A importância das calçadas para circular pela cidade

Você já parou para pensar que circular pelas calçadas da sua cidade deveria ser um prazer cotidiano? Mas e quando elas se transformam em armadilhas?

Publicado em 14/12/2010

Leandro Sarmatz

A importância das calçadas

Como estão as calçadas - e a possibilidade de transitar por elas - do seu bairro?
Foto: Eduardo Nasi

Ainda no século 19 os parisienses inventaram a figura do flâneur, esse passeador urbano, despreocupado, que (e daí vem o termo) flana pelos bulevares de uma grande cidade. Experimente bancar essa figura em uma cidade brasileira e sair levinho por aí, olhando o horizonte (isso quando há horizonte), sem se preocupar com cada passo que der: o menos grave que poderá acontecer será um tropeço. Mas há casos de pernas quebradas e outras encrencas mais graves.

Com raras exceções - zona sul do Rio de Janeiro, avenida Paulista em São Paulo e mais uns poucos lugares -, o estado e a fluidez de nossas calçadas não são uma preocupação dos governantes. Tampouco dos cidadãos, que esquecem sua importância inclusive como elemento de sociabilidade (lembra quando as pessoas ficavam conversando nas calçadas? Pois é).

Aí é o caminhão que estaciona no meio do passeio público, o lixo acumulado entre o poste e o meio-fio, a banca do camelô entre o poste, o orelhão e o portão do prédio.

Como passar? É com esse mote que o jornalista Eduardo Nasi, morador do Brooklin, na capital paulista, participa de uma página no Flickr com verdadeiros flagrantes de descaso urbanístico com essa figura cada vez mais rara, o cidadão que caminha. 'A intenção não é fazer uma denúncia e recriminar os vizinhos. Porque o problema é geral, é cultural, a gente deixou de ver a calçada como um lugar bacana do bairro. As pessoas não fazem por mal. Quando elas se dão conta do que estão fazendo, se constrangem. Pedem desculpas. E tomam providências de verdade", diz.

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

- Fixador de sombras igual o da Koloss em macras como Vult, Marcelo Beauty, Anaconda... Porque do Botice1rio e Conte9m 1g se3o caros, e o da Koloss e9 mto bom, as aqui em Limeira e9 um unicf3rnio.(Ao contre1rio do Batom Mate da Vult que mta gente este1 reclamando que ne3o acha, mas aqui na minha city e9 igual banana, acha em qualquer esquina. Te1 tudo dominado pela Vult por aqui rsrsrs)- Pf3 e base mineral na Vult, Marcelo Beauty, Anaconda- Base sequinha pra pele oleosa- Filtro solar que ne3o deixe meu rosto brilhando e que tenha um cheirinho bom, ou sem cheiro. - 22/04/2012 21:40:16

Maria Fernanda - Olá, gostaria de enviar um artigo sobre Mobilidade Urbana para possível publicação na revista ou site. Como devo proceder? - 16/12/2011 00:25:28

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.