nao

Antitranspirante ou desodorante?

Escolha a melhor opção para controlar o seu suor

Publicado em 07/11/2008

Fabricio Pellegrino

Conteúdo VIVA!MAIS
Antitranspirante ou desodorante?

Existem produtos específicos no mercado
Foto: Dreamstime

O verdadeiro culpado pelo cheiro ruim nas axilas não é o suor! Eliminado pelas glândulas sudoríparas, responsáveis por equilibrar a temperatura do corpo e expulsar substâncias tóxicas por meio de secreções, ele não tem odor algum. As grandes vilãs são as bactérias alojadas em áreas quentes, úmidas e vulneráveis a atritos. Mas você pode evitar o constrangimento de não conseguir levantar os braços sem emanar o popular cê-cê. Além de lavar o local com bastante água e sabão, vale passar um bom desodorante ou antitranspirante – há várias alternativas à sua disposição. Antes de fazer sua escolha, no entanto, descubra qual a melhor para você e o formato ideal para regular sua transpiração.
 

Antitranspirante

Também conhecido como antiperspirante, minimiza a quantidade de suor eliminado. Essa redução na umidade da área diminui a chance de proliferação das bactérias. Existe, porém, o risco de obstrução dos poros e inflamação da glândula. Algumas pessoas podem apresentar, ainda, irritação a componentes derivados do alumínio, como hidróxido e cloridróxido de alumínio.
 

Desodorante

Não regula a transpiração. No entanto, conta com ingredientes anti-sépticos, que inibem o crescimento de bactérias na região. A princípio, isso elimina o mau cheiro causado pelos microorganismos. Há versões sem perfume e com aromas variados – basta escolher a que mais lhe agrada. Se apresentar algum tipo de alergia ou qualquer outra reação, substitua por outra disponível no mercado.

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.