando superaliados, assim como para os desprovidos de beleza (afinal, virtualmente eles têm a chance de demonstrar suas qualidades antes que as portas da paquera se fechem por, hummm, problemas de aparência). Uma outra categoria, a dos mal-intencionados, também se beneficiou dos avanços tecnológicos. Com eles, foi possível otimizar as investidas (ficou mais fácil atirar para todos os lados, tudo ao mesmo tempo agora). O resultado de tudo isso é que pedir o telefone na balada está aos poucos saindo de moda. A pergunta agora é: ”Me passa o seu MSN?”. 

5. Mentira tem mesmo perna curta
Segundo um estudo da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, 81% dos internautas contam mentiras online. Mais de 52% dos 80 entrevistados pelos pesquisadores disseram ser pelo menos 2 centímetros mais altos, enquanto 64% declararam pesar no mínimo 2,5 quilos a menos. Os homens mentem mais sobre altura e as mulheres, sobre peso. Tem gente que mente em imagens. Álbuns recheados de fotos de viagem muitas vezes estão ali para impressionar. Se só houver cliques de Paris sem a presença do suposto viajante (ou seja, só com paisagens), desconfie. Mentir um pouquinho todo mundo mente, seja ao vivo ou online. Mas mentir descaradamente é, no mínimo, sinal de falta de autoconfiança. 

6. Etiqueta do primeiro encontro
A maioria dos homens, quando marcam um primeiro contato real com sua internauta preferida, já pensam logo na possibilidade de convidá-la para tomar alguma coisa no apartamento deles – um drinque ou, no caso dos mais cara-de-pau, um banho. Por questão de segurança, o sexólogo carioca Charles Rojtenberg (que já entrevistou 5 mil usuários de redes sociais em todo o país) recomenda que o encontro inaugural seja em grupo, com a presença de amigos ou numa balada. ”É uma boa pedida também que, antes de se ver cara a cara, o casal tenha várias conversas por telefone”, diz o pesquisador. Isso aplaca o constrangimento do ao vivo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s