nao

Os 5 princípios da autenticidade

Dizer o que pensa, assumir escolhas e ter estilo próprio são ingredientes da autenticidade, uma qualidade que ajuda a equilibrar a vida

Publicado em 04/07/2012

Reportagem: Rosane Queiroz - Edição: MdeMulher

Conteúdo MÁXIMA

É preciso ter determinação para viver de forma autêntica
Foto: Getty Images

A maioria das pessoas reluta em viver de acordo com as próprias crenças, desejos e paixões por receio de fugir do padrão ditado pela sociedade e, assim, não ser aceita. "Todos somos bombardeados por informações de como é certo se vestir, comer, falar... A tendência é repetir o que todo mundo faz. Mas a vida deve ter a sua caligrafia, a sua impressão digital e não a dos outros", explica a psicóloga Lúcia Rosenberg (SP).

No livro Seja Autêntico. Outras Personalidades Já Têm Dono (ed. Best Seller), o escritor americano Mike Robbins ensina que para superar as limitações que nos impedem de levar uma vida autêntica é preciso resgatar nossos desejos mais sinceros. Dessa forma, começamos a tirar as "máscaras" que acumulamos ao longo do tempo.

Pequenas atitudes fazem a diferença: discordar de alguém que é importante para você, admitir que não sabe sobre algum assunto ou que não gosta da roupa que está na última moda. A soma dessas opiniões passa a mostrar ao mundo uma nova mulher, segura de si e confortável em ser quem é.

Sim, porque o resultado da falta de originalidade é uma vida desconfortável. Sem descobrir seu jeito único de ser, você corre o risco de se tornar uma colagem de imitações - afinal, nem todo mundo fica bem na roupa que tal atriz usa ou com o corte de cabelo da mocinha da novela! "Ser autêntica é estar à vontade, é encontrar ligação entre a vida que você leva e seu trabalho, seus amigos, sua casa", define Lúcia Rosenberg.

Veja quais são os 5 princípios da autenticidade:

1. Conheça a si mesma

Pense nas camadas de uma cebola. Você precisa ir descascando o invólucro para chegar à essência e ver quem realmente é.

2. Transforme seu medo

Ser capaz de admitir, sentir e expressar seus receios ajuda a afastá-los. Um exercício é completar a frase: `Se você me conhecesse de verdade saberia que eu...¿. Escreva todas as características e atitudes que, em geral, esconde. Se puder, converse sobre isso com alguém em quem confia.

3. Diga somente a verdade

"Sim, seja verdadeira e prepare-se para assumir as possíveis consequências", destaca o escritor Mike Robbins. Quando conseguimos expressar as emoções sinceramente, isso nos fortalece, ainda que num primeiro momento a atitude seja vista como sinal de fraqueza. Na verdade, é o que nos dá força e acesso à espontaneidade e à originalidade - qualidades ligadas à autenticidade. "Dizer a verdade, aos outros e a si mesma, é a melhor maneira de cultivar uma vida confortável", enfatiza a psicóloga Lúcia Rosenberg.

4. Seja corajosa

É preciso ter determinação para viver de forma autêntica. Às vezes, sua maneira de ser pode chocar ou ir contra o jeito de pensar de muita gente. Ao mesmo tempo, vai despertar admiração e atrair relacionamentos mais verdadeiros. "Entre as atitudes que levam a desenvolver a coragem estão: ser valente diante de si mesma, dar um passo à frente, viver com paixão, apoiar-se nos outros e, quando cair, levantar-se na mesma hora e continuar em frente", ensina Lúcia.

5. Celebre quem você é

O grande desafio na vida é nos amarmos de forma genuína. Trata-se de aceitar, reconhecer e assumir tanto o seu lado luminoso como o sombrio, e escolher celebrar a pessoa única que você é.
 

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.