O que os homens querem

Saiba o que você não deve fazer na primeira noite de sexo e o top 10 do que eles adoram

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 22/08/2012 em

Women's Health

um conteúdo de

O que os homens querem
Rosana F. Freitas - Edição: MdeMulher

É difícil compreender o que faz a chama se apagar de repente, mas, se você se esforçar, pode acabar se lembrando. O cara está lá, superaceso, e de uma hora para outra parece que houve um blackout geral no recinto, dá um curto-circuito na caixa de força e tudo vai para o beleléu. Quem já passou por uma dessas sabe: é fogo (mesmo que esse já tenha se apagado)! Nossa reportagem saiu às ruas e descobriu o que faz os homens darem o jogo por encerrado. Leia com calma e, antes de sair de casa com o próximo namorico agendado, faça seu checklist. Se, como se diz por aí, todos os homens são iguais, os riscos de você errar caem por terra... E você aumenta as chances de o telefone tocar. Ufa!

1. Ser cheia de não me toques
Tudo bem que você, às vezes, não entra na piscina para não desmanchar a escova. Mas, quando o assunto for sexo, deixe essa princesinha que existe dentro de você em casa. Na cama, os homens não toleram a chatinha cheia de frescurites mil. A maioria não tem a menor paciência para inibições exacerbadas. “Entendo que a confiança vem aos poucos. Mas há um limite do que é ou não razoável. Existem mulheres travadas e, já na primeira vez, você percebe que não vai conseguir uma evolução. Isso é broxante”, diz Carlos Faria, 46 anos, administrador de empresas. “A timidez e o recato femininos podem ser estimulantes”, diz Carmita Abdo, coordenadora do Projeto Sexualidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo. “Mas, quando a situação chega ao extremo e impede a mulher de ficar à vontade, ele se desinteressa, o que acaba comprometendo a sedução, o contato, a aproximação. Esse exagero é desconcertante e pode até ser interpretado como rejeição.”

2. Exagerar no visual
Você ficou em dúvida se colocava a minissaia ou o decotão. E acabou optando pelos dois. Assim, só para garantir o interesse total e irrestrito do bonitão. E agora corre o risco de ser confundida com as garotas da casa da luz vermelha. Missão difícil essa de atingir o ponto ideal, ainda mais no primeiro encontro, quando tudo que se quer é agradar. E, no afã de acertar o alvo, é fácil errar a mão na maquiagem, na roupa, nos acessórios. Para não entrar nessa, lembre-se de que, para a maioria dos homens, menos é mais. E não estamos falando só do tamanho da saia. “Se a peruagem for de mau gosto, é broxada na certa”, diz Flávio D’Ana, 44 anos, compositor. “O make, a roupa... tudo deve deixá-la o mais próxima possível do que você realmente é. Quanto menos ‘artificialismos’, melhor. Homens são binários, para eles tudo é bem simples; quem em geral complica são as mulheres”, diz Alexandre Saadeh, professor da Faculdade de Psicologia da PUC-SP e consultor de Women’s Health.

3. Falar do ex
Se é “ex”, passou, ficou para trás, já era, página virada. Quer momento mais inadequado para tocar no nome do falecido? “Aconteceu comigo e foi péssimo. Acabamos de transar e a garota começou a falar do ex-namorado. Em que aquilo poderia me interessar?”, diz Rogério Brandão, 41 anos, empresário. “Assim como toda mulher gosta de se sentir única, o homem também curte a sensação de exclusividade, de saber que está satisfazendo a parceira. Se ela fala do ex no primeiro encontro, mostra que está comparando. Isso irrita qualquer um”, diz Marina Vasconcellos, professora colaboradora de psicologia médica do curso de medicina da USP.

4. Seguir um script
Você é do tipo que, antes do encontro, repassa tintim por tintim tudo que planejou? “Primeiro ele me beija, depois me segura pela cintura e rasga minha blusa com fúria...” Relax! Seu roteiro é novelesco e emocionante, mas o perigo é não sair como o arquitetado e você não conseguir improvisar. “Conheci uma guria na noite e fomos para o motel. Comecei a despi-la pela camisa e ela me barrou: ‘Primeiro os sapatos’. Desabotoei o sutiã e, de novo, ‘Primeiro a calça’. Respirei fundo. A garota, de calcinha e sutiã, de repente diz ‘Desculpe, mas sou meio certinha, tem que seguir uma sequência, o sutiã, por favor’. Eu aguentei porque, afinal, já tinha chegado até ali. Quando fui para cima, ela disse ‘Calma, antes tem que dar beijo na boca’. Com aquela ali, nunca mais”, diz André Monteiro, 28 anos, publicitário. Dá para entender a revolta do moço. O que ele viu foi o contrário da liberdade de expressões. “Às vezes a mulher age assim imaginando que se sentirá segura se seguir uma receita”, diz Carmita Abdo. “Porém, todo roteiro esconde a verdade. Impede que ele conheça seus defeitos e suas qualidades. O que encanta é a autenticidade.”

5. Tentar parecer moderninha e ficar vulgar
É maravilhoso que entre as suas amigas seja das mais avançadas em termos de sexo, do tipo aberta para novas e inovadoras experiências. O que precisa entender é que nem todos os homens da face da Terra estão preparados para essa modernidade toda. Não dá para mostrar que você conhece todas as variações sobre o tema logo na primeira vez. Muitos podem confundir sua falta de barreiras com vulgaridade. Chato, não? “Além disso, é preciso tomar cuidado para não forçar a barra e tentar aparentar algo que não é autêntico”, diz Alexandre Saadeh. “As chances de sucesso são mínimas.”

6. Ser metida a gostosa... e acreditar que isso basta
Talvez você seja do tipo que, quando alguém pergunta “E aí, está boa?”, quase responde “Boa eu sempre fui, estou passando bem”. Ótimo, afinal sentir-se bonita e gostosa dá aquele poder na cama porque a mulher não tem vergonha do próprio corpo. E nessa pode fazer caras e bocas, vestir roupinhas sexy, bolar poses provocadoras... Mas um corpo bem-feito não garante uma transa nota 10. “Tem mulher que acredita que sua beleza é suficiente para enlouquecer o homem e faz muito pouco. Decepcionante”, diz Ricardo Fonseca, 33 anos, biólogo. Claro que vale caprichar na estreia. “É interessante ser uma presença marcante. Porém, só isso não sustenta um relacionamento. Se você não for agradável, simpática, instigante e não apreciar de verdade o contato físico, a chance de o entusiasmo inicial dele esfriar é grande”, garante Carmita Abdo.

7. Exagerar na bebida
A regrinha básica do “Se beber, não dirija” poderia ser adaptada aqui. Se for o primeiro encontro, não passe do primeiro copo. O perigo é exagerar na dose e deixar de lado a elegância, a feminilidade... “Dessa forma, a mulher mostra que é insegura, que precisa de um artifício para se soltar. A impressão é sempre negativa, assusta os homens, que gostam de estar no controle da situação — e nesse caso perdem a referência”, analisa Marina Vasconcellos. Então, o conselho é: se não sabe beber, não insista. Espere formar um vínculo de confiança. Antes disso, nem um gole a mais, combinado?

8. Ter pouca atitude na cama
Você já deve ter ouvido alguns homens comentando: “A garota parecia uma mosca-morta na cama”. Variações sobre o mesmo termo: múmia, estátua, boneca de pano, boneca inflável, frígida, iceberg... A verdade é que praticamente todos gostam de mulheres com atitude, criatividade e que demonstrem personalidade, iniciativa e ação durante o sexo. “É muito bacana perceber que ela não tem vergonha, que se atira na busca do próprio prazer”, diz Roberto Mendonça, 29 anos, analista de sistemas. Falar bobagens, gemer, verbalizar suas taras e preferências — tudo isso é visto como positivo pela maioria. “Sexo mudo é como ver um filme sem som”, filosofa Roberto. Carmita Abdo completa: “Você não se refere a ele como parceiro? Pois é, ele quer parceria também no relacionamento sexual. Que você tenha presença, interesse. Que corresponda no desejo, na atenção, na disposição. Caso contrário, é como dançar com alguém que precisa ser carregado... sem compasso, ritmo, cumplicidade.”

9. Fingir que é santa ou virgem
Em pleno século 21, e algumas mulheres ainda nessa. Mas por quê? “Elas têm medo do que os homens possam pensar. Algumas fingem que são virgens, outras bancam as santinhas. Na maioria das vezes sabemos que não é nada disso. Algumas são beeeem rodadas”, diz Samuel Yossef, 26 anos, publicitário. Mas será que ele, Samuel, pensaria mal dessas que são beeeem rodadas? Fala, Sam. “Claro que não. Adoro garotas experientes. Ter várias relações não desmerece ninguém. O importante é ser honesta, bom caráter.” Alexandre Saadeh assina embaixo. “Homem não é tonto. De novo, querer falsear seu jeito e sua personalidade é muito broxante. Ainda mais querendo apagar o passado. O melhor caminho é ser você mesma para poder usufruir o sexo e o afeto compartilhado com ele. Se não for assim, tudo vira uma cena de teatro. Lembre-se: sendo verdadeira, as coisas são mais simples, mais fáceis e mais gostosas.”

Eles a-m-a-m mulher que...
1. É fêmea e feminina acima de todas as coisas
2. Faz sexo oral com muuuuita boa vontade (e suavidade)
3. Tem atitude e iniciativa
4. Topa ouvir e falar sacanagens
5. Elogia o desempenho e pede bis
6. Libera tudo, mas t-u-d-o mesmo
7. Usa uma produção provocadora, sem exagero
8. Tem bom humor
9. É carinhosa antes e depois (durante o sexo pode ser animal)
10. Esquece do mundo e se entrega