nao

"Keep Calm": como manter a calma para não se estressar

Pare de reclamar e mude suas atitudes. Montamos um guia para ajudar você a resolver os problemas do dia a dia

Publicado em 03/08/2012

Reportagem: Bárbara dos Anjos Lima e Ivonete Lucirio / Edição: Ana Holanda

Algumas técnicas motivacionais podem ajudar você a ser uma pessoa mais calma
Foto: Getty Images

Você está tão esgotada que desconfia que alienígenas tenham trocado seu corpo por o de uma mulher de 80 anos enquanto estava dormindo? Talvez seu cansaço tenha uma razão que você ainda não conhece. Venha com fé, a gente sabe que seu corpo tem pique para ler esta matéria até o fim, descobrir como melhorar a disposição e repetir o mantra: “Keep calm and...(mantenha a calma e...) aguente o tranco”.

Keep calm and faça as pazes com o mundo

Depressão e exaustão andam de mãos dadas. A sensação pode durar pelo dia todo, mas é mais intensa de manhã. Parece que precisa de um guindaste para tirá-la da cama? Abra o olho. Alguém com depressão tende a hipervalorizar respostas fisiológicas, entre elas o cansaço, diz o neurofisiologista John Araujo. Talvez seja algo passageiro, motivado por um fato triste. Mas, se a sensação, que vem com vontade de chorar e de recolher-se, durar mais de uma semana, melhor procurar ajuda.

Keep calm and não brigue com a sua cama

O período ideal de sono varia, mas é consenso que o mais saudável para qualquer ser humano (inclusive a Mulher Maravilha) é ter de seis a oito horas de descanso. A solução para esse problema é óbvia: dormir mais. Seria fácil se tivéssemos tempo para isso durante uma semana puxada. Mas um estudo do Instituto de Defesa dos Estados Unidos talvez dê uma luz. Foram avaliados cerca de 100 voluntários do Exército americano. Durante uma semana, metade pôde dormir horas a mais e metade manteve seu padrão de sono. Na semana seguinte, os dois grupos tiveram só três horas de descanso e precisaram executar tarefas que envolviam concentração. O pessoal que dormiu mais na primeira semana saiu-se muito melhor. Então, da próxima vez que souber que vai enfrentar dias tensos, fique um pouco a mais na cama nas noites anteriores para criar uma poupança de sono.

Keep calm and aceite sua agenda

Imagine só ter de acordar no sábado às 7 da manhã para aquela aula monótona de contabilidade. Mesmo que a semana tenha sido tranquila, seu corpo manda sinais de que não quer ir. A sensação pode mascarar a falta de vontade para fazer algo, diz o psicólogo Marcos Rodrigues Máximo, de São Paulo. Não se trata de um cansaço físico nem mental, mas de uma forma de o cérebro dizer que aquela tarefa, de alguma maneira, é desagradável. Algumas técnicas motivacionais podem ajudar, diz Máximo. Tente uma bem simples: na noite de sexta, escreva em um papel os benefícios que aquele curso trará à sua carreira. Ao acordar pela manhã, releia a lista e tente encontrar ânimo nisso.

Keep calm and não coma demais

Alimentos servem para nos dar energia e prazer, claro. Só que alguns fazem exatamente o contrário: sugam nossas forças. O açúcar, por exemplo, entra nessa categoria. Se, num primeiro momento, deixa você animada, pode provocar efeito rebote: logo há uma queda de energia causada pelos picos de insulina no sangue. Por isso, é melhor dividir seu dia em seis refeições equilibradas e menores com energéticos como mel, grãos integrais, batata, quinua, banana e castanha-do-pará.

Keep calm and abrace sua TPM

Pouco antes de a menstruação começar, os níveis de progesterona do organismo desabam, o que torna o sono menos repousante. E, naqueles dias, a energia já está lá no chão. A produção de serotonina também cai, fazendo com que você se sinta mais por baixo que a rasteirinha hippie do verão passado. Apesar do cansaço, a melhor maneira de fazer seu corpo acordar é não faltar na academia. Exercícios físicos são uma forma de elevar os níveis de serotonina. Também vale apelar para um banho frio. A moleza bateu no meio do dia? Vá ao banheiro e molhe pulsos e nuca. O truque vai dar uma levantada no astral.

Keep calm and respeite seu relógio interno

Se você pula da cama às 6 da manhã pronta para malhar, deve ser do tipo matutina. Ou seja, funciona melhor no primeiro horário do dia. Porém, se parece que o cérebro só liga depois das 2 da tarde, mas em compensação você fica animada até as 3 da madrugada, seu organismo é noturno. Isso não é invenção de preguiçoso: cada metabolismo funciona de um jeito, e existe até uma ciência que estuda o tema: a cronobiologia. Se a pessoa for obrigada a, por exemplo, fazer uma atividade física fora de seu horário habitual, vai sentir muito mais cansaço, diz o biomédico Luiz Mena-Barreto. A solução é respeitar o jeito como seu corpo funciona e deixar as tarefas que exijam mais esforço para o momento em que ele está a todo vapor. Então planeje seu dia para fazer atividades complexas no período em que você sabe que rende mais.

Keep calm and pise no freio

Não dá para esquecer o cansaço clássico, aquele que ataca quem se enche de compromissos. Isso gera stress, que faz com que o corpo produza mais hormônio cortisol. Ele não é ruim em si; pelo contrário, dá energia extra. Mas os seres humanos não foram programados para funcionar o tempo todo à base dele. Se o cortisol for produzido constantemente, depois de alguns dias você se sentirá um bagaço. O jeito é diminuir o ritmo e deixar um ou dois eventos sociais de lado. Comece também a dizer “não” às tarefas menos importantes. Se a louça ficar na pia de um dia para o outro, não vai ganhar vida e sair pela casa tentando atacá-la. E não espere a hora de dormir para relaxar: pequenas atitudes ao longo do dia ajudam seu corpo a controlar a ansiedade. Que tal fazer uma seleção de músicas calmas no iPod para escutar no caminho de casa ou marcar uma massagem para o fim de um dia pesado?
 

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.