nao

Tipos mais comuns de depilação a laser

A depilação a laser veio para deixar a cera para trás. É só ficar esperta na hora de escolher a clínica e técnica certas. Veja como tomar a decisão e confira ainda alguns cuidados necessários

Publicado em 28/06/2012

Reportagem: Juliana Romano - Edição: MdeMulher

Conteúdo GLOSS

O inverno é a melhor época para iniciar a depilação definitiva
Foto: Getty Images

O inverno é a melhor época para iniciar a depilação definitiva, pois o laser é mais eficiente quando a pele não está queimada de sol - ele  é atraído pela melanina, o pigmento que dá cor à pele. Quando ela é clara e o pelo, escuro e grosso, a luz se torna mais eficaz - assim ela vai direto ao ponto.

Para escolher seu tipo de laser, você deve saber qual é o comprimento de onda dele, que vem em nanômetros (nm). Quanto menor o comprimento da onda, maior a atração dela pela melanina. Em peles bronzeadas ou morenas, isso é arriscado. Para pelos finos e claros, é o comprimento ideal. Mas você só vai descobrir qual é o tratamento certo para você após uma avaliação com o médico.

Tipos de laser

1. Alexandrita 755 nm: Tem fama de ser o que provoca menos dor, porque possui uma ponteira que resfria a pele - e o frio disfarça o incômodo. Esse é o laser mais potente de todos: ele é capaz de "enxergar" até mesmo os pelos mais finos e claros.

2. Diodo 800 nm: O mais antigo no Brasil e, dizem, o mais dolorido também. Mas o sofrimento compensa: ainda é o mais eficaz em peles brancas com pelos grossos e escuros.

3. Nd:Yag 1064 nm: Indicado para peles morenas ou negras. Mais suave, não provoca manchas. No entanto, o tratamento acaba sendo mais demorado - o número de sessões será ajustado de acordo com a resposta de cada pessoa.

Preço sugerido: o preço de cada sessão varia entre R$ 200* e R$ 1000* reais, dependendo da clínica

Dê um calmante

O creme pós-depilação deve conter ingredientes que amenizam a vermelhidão: azuleno, aloe vera ou a-bisabolol.


Fotos: Divulgação

1. Gel corporal camomila e calêndula, Depil Bella, R$ 6*

2. Creme hidratante Superbly Restorative Body Lotion, Kiehl's, R$ 142*

3. Desodorante hidratante de banho com enxágue amora e amêndoas, Natura, R$ 25,30*

4. Sensiplus pós-depilação, Dermatus, R$ 63,80*

Cuidados

Enquanto estiver fazendo o tratamento, você vai ficar proibida de:

Tomar sol: Nem antes nem depois. O laser pode ser inofensivo à pele quando ela está branquinha, mas pode causar queimaduras se houver melanina por toda parte.

Depilar com cera ou pinça: O laser age na raiz do pelo. Se você arrancá-la, o tratamento não terá efeito. Lâmina e cremes depilatórios serão suas únicas alternativas.

Usar qualquer creme: A pele ficará mais sensível e alguns componentes, como álcool e ácidos, podem estar presentes no seu hidratante preferido.

O que esperar

Se mais de 48 horas após a sessão a pele ficar com bolhas, avermelhada, irritada ou com pontinhos vermelhos, é sinal de que a depilação foi feita de forma errada ou que o método usado não é o ideal para você. Avise logo seu médico - talvez seja necessário interromper ou rever o tratamento.

A partir da terceira sessão, já dá para perceber se a depilação está funcionando. Você vai notar falhas na região depilada. Ao final do tratamento, os pelos serão cada vez mais raros - o que não quer dizer que todos eles vão desaparecer para sempre, mas certamente ficarão bem mais finos. Se o efeito é sutil, é interessante avaliar se não há uma disfunção hormonal. Em excesso, os hormônios são capazes de estimular o pelo a crescer. Aí, é parar e curar o problema antes de depilar de novo.

*Preços pesquisados em junho/2012

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.