Os perigos por trás da manicure

Ao embelezar as mãos, sua saúde corre riscos, como o de contrair Hepatite C e outras doenças

Publicado em 02/11/2008

AnaMaria

Conteúdo ANAMARIA
Os perigos por trás da manicure

Existem muitos perigos escondidos por trás de um simples alicate de unha
Foto:

Lixa de pé
Se ela foi passada no pé de alguém com micose, a próxima cliente do salão pode ser vítima dos fungos. 


Lixa de unha
Também pode transmitir micoses. A unha esfarinha e fica esbranquiçada.


Alicate
É o maior responsável pela transmissão de doenças como a Hepatite C e de infecções por bactérias, fungos e outros vírus, como o da verruga. Já o risco de se contaminar com o vírus da Aids é baixo, porque ele não resiste muito tempo vivo fora do corpo.


Bacias e potes
A água quente usada para amolecer a cutícula ajuda na proliferação de fungos. Por isso, compartilhar aquelas bacias de pé e mão é contra-indicado. A manicure deve amolecer a cutícula com algodão úmido.


Palitos de unha
Como são de madeira, não se costuma esterilizá-los. Por isso, são fonte de fungos que podem transmitir doenças à pele.


Fuja de armadilhas
Se você não pode ter o seu próprio kit, siga as seguintes dicas: peça à manicure que use lixas e espátulas de madeira descartáveis. Alicates, tesouras e espátulas de metal devem ser lavados com sabão, imersos em substâncias químicas capazes de eliminar todo tipo de bactéria (não vale acetona nem álcool) e depois colocados em uma estufa seca. Lixa de pé não tem jeito! Para não correr risco algum, o melhor é levar a sua de casa.

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

lolo - Boa tarde...Acabei pegando essa bacterias,n estou aguentando a cosseira e a dor no p¿,ser¿ q voces n tem nenhum remedio q acabei mas rapido? - 10/01/2013 15:40:28

Miriam Lago Magro - Bom dia,Gostaria de postar uma informação importante. A esterilização dos instrumentos metálicos necessários às práticas de corte de unhas e/ou cutículas seguem normas de biossegurança igual aos atendimentos à saúde. Portanto pela complexidade de usar esterilização química, e custo dos esterilizantes, é necessário uso de AUTOCLAVES, nenhum outro tipo de estufas, que ainda existem como luz ultravioleta ou outras que mais se parecem com "forninhos" servem para isso. Qualquer dúvida aconselho site "riscobiológico" onde profissionais da área respondem estas questões. Lembro que o risco da transmissão da Hepatite C é real, não existe ainda vacina e o tratamento é mais oneroso do que o para HIV. Espero ter contribuído com o site, que, pela importância e número de visitantes, forma opiniões e obriga-se a passar informações precisas. Atenciosamente, Profa Ms. Miriam Lago Magro-Cirurgiã-dentista - 01/12/2012 08:47:07

ellen - Porque nao proibem tirar a cutícula como no resto do mundo isso é muito bom eu nao tiro e minhas unhas ficam até mais bonitas depois de um tempo de adaptação é possível isso e, para que correr riscos. O que ninguem fala são dos esmaltes eles também quando compartilhados com várias clientes podem passar micose. Façam unhas gel vão ver como as cuticulas nem crescem tanto mais aí usem amolecedores e empurrem pronto. - 27/07/2012 10:04:54

Cibele Augusta De Paula - gostaria de saber por que o esmalte em pipoca ,não acontecia isso e nem é em todas as clientes - 19/11/2010 23:41:39

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.