bonsfluidos
Bons Fluidos

SIGA NAS REDES

  • Atlas da felicidade

    /imagem/bem-estar/galeria/atlas-da-felicidade-bons-fluidos.jpg

    O jornalista Eric Weiner passou um ano visitando países que reúnem aspectos ligados a um possível conceito de felicidade. Partiu em busca de respostas para perguntas como: quais são os ingredientes de uma boa vida? Por que algumas localidades são mais felizes que outras? Até que ponto somos "moldados" pelo ambiente que nos cerca?  O roteiro levou em conta o ranking das nacionalidades emocionalmente afortunadas, formulado pelo pesquisador holandês Ruut Veenhoven. Descubra, a seguir, o que algumas nações têm de tão especial a ponto de seus habitantes - ou, pelo menos, a maioria deles - considerarem-se cidadãos felizes, apesar dos pesares
    Foto: Istockphoto

    Viagens Bons Fluidos
  • Índia: terra de contrastes

    /imagem/bem-estar/galeria/atlas-da-felicidade-india-bons-fluidos.jpg

    O país do misticismo e da pobreza - que é aceita como missão - reúne caos e beleza, o que o torna a um só tempo um destino sedutor e enervante, segundo o jornalista. O jornalista visitou  a Índia - o reduto dos gurus com uma excelente pergunta em mente: "Por que é que tantos ocidentais presumivelmente saudáveis deixam para trás suas nações ricas e eficientes, e viajam para nações pobres e ineficientes em busca da felicidade?". Primeira constatação: a modernidade não "atingiu minimamente que seja os alicerces da cultura indiana". Por alicerces, entende-se, a estreita ligação com a espiritualidade, o sagrado. Segunda constatação: o contentamento brota da paz interior. Sendo assim, pouco importa o que se passa ao redor daquele que medita
    Foto: Istockphoto

    Viagens Bons Fluidos Índia
  • Tailândia: sabedoria para viver

    /imagem/bem-estar/galeria/atlas-da-felicidade-tailandia-bons-fluidos.jpg

    Para essa nação budista, felicidade é sinônimo de não pensar. Os tailandeses valorizam o simples viver muito mais do que o ato de refletir sobre o viver. "Eles desconfiam profundamente do pensar, pois pensar é como correr. Só por que suas pernas estão se movendo não significa que você esteja chegando a algum lugar", compara o autor. A fim de evitar fadigas desnecessárias, eles seguem o lema mai pen lai, algo como "deixa pra lá e vá viver a vida". Para ser feliz nessa terra de praias paradisíacas e sabores exóticos é preciso, acima de tudo, serenar o coração, conceito batizado de jai yen
    Foto: Istockphoto

    Viagens Bons Fluidos Tailândia
  • Islândia: mentes criativas

    /imagem/bem-estar/galeria/atlas-da-felicidade-islandia-bons-fluidos.jpg

    Como um país gélido e que passa a maior parte do ano na escuridão pode ser um refúgio reconfortante para quem lá vive? Pois é, a pequena e isolada Islândia se destaca pela sensação de acolhimento encontrada no centro familiar e das relações de amizade. Em outras palavras, os islandeses sabem compartilhar e celebrar a vida. O fato de a ilha ser diminuta favorece a proximidade entre seus habitantes. "Não há estranhos na Islândia. As pessoas estão sempre esbarrando em amigos e conhecidos", comenta Weiner. O cenário natural interfere, igualmente, no comportamento dos moradores. Como se sabe, a Islândia é uma ilha com intensa atividade vulcânica. O que poderia apavorar a população, ao contrário, é motivo de graça. Talvez, por esse motivo, a arte esteja tão presente no cotidiano desse povo
    Foto: Istockphoto

    Viagens Bons Fluidos Islândia
  • Suíça: tudo no lugar certo

    /imagem/bem-estar/galeria/atlas-da-felicidade-suica-bons-fluidos.jpg

    "A Suíça é eficiente e pontual. Além de próspera e quase sem desemprego. O ar é limpo e as ruas são quase imaculadas", descreve Weiner, com evidente incômodo. Ou será inveja? A perfeição reina soberana nesse país de belas montanhas e chocolates deliciosos, o que pode soar irritante para quem vive em locais bem menos civilizados. A mistura de eficiência, limpeza e tranquilidade, marcas reconhecidas internacionalmente, tornam a Suíça um país de felizardos. "Eles vivem vidas atenuadas. Seguem cantarolando, satisfeitos, sem nunca afundar abaixo de um determinado nível, mas também sem nunca tocar o teto", relata o jornalista
    Foto: Istockphoto

    Viagens Bons Fluidos Suíça

Os quatro países mais felizes do mundo

Por que em alguns países as pessoas são mais felizes do que em outros pontos do mapa-múndi? O jornalista americano Eric Weiner percorreu o globo em busca de resposta. Confira, a seguir, o que ele descobriu sobre o tema

Atualizado em Por Raphaela de C. Mello / Edição: MdeMulher

Conteúdo Bons Fluidos

Comente

Rede MdeMulher
Publicidade