nao

Por que os homens somem?

12 homens explicam os mistérios por trás do desaparecimento súbito. E acredite: os motivos para o sumiço masculino são de rir (ou morrer de raiva!)

Atualizado em 23/03/2012

Reportagem: Ricky Hiraoka - Edição: MdeMulher

Conteúdo GLOSS
Getty Images

''Homem prefere sumir a conversar, porque não suporta ver o sofrimento da mulher'', diz o barman Passarinho. E aí, você concorda?
Foto: Getty Images

Felipe Solari, 28 anos, apresentador de TV
''Quando um ficante desaparece, está dado o recado de que ele não está mais interessado. Nem tudo precisa ser dito com palavras! Este ano, no meu aniversário, recebi uma carta anônima com uma caixa de DVDs dos Beatles e no dia seguinte outra carta com uma frase dos Beatles que tenho tatuada na perna. Depois, chegou um SMS de uma menina com quem já tinha ficado... E me lembrei quem era. Eu tinha saído com ela quatro vezes, mas como não estava a fim de ter um relacionamento, nem respondi. Mesmo assim, a menina foi bater lá em casa e tive de inventar que estava com outra para ela sair do meu pé.'' 

Japinha, 36 anos, baterista CPM 22
''O problema dessas conversas de término de relação é que às vezes a mulher vê isso como uma brecha para continuar procurando o homem. Tempos atrás, saí com uma garota duas vezes. Estava tudo bem até que ela começou a me encher de presentes: roupa, créditos numa padaria perto de casa (sim, ela abriu uma conta no meu nome no valor de R$ 300!), perfumes. A menina se empolgou com uma relação que nem tinha começado direito! Fiquei com um pé atrás e comecei a evitá-la, mas ela continuou a mandar torpedos, e-mails, a me ligar. Ficou um ano me procurando. Nesse tempo, acabei falando com a garota três vezes, por telefone, e expliquei que não queria uma relação séria, que meu foco estava em me dedicar mais ao trabalho. Nem assim ela entendeu. Aí, o jeito foi sumir de vez.'' 

Juan Rocha, 25 anos, arquiteto
''A mulher com maturidade emocional entende o que o sumiço significa. Sumindo, você evita se desgastar com conversas que não levam a nada. Em outubro do ano passado, comecei a ficar com a amiga de uns amigos, bonita e inteligente. Passamos o Réveillon separados e nos reencontramos em janeiro. O relacionamento era supercasual, apesar de nos vermos com frequência. Tudo começou a dar errado quando os outros começaram a classificar nossa história como namoro. Ela gostou da ideia, e a partir daí sempre vinha com uma conversinha de oficializar a relação e eu respondia que tínhamos que manter tudo como estava. A menina começou a me pressionar e não teve jeito: fui desaparecendo. Parei de responder mensagens, de ligar e, quando ela vinha falar comigo, era seco. Nossos amigos em comum deram um toque para a garota não me procurar mais.'' 

Pablo Fernandes, 22 anos, estudante de publicidade e direito
''Se desapareço é porque não quero conversar. Uma vez fiquei com uma mulher numa balada e a gente passou a se encontrar várias vezes por semana, até que no Carnaval fomos para cidades diferentes e acabei conhecendo outra com quem a química no sexo foi melhor. Quando voltei de viagem, desapareci. Não queria conversar, pois poderia causar um trauma na garota se dissesse que ela não era tão boa de cama. Acho que a mulher sofreria bem mais se eu falasse o que me levou a desaparecer... Preferi que ela pensasse que eu sou um cachorro.'' 

André Vasco, 25 anos, apresentador de TV
''Quando você some, não fere os sentimentos da garota com palavras que ela não quer ouvir. Uma vez, fiquei com uma menina e, no dia seguinte, mandei uma mensagem para saber como ela estava. Minha intenção era apenas ser gentil, mas a mulher interpretou o gesto como declaração de amor e começou a mandar mensagens e e-mails melosos. Respondi com desculpas para não encontrá-la. Tentei contornar a situação, dizendo que a relação que ela queria eu não queria. Aí vieram e-mails gigantescos, me cobrando uma posição quanto ao 'relacionamento'. Não dei sinal de vida por três meses e depois disso a garota finalmente desencanou.'' 

Veja mais 7 depoimentos sobre o sumiço masculino na próxima página!

Veja também: