10 maneiras de eliminar a flacidez depois de passar por uma dieta

Acabe com o excesso de pele depois de perder peso

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 04/01/2012 em

Sou+Eu

um conteúdo de

10 maneiras de eliminar a flacidez depois de passar por uma dieta
Reportagem: SOU MAIS EU - Edição: MdeMulher

Hidroginástica é forte aliado contra a flacidez
Foto: Getty Images


Confira as terapias e dicas apontadas pela revista SOU MAIS EU para mudar o seu corpo depois de encarar a dieta:

Gelatina
As gelatinas comuns têm colágeno, a proteína responsável pela firmeza da pele, que ajuda a emagrecer sem ficar com excesso de pele. Há ainda as gelatinas hidrolisadas, que têm 85% a mais de colágeno.

Carboxiterapia e corrente russa
A carboxiterapia é um tratamento estético feito com injeções de gás carbônico nas camadas abaixo da pele, que não causam dor, segundo a dermatologista Fátima Pozus. "O gás estimula a circulação sanguínea e a produção de colágeno, deixando a área mais lisa e firme", explica. Cada sessão de carboxiterapia custa a partir de R$ 70* e só pode ser feita em clínicas de estética.

Já no tratamento chamado corrente russa, eletrodos são ligados na pele e dão choques leves que enrijecem os músculos. Cada sessão custa a partir de R$ 50* nos centros de estética. De acordo com a dermatologista Fátima. Combinados, os dois tratamentos começam a dar resultados a partir da terceira sessão. Os intervalos devem ser semanais ou quinzenais.

Hidroginástica
A hidroginástica reduz a flacidez porque a água impõe um peso extra aos movimentos do corpo, segundo a professora de educação física Andréia Toledo, da ACM São Paulo. "Os exercícios exigem uma força semelhante à da musculação, mas com menos risco de lesões", resume.

Dança
A professora de educação física Andréia Toledo sugere alternar danças com ritmo intenso de movimentos, como o street jazz e o axé, a ritmos mais delicados, como tango e flamenco, que exigem postura e movimentam diversos músculos ao mesmo tempo.

Cremes e loções
Entre os produtos mais eficientes para combater a flacidez do corpo, estão os cremes à base de DMAE e a manteiga de karité. O DMAE é uma substância que reduz a retenção de líquidos nos tecidos e elimina as toxinas que causam a flacidez.

Já a manteiga de karité acelera a produção de colágeno, proteína responsável pela firmeza da pele. Outra opção é o creme de silício, mineral presente no organismo que, em altas quantidades, contribui para deixar a pele durinha. Use os cremes diretamente nas áreas flácidas, duas vezes por dia. Os produtos demoram cerca de dois meses para fazer efeito.
 

10 maneiras de eliminar a flacidez depois de passar por uma dieta

Aposte em cremes contra a flacidez
Foto: Divulgação


Na imagem acima: (1) creme com silício Body System Elast Plus, da Belvittà (R$ 48,51*); (2) loção com manteiga de karité Nutrição Intensa Soft Lotion, da Johnson's (R$ 7,91*); e (3) sérum corporal anticelulite Ciclos d'Racco com DMAE, da Racco (R$ 80*).

Cápsulas
As cápsulas de carcinina e de silício são as novidades no tratamento da flacidez. A carcinina (também conhecida como glycoxil) é um aminoácido que impede a destruição de colágeno. Consuma uma cápsula de 100 mg por dia (frasco com 60 cápsulas custa R$ 100*, em média).

As cápsulas de silício têm o poder de enrijecer a pele. Consuma uma cápsula de 300 mg por dia (frasco com 60 cápsulas custa R$ 100*, em média). O consumo de ambos faz efeito em cerca de um mês.

Raios infravermelhos
Os raios infravermelhos fazem os músculos se retraírem. Esse efeito estimula a fabricação de elastina e colágeno, que são as fibras que dão sustentação à pele. O aparelho usado é o NIR (Near Infra Red) e está disponível em clínicas de estética. São recomendadas de dez a 20 sessões de até meia hora. Cada custa, em média, R$ 200*. O efeito começa a ser percebido depois de dois meses de tratamento.

Accent
O Accent, tratamento muito procurado atualmente para combater a flacidez, é feito com um aparelho que emite ultrassom, aquecendo a pele, quebrando moléculas de gordura e renovando as fibras de colágeno. O tratamento também expulsa toxinas do corpo e melhora a circulação sanguínea e linfática. São necessárias de dez a 20 sessões. Cada custa, em média, R$ 200*. O efeito pode ser percebido dentro de um mês e meio.

Freeze
Novidade nos centros de estética, o Freeze é um aparelho que emite radiofrequências e pulsos eletromagnéticos em várias camadas da pele. As ondas contraem o colágeno e endurecem a pele. São necessárias de dez a 20 sessões e cada custa, em média, R$ 300*. O efeito começa a ser notado depois de um mês.

Cardápio
A dermatologista Fátima Pozus recomenda comer frutas e verduras de cor laranja e vermelha, como cenoura, laranja e acerola: "Elas são ricas em vitamina C e melhoram a pele."

*Preços pesquisados em janeiro de 2012