N

7 segredos para ele correr atrás de você!

O trunfo é deixar de ser uma mulher boazinha e virar uma mulher poderosa! E isso tem a ver com as suas atitudes e o jeito que você se dá o devido valor

Atualizado em 28/06/2012

Reportagem: Paula Brandão - Edição: MdeMulher

Como conquistar os homens

Veja como deixar ele caidinho por você
Foto: Getty Images

1. Enxergar o seu valor

Se você não se gosta, acaba adotando comportamentos que corroboram sua crença de inferioridade. Veste-se com roupas que escondem o corpo e nem liga de usar óculos de grau sem estilo. Acreditar, ao contrário, que suas qualidades físicas e intelectuais são competitivas é extremamente sedutor. Já ouviu falar do efeito Sarah Jessica Parker? A atriz não era considerada bonita pelos produtores de tevê. Mas sua autoconfiança acabou revertendo o jogo.

ÍNDICE DE EFICÁCIA: 10

2. Não priorizá-lo

Ou seja, não se trata do look todo, apenas de um sapato que incrementa o visual. Crueldade? Nada! Isso significa que você não vive para satisfazer os desejos dele 24 horas por dia. Ter outras prioridades, outros meios de se divertir e não abrir mão de nada disso para se isolar com o amado transmite a seguinte mensagem: pessoa equilibrada, que tem família, amigos, trabalho e preza que todas essas áreas coexistam. Os homens se sentem atraídos pela felicidade que emana de você. Eles querem mais: desejam fazer parte dela.

ÍNDICE DE EFICÁCIA: 7

3. Fazer sexo com prazer

Carências afetivas podem ter razões mais profundas do que imagina sua vã filosofia. E merecem ser tratadas num bom terapeuta. O que não pode acontecer é o sexo se tornar seu novo escarpim preto - um artifício para elevar sua autoestima. O sentimento de estar acolhida e segura precisa existir em um relacionamento desde quando vocês ainda estão de roupa. Caso contrário, você transa para ter atenção e ele acha que, transando, não precisa lhe dar atenção. Para a ala masculina não existe nada mais excitante do que ver a parceira ter um orgasmo. Por isso, os homens valorizam muito mais aquela que é verdadeira consigo mesma e que realmente gosta da coisa.

ÍNDICE DE EFICÁCIA: 9

4. Ser realizada no trabalho

Valorize seu trabalho, tenha bons amigos, dedique-se àquilo de que gosta... Em outras palavras: sinta-se satisfeita com a vida que leva - seu querido esteja nela ou não. É claro que viver um grande amor sempre ajuda, mas não o torne centro do seu universo. A partir daí, o gato ficará muito mais atento em agradá-la, já que corre o risco de cair fora dos seus planos.

ÍNDICE DE EFICÁCIA: 10

5. Evite bancar a Mulher Maravilha

As desesperadas por atrair admiração cometem o erro de querer mostrar que são capazes de fazer o supermercado, passar no cabeleireiro, receber uma promoção no trabalho e ainda achar brecha para buscar o affair do outro lado da cidade para jantarem juntos. Depois de certo tempo, a brincadeira acaba virando obrigação. O momento de delinear os limites é logo no início. Tenha certeza: ele não achará que você é pouco esforçada - a não ser que seja um explorador.

ÍNDICE DE EFICÁCIA: 7

6. Parar de reclamar

Uma mulher boazinha precisando de atenção age da mesma maneira que uma criança birrenta. Reclamar de todas as atitudes que seu homem deixa de ter apenas faz com que ele não veja legitimidade quando a bronca é realmente merecida. É claro que, se determinado comportamento fere de fato seus sentimentos, botar a boca no trombone é a atitude. Mas até para isso é preciso tática. Uma conversa sem rodeios, em tom de voz firme, costuma funcionar. Cenas de drama, não. Toda vez que você recorre a elas, o cérebro do cidadão se desliga do assunto principal para pensar numa forma de escapar de um possível barraco.

ÍNDICE DE EFICÁCIA: 8

7. Não se reprima

Se você está sempre baixando a guarda, a mensagem que passa é: "O que importa é o bem-estar dele". Uma mulher suscetível assim não representa nenhum tipo de desafio. Já se, ao contrário, você desenvolve interesses próprios e tem experiências para trocar, torna-se muito interessante.

ÍNDICE DE EFICÁCIA: 8

Conselho de expert

NOVA entrevistou a autora best-seller Sherry Argov:

Se cedemos demais, o homem pula fora. Se somos difíceis, ele também desaparece. O que devemos fazer?
Os homens querem uma parceira que se importe com eles, mas que não pareça se importar - muito. Quando o seu mundo se resume ao seu relacionamento, você deixa de ser independente, divertida, excitante, tudo o que os homens adoram.

E qual é a medida?
Trata-se de doar uma parte de si - mas não você por completo. Isso significa que ele não deve ser sua única fonte de felicidade - como uma droga que substitui sua comida, sua água, sua energia... Uma mulher cuja vida gira em torno do parceiro é muito sufocante.

Como você descreveria a mulher boazinha e a mulher poderosa?
A boazinha é aquela que acredita que seu próprio valor vem de um homem. Por causa disso, tenta ser boa de cama, boa cozinheira, boa namorada... É como se estivesse participando de uma seleção de emprego. A poderosa se preocupa com sua felicidade em primeiro lugar.

Quando nos tornamos uma mulher capacho
Ela está sempre um passo à frente, cuidando para que tudo esteja perfeito para o homem que ama. Vive de migalhas. Essa é a mulher boazinha, que, por medo da rejeição, adota um comportamento extremamente permissivo. "Alguém incapaz de dizer não, no entanto, está sempre sujeito a sofrer abusos", afirma a psicóloga Lana Harari, de São Paulo. As concessões feitas já no início da relação podem levar a um descompasso de expectativas mais para a frente. É em que acredita a terapeuta de casais Margareth dos Reis, do Instituto H. Ellis, em São Paulo. O antídoto é um só: ser honesta consigo mesma em vez de tentar encarnar um personagem programado para surpreender o rapaz. Então quer dizer que nunca mais poderá fazer um agrado ao seu amor? Não é bem por aí. A mulher poderosa também sabe dar carinho. A diferença é que não usa esse tipo de atitude como moeda de troca.