Depilação definitiva: qual o melhor método para você?

Preparamos um guia de depilação para você chegar ao verão livre de preocupações.

Publicado em 27/07/2014

Stephanie Celentano - Edição: MdeMulher

Perna depilada

Foto: Thinkstock

Passar as férias ou o fim de semana na praia sem se preocupar com os pelos indesejados está na lista de desejos de toda mulher. Mas tudo pode ficar ainda melhor quando essa sensação se prolonga o ano todo. A depilação a laser ou a fotodepilação surgiu como resposta a essa necessidade feminina e tem agregado diversas tecnologias, que a tornam mais acessível, eficaz e democrática. 
 
Com ajuda da dermatologista Daniela Lemes, do Rio de Janeiro, e da fisioterapeuta da LaserStar Brasil Daniela Loureiro, de São Paulo, reunimos as informações sobre os métodos de depilação com luz para você eleger o mais adequado para o seu tipo de pele. 
 

Soprano Next Generation

Tecnologia: placa de laser de diodo 810 nm. 
Como funciona: libera múltiplos disparos de baixa energia para destruir as células germinativas do bulbo capilar. 
Recomendado: para todos os tipos de pele. 
Vantagem: pode ser aplicado em todos os tipos de pele, inclusive nas mulatas, negras e bronzeadas. 
Desvantagem: causa ligeiro desconforto nas regiões aplicadas. 
Contraindicação: gestantes e regiões lesionadas na pele. 
N° de sessões: em média, quatro sessões.
 

Light Sheer Duet

Tecnologia: sete placas de laser de diodo 810 nm distribuídas em duas ponteiras distintas. 
Como funciona: um único disparo por vez libera alta energia, sendo que a ponteira maior é fotopneumática, ou seja, faz uma sucção da pele e dispara o laser mais próximo da raiz do pelo, destruindo-o com maior precisão. 
Recomendado: para peles brancas e morenas-claras. 
Vantagem: áreas extensas como pernas, braços e abdômen são depiladas com mais segurança, rapidez e eficácia, em menos sessões e de forma menos dolorosa. 
Desvantagem: pelos brancos e loiros não são eliminados. 
Contraindicação: gestantes e mulheres negras ou de pele bronzeada. 
N° de sessões: em média, quatro sessões.
 

Harmony XL

Tecnologia: laser de Alexandrita de 755 nm. 
Como funciona: a energia percorre a haste do pelo e destrói as células germinativas do bulbo capilar. 
Recomendado: para peles claras. 
Vantagem: áreas menores, como sobrancelhas, orelhas e buço podem ser depiladas com mais precisão e menos dor. 
Desvantagem: não elimina pelos brancos, loiros e em grandes áreas. 
Contraindicação: gestantes, mulheres de pele morena ou negra. 
N° de sessões: de 6 a 8 sessões, em média.
 

Laser ND: Yag

Tecnologia: laser de 1064 nm. 
Como funciona: trabalha com alta energia e uma ponteira grande, o que diminui a densidade da energia e o torna um laser seguro, porém, menos efetivo. 
Recomenado: para todos os tipos de pele. 
Vantagem: a pele morena pode ser depilada com mais segurança. 
Desvantagem: pelos brancos e loiros não são eliminados. 
Contraindicação: gestantes. 
N° de sessões: 12 sessões, em média.
 

Harmony Long Pulsed

Tecnologia: laser de ND:YAG de 1064 nm. 
Como funciona: o laser libera sua energia de forma lenta e constante, garantindo que a célula germinativa do pelo seja destruída. 
Recomendado: para todos os tipos de pele. 
Vantagem: o aquecimento da profundidade da pele e não da superfície permite que morenas e negras optem pelo método com segurança. 
Desvantagem: pelos brancos e loiros não são eliminados. 
Contraindicação: gestantes. 
N° de sessões: de 4 a 6 sessões, em média. 
 

Fotodepilação

Tecnologia: Luz Intensa Pulsada (IPL) 
Como funciona: as luzes emitidas são absorvidas pela melanina presente nos pelos, atingindo o bulbo capilar e destruindo-o. 
Recomendado: para peles claras e morenas. 
Vantagem: o método é menos doloroso, porque libera menos energia. 
Desvantagem: não é um método definitivo de depilação, é progressivo. Pelos brancos e loiros não são eliminados. 
Contraindicação: gestantes. 
N° de sessões: de 6 a 10 sessões, em média.

Comente