15 dicas para não pagar mico no motel

Saiba como contornar as gafes mais comuns no motel para curtir uma boa noite de amor

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 22/02/2011 em

Sou+Eu

um conteúdo de

15 dicas para não pagar mico no motel
Ricardo Régener

É de bom-tom que a mulher sugira dividir a conta do motel, explica a especialista Célia Leão
Foto: Getty Images

Motel é o lugar ideal para você curtir o seu gato e ter novas experiências sexuais. O lugar é feito para proporcionar privacidade e intimidade. No entanto, certos vacilos podem transformar uma experiência que tinha tudo para ser incrível em algo cômico. Ou pior: em péssimas lembranças...

A professora de etiqueta Célia Leão, autora do livro Etiqueta da Sedução (Ed. STS), dá 15 dicas para você não deixar que esses detalhes acabem com a sua noite de amor.


15 dicas para curtir uma boa noite no motel

1. Será que todo mundo vai saber que eu fui ao motel?
Para evitar problemas, use o corredor e as áreas comuns do motel apenas para entrar e para sair do estabelecimento. Jamais fique passeando pelo ambiente! No caso de qualquer necessidade (manutenção, serviço de quarto, imprevistos), use o telefone e chame a recepção. Os funcionários do motel são treinados para manter a discrição em qualquer situação.

2. Você vai para o motel direto do trabalho e precisa de um banho antes de partir para a diversão
Peça licença e diga que precisa ficar cheirosa para ele. Apesar da ansiedade, seu parceiro vai esperar feliz. Permita que ele faça o mesmo, mas respeite a privacidade do rapaz, ok? Talvez ele também queira se perfumar com calma antes de partir para os finalmentes. Compartilhar uma ducha pode ser uma preliminar maravilhosa, mas só se for para refrescar e tirar o suor do corpo. Se o banho precisar ser mais pesado, é melhor cada um usar o banheiro separadamente. De qualquer forma, se ele der sinais positivos, nada impede que você invada o banho dele no finalzinho, né?

3. Tem fila na entrada...
Motéis costumam ter filas grandes no Dia dos Namorados, finais de semana e feriados. Para evitar situações delicadas, limite-se a trocar beijinhos e carinhos leves durante a espera.

4. E a camisinha?
O ideal é tratar disso antes de chegar ao motel. Se o cara se negar a usar, você simplesmente não precisa ter meias-palavras: não faça qualquer concessão quando o assunto é usar camisinha. É a sua saúde que está em jogo.

5. Com que roupa eu vou?
Procure ir bem vestida e evite peças extremamente curtas ou chamativas demais. No motel, a festa é da porta do quarto para dentro. Seja discreta nos outros momentos.

15 dicas para não pagar mico no motel

Não peque pelos excessos, principalmente na hora de escolher o que vestir. Em vez de provocar, você pode conseguir só risadas
Foto: Dreamstime

6. Deu vontade de fazer o ''número 2''
Procure programar-se para fazer esse tipo de coisa em casa, onde você tem mais liberdade. Se mesmo assim bater a vontade, seja gentil, diga que volta logo e faça o serviço sem culpa e o mais rápido possível. Todo mundo faz cocô. Seja delicada e o seu parceiro não vai se incomodar.

7. O banheiro entupiu
E agora? Imprevistos desse tipo também são normais. Saia do banheiro e avise com naturalidade: "Querido, estamos com problemas". Em seguida, chame o serviço de manutenção. Os funcionários do motel devem normalizar as condições de uso do quarto ou providenciar outro quarto para o casal.

8. Sinto que temos questões sobre o nosso relacionamento para resolver antes do sexo
Tudo na vida tem hora e lugar, e discutir a relação não é coisa para se fazer no motel. Se há questões de relacionamento, resolva-as em casa. Depois, vocês podem até comemorar isso com sexo, no motel. Mas nada de deixar pendências para resolver por lá. Não há nada mais brochante.

9. Tenho a fantasia de gritar e gemer mais alto na hora do sexo
Tudo bem que você está em um lugar construído para se fazer sexo e liberar fantasias, mas lembre-se que outras pessoas também estão lá. A regra de ouro é o bom senso: se expresse com o seu parceiro, seja você mesma, mas nada de exageros que incomodem a vizinhança. Se o casal do quarto vizinho estiver fazendo escândalo, ligue para a recepção. A equipe é treinada para ligar para o casal escandaloso e pedir moderação e respeito.

10. Como uso essa cadeira de sexo?
Muitos motéis possuem apetrechos diferentes, como brinquedos sexuais (pagos à parte) e cadeira de sexo. Se você não tem experiência e quer usar esses acessórios sem pagar mico, entre no site do motel com antecedência. Em geral, há uma descrição completa do que cada quarto oferece. Se restarem dúvidas, uma pesquisa rápida na internet resolve.

11. Ele brochou. E agora?
Acontece com qualquer homem. Seja discreta. Não tente achar explicações nem estique o assunto. Demonstre que, mesmo sem sexo, você gosta de estar ali e curte a companhia dele.

12. E depois do sexo?
Após os últimos carinhos e aquela fase de relaxamento, é sempre a mulher quem tem a prioridade para usar o banheiro. Nessa hora, vale dar uma olhadinha no relógio. É normal perder a noção do tempo. Vocês podem ficar o tempo que quiserem no quarto do motel, mas exceder o período solicitado na entrada sempre gera a cobrança de uma nova diária. Os homens bem educados dificilmente vão ficar apressando você, mas se notar que o tempo está acabando, tenha bom senso e seja breve ao se arrumar.

13. Deu fome...
Atividade física dá fome e sede mesmo. O moço deve se oferecer e pedir algo para comer pelo serviço de quarto. Se ele não se tocar, diga que está com fome e que vai pedir alguma coisa. Mas não exagere no pedido, pois comida de motel é cara. Além disso, não é nada elegante pedir um prato gigante no quarto. Tudo que for consumido no frigobar será verificado e incluído na conta.

14. Adorei as toalhinhas. Posso levar para casa?
Os quartos passam por vistoria após a sua saída. Se algo estiver faltando, você vai passar por um baita constrangimento, além de poder parar na delegacia. Se gostar de algum item, ligue na recepção e ofereçase para comprá-lo. Há estabelecimentos que têm até tabela de venda de peças do quarto.

15. Quem paga a conta?
O correto é o homem pagar o primeiro jantar, o primeiro motel, a primeira viagem... Nas ocasiões seguintes, ele até pode se oferecer para pagar se esse assunto não tiver sido combinado com antecedência. Mas é de bom-tom oferecer-se para rachar a conta. Agora, se nada for combinado antes e ele pedir para dividir as despesas, cartão vermelho para esse rapaz.