nao

Por dentro do cérebro masculino

Ele insiste em olhar para os seus seios em vez de manter os olhos nos olhos? Por quê? Nossa aula sobre a mente deles explica essas e outras atitudes típicas masculinas!

Atualizado em 25/06/2012

Reportagem: Giovana Lombardi - Edição: MdeMulher

Devendando os mistérios da mente masculina

Confira como funciona o cérebro dele
Foto: Getty Images

MULHERES guardam detalhes de um encontro

HOMENS não se lembram de quase nada

Responda rápido: como foi o primeiro jantar com aquele gato da praia? Provavelmente, você vai descrever o programa do nome do vinho à cor da camiseta que ele usou. Agora, o bonitão... Se ele conseguir dizer o mês do encontro, já é uma grande coisa. Isso porque mulheres têm memória mais apurada para detalhes emocionais.

"Há uma região no cérebro, chamada amígdala, que atua como um gatilho emocional. E ela é mais facilmente ativada por experiências afetivas", explica a especialista em neurobiologia Louann Brizendine, autora de The Female Brain (O cérebro feminino). "Durante uma situação que mexe com os sentimentos, a amígdala registra os detalhes que serão arquivados na área da memória tardia", fala a dra. Louann. Nos homens, o registro também acontece, mas não fica tão bem arquivado.

Talvez você pergunte: se ele não guarda aniversário, como consegue dizer a escalação do time de futebol do campeonato de anos atrás? A mente masculina é um computador potente para registrar fatos, imagens e competição. "Homens usam melhor a parte esquerda do cérebro, que faz com que se recorde de informações simples e objetivas", explica Mona Lisa Schulz, neurocientista.

MULHERES pensam em sexo uma vez por dia

HOMENS pensam em sexo em todo momento

Durante o papo com aquele paquera, ele insiste em mirar os seus seios em vez de manter o olho no olho. Grosseiro? Não necessariamente. A atitude dele é instintiva. "Eles têm duas vezes mais lugar no cérebro para sentimentos sexuais", fala o neurocientista clínico Daniel G. Amen, autor de Sex on the Brain (Sexo na cabeça). E contam com de dez a 100 vezes mais testosterona, hormônio que abastece a libido.

MULHERES traem para manter a conexão

HOMENS traem pelo tesão

Em relação à moral, ambos têm a mesma formação mental: há um sistema límbico, responsável pelo impulso sexual e emocional, e um lóbulo frontal, que coloca um freio em nossos desejos. Só que a testosterona faz com que os homens sejam mais impulsivos e deixem de considerar as conseqüências de uma pulada de cerca.

Será que a ciência também explica o desejo feminino de trair? Saímos da linha quando sentimos que a ligação com o namorado foi quebrada. Quem dá esse alerta é a oxitocina, o hormônio da conexão, presente em grande quantidade em nosso organismo.

MULHERES percebem logo se alguém está triste

HOMENS não captam a tristeza facilmente

E, por incrível que pareça, não fazem isso por descaso. Simplesmente não são bons na arte de perceber quando alguém está abalado emocionalmente. Nós, mulheres, somos melhores em ler sinais, expressões faciais e a linguagem corporal por duas grandes razões. A número 1: a área do cérebro que aciona o sexto sentido é maior e mais ativa na gente. E ainda contamos com neurônios-espelho. Colocarmos-nos no lugar dos outros com facilidade.

E o que fazer para que um homem perceba nossa mágoa? Pode parecer dramático, mas o jeito é chorar. Aliás, cientistas acreditam que as mulheres desenvolveram o hábito de se debulhar em lágrimas por ser o único sinal de tristeza que chama a atenção deles.

MULHERES têm olfato muito apurado

HOMENS não distinguem aromas tão bem

A vantagem fica maior quando falamos do olfato, sentido ligado às emoções, à memória e ao sexo. A sensibilidade do nariz, aliás, fica ainda mais aguçada nos dias que antecedem a ovulação. Nesse período, você identifica melhor cheiros - principalmente o do feromônio, hormônio liberado pelo homem ao transpirar. "A substância aumenta o desejo sexual da mulher justo quando ela está mais propensa a engravidar", ressalta o dr. Amen.

MULHERES percebem quando a relação vai mal

HOMENS demoram para perceber algo errado

A mesma atividade cerebral que avisa quando alguém engana você também alerta se há problemas no relacionamento. É como se uma sirene tocasse toda vez que ele usa um tom de voz suspeito, desconversa, não consegue olhar nos seus olhos... Nesse momento, acontece uma descarga de reações hormonais negativas sinalizando que "há algo errado". "Talvez seja por isso que 75% dos divórcios são pedidos pelas mulheres", arrisca o dr. Amen. Mesmo quando a ficha cai, eles insistem em achar uma maneira de consertar o que não vai bem. "A ala masculina, dirigida pela área esquerda do cérebro, é mais otimista. Já a feminina pensa em termos emocionais e é mais complexa", continua o neurocientista.

MULHERES enxergam problemas onde não existem

HOMENS ficam menos aflitos e ansiosos

De fato, temos maior propensão a ficar tensas do que eles por um motivo simples: somos geneticamente programadas para isso. O cérebro feminino foi feito para antecipar e identificar perigos a fim de que a mãe possa defender seu bebê. "Por isso, o centro das preocupações é maior e facilmente ativado nas mulheres", explica a dra. Louann. Em alguns casos, porém, o medo de as coisas darem errados pode atrapalhar. Quando, por exemplo, ficamos ansiosas e prontas para rodar a baiana só porque ele não ligou em 24 horas ou disse que ia à happy hour com os amigos. Para completar, sentimos mais dificuldade que os homens para combater nossas aflições. Isso explica por que eles são mais corajosos que a gente.

MULHERES percebem logo que estão perdidas

HOMENS não se dão conta de que estão perdidos

Não há nada mais irritante do que um homem que dirige sem pedir informações. E até esse mau hábito pode ser explicado: como eles têm menos acesso ao hemisfério direito (emocional) do cérebro, que dá a habilidade de olhar o todo, demoram mais tempo para descobrir que erraram o caminho. Além disso, o instinto para resolver problemas faz com que se mantenham firmes ao mapa em vez de admitir que precisem de orientação. Outra razão, para alguns especialistas, é o fato de não acontecer freqüentemente, graças ao senso de direção deles. Pesquisas indicam que foram premiados com uma noção de espaço mais apurada que a nossa.

MULHERES sofrem depois de levar um fora

HOMENS não são bons em fazer drama

Após o fim do namoro, a maioria das mulheres fica arrasada. Chora, perde a concentração no trabalho, larga a academia... Os homens, por sua vez, tocam a vida normalmente, mesmo que seu coração esteja destroçado. Nós nos desmanchamos em situações tristes como essa porque liberamos mais oxitocina. "Um rompimento faz com que as químicas do bem-estar - dopamina, serotonina e oxitocina - despenquem", diz a Dra. Louann. Se há algum tipo de consolo, os machões se também abalam quando levam um fora... Apenas não tanto quanto a gente. É que até nessa situação o lado emocional do cérebro deles perde para o racional.