nao

Lições de humildade com Sócrates

Aprenda uma lição de humildade com Sócrates, o pensador que tinha consciência de sua própria ignorância

Atualizado em 14/06/2011

José Francisco Botelho

Sócrates é um dos melhores exemplos de humildade. É dele o famoso bordão: "Só sei que nada sei"
Foto: Jamie Grill/Gettyimages

A trajetória de Sócrates é um cruzada contra a falsa sabedoria. Sempre amigável, o filósofo demonstrava o quanto ainda sabemos tão pouco dos mistérios da vida. Como Buda e Cristo, que não deixaram escritos, Sócrates é conhecido hoje pelos escritos de seus discípulos. Grande parte do que sabemos sobre ele está contido na obra de Platão - nos textos conhecidos como Diálogos, retrato das incansáveis discussões filosóficas entabuladas pelo mestre. Para compreendê-las, é preciso conhecer o mundo em que Sócrates viveu e filosofou - a Grécia do século 5 a.C.

O sistema de governo dos atenienses, a democracia, estava vigente desde o século 6 a.C. A cada mês, os cidadãos com mais de 30 anos se reuniam em uma grande Assembleia para debater leis e escolher magistrados. Cada um tinha o direito de defender suas ideias em discursos públicos. Por isso, a arte de falar bem - para convencer ou para dissuadir - se tornou uma das ocupações favoritas do povo de Atenas.

A arte do diálogo

É nesse contexto que surgem os sofistas - trupe de intelectuais itinerantes que, em troca de remunerações graúdas, ensinavam a retórica aos jovens com ambições políticas. Até então, a filosofia grega se ocupava principalmente de assuntos cosmológicos, como a natureza dos astros e a origem do universo. Os sofistas mudaram essa equação: para eles, o objeto da reflexão filosófica era o próprio homem. Outra grande inovação introduzida por eles foi o uso do diálogo como método de reflexão e persuasão. Eles preferiam exibir suas habilidades lógicas em debates cara a cara, em que dois ou mais interlocutores se digladiavam na defesa de ideias opostas.

Antes de se tornar célebre como filósofo, Sócrates já era famoso como o maior esquisitão de Atenas. Sua principal ocupação era sondar a alma humana, e pouco tempo lhe restava para questões rotineiras, como ganhar a vida. Costumava andar pelas ruas de Atenas com roupas puídas e sempre perdido em reflexões.
Com o tempo, Sócrates compreendeu que o excesso de truques retóricos dos sofistas servia para ornamentar mentes vazias, e decidiu que caberia a ele fustigar a soberba de seus contemporâneos.

Saber e não saber

E, assim, ele chegou à conclusão que mudaria a história do pensamento: a de que o verdadeiro sábio é aquele que tem consciência da própria ignorância. A partir daí, Sócrates começou uma cruzada pessoal contra a falsa sabedoria humana. Em suas próprias palavras, ele se tornou um "vagabundo loquaz" - movido pelo célebre bordão que o legou à posteridade: "Só sei que nada sei".

Ele geralmente começava seus debates com perguntas diretas sobre temas elementares: "O que é o Amor?" "O que é a Virtude?" "O que é a Mentira?" Em seguida, destrinchava as respostas que lhe eram dadas, questionando o significado de cada palavra. Assim, o pensador demonstrava uma verdade que até hoje continua universal: na maior parte do tempo, a grande maioria das pessoas não sabe do que está falando.

Para muitos ouvintes, o efeito do diálogo socrático era a catarse - uma experiência de purificação espiritual em que as portas do autoconhecimento se escancaram.
Mas tamanha independência de espírito pode ser algo arriscado - tanto na Antiguidade quanto hoje em dia. Em 399 a.C., seus desafetos conseguiram levar Sócrates a julgamento. Condenado com a pena de morte, ele retrucou: "Ninguém sabe o que é a morte. Talvez seja, para o homem, o maior dos bens. Mas todos fogem dela como se fosse o maior dos males. Haverá ignorância maior do que essa - a de pensar saber-se o que não se sabe?"

O "vagabundo loquaz"foi a primeira figura célebre na história do pensamento a morrer por suas ideias. Sua modéstia, numa época de vaidade intelectual, é um aviso aos navegantes: por mais poder que uma civilização tenha, o fato é que, no fundo, continuamos todos humanamente estúpidos. Pensar por si mesmo e a si mesmo num diálogo com o outro: eis a lição aparentemente simples, mas hoje tão esquecida, legada por uma das figuras mais intrigantes na história da humanidade.

LIVRO
O Julgamento de Sócrates, I.F. Stone, Companhia de Bolso Apologia de Sócrates, Platão, L&PM Pocket.

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Ma:mieux que Ma et Li va gérer un groupe de personnes Yu Ge: Pourquoi vanté Meng Zhi: Anglais Hong Kong ongles d'insertion air max 90 - 22/09/2014 00:49:45

Apple has anticipated this by delivering a USB 2.0 port also as special syncing cable and software. Apple also offers a exclusive audio/visual cable that allows you to interface the iPod classic with a television set. The iPod will easily sync on your Mac, for those who have any video slideshows to share. If not, it is possible to obtain your new music, imagery or video in the iTunes store and it will sync up. - 21/09/2014 15:59:15

Nothing at all even compares to mulberry outlet the background music Chart. No, you can't pick up the music, but you can quickly discover a thing you can enjoy according to mulberry outlet what you just like. - 21/09/2014 04:03:24

Frank How I read the article they have a 15 megabit network. NTL possibly? nike blazer pas cher - 21/09/2014 04:03:12

Yeaha! I to nike tn pas chertally like Hypem. The very best from the whole lot I would point out. - 21/09/2014 04:03:12

go on a spree and buy some fresh clothes; avoid an unsatisfactory habitual pattern, resembling satirical your favorite fingernails. add some pleasure to your existing face. But the man you're seeing a gift for no way rationale for why. objective influential phone numbers in sell has become alteration of the same retail store merchandise sales. here large amount is in the main valuable due to weather change situation that it provides. marketing this amazing year are as compared to last year beyond the time span same for similar sites. chanel ¿¿¿¿¿¿¿¿ - 20/09/2014 17:54:48

Veja todos os comentários

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.