nao

O poder terapêutico do som

Címbalos e tambores, diferentes tipos de cantos, mantras, músicas, invocações e simples palavras têm uma força inimaginável que trabalha secretamente pela harmonia da casa

Publicado em 16/04/2012

Reportagem: Reportagem: Liane Camargo de Almeida Alves e Evelyn Schulke - Edição: MdeMulher

Conteúdo Bons Fluidos
Harpa

"O som, quando bem utilizado, tem um poder purificador, profundamente benéfico para nosso corpo e nossa mente.", afirma Mirna Grzich
Foto:

"Devemos nos acostumar a banhar a nossa casa com música, refrescá-la com sons agradáveis, purificá-la usando instrumentos específicos. O som atrai boas energias", diz Mirna Grzich, jornalista responsável pela introdução da música new age no Brasil e estudiosa do assunto.

O sentido agregador ou desagregador do som e sua influência no corpo e nos nossos estados psicológicos estão sendo hoje estudados a partir de experiências científicas. Ele influenciaria a pressão arterial, a circulação sanguínea, a respiração, as ondas cerebrais e o comportamento das moléculas.

Mesmo quando não perceptíveis por nós, as ondas sonoras continuariam agindo no ambiente. Animais como golfinhos e baleias, por exemplo, são capazes de emitir e ouvir sons não registrados pelo ouvido humano, sensível apenas a um determinado espectro. Assim, muitas vezes poderíamos ficar irritados até por sons não audíveis, muito comuns em grandes cidades. As ondas sonoras são vibrações e elas podem ser sentidas pelo corpo. Para compensar o efeito negativo do som e beneficiar-se do positivo, Mirna Grzich aconselha o uso de mantras, orações em voz alta, sinos e címbalos, cantos e músicas. "O som, quando bem utilizado, tem um poder purificador, profundamente benéfico para nosso corpo e nossa mente."

As qualidades terapêuticas e purificadoras do som foram muito utilizadas por antigas civilizações. Até hoje, a medicina chinesa, a indiana (ayurvédica) e a tibetana se valem desse recurso. Os mantras, de acordo com essas antigas tradições, agem como verdadeiros geradores de energia que podem ser direcionados para várias áreas: saúde, prosperidade, harmonia, limpeza. Além disso, induziriam a um estado mental tranqüilo, conhecido entre os taoístas chineses como "o estado da serenidade original", isto é, uma condição propícia e especial que permitiria a manifestação das qualidades divinas dentro de nós.

Os sons que podem banhar de alegria a sua casa

Tambores: um pequeno tambor tocado com batidas compassa-das pode trazer para a casa a força estável da mãe Terra.

Címbalos tibetanos: para ser tocados nos cantos da casa ou antes de começar uma meditação. São purificadores.

Orim: é uma vasilha de metal que, ao ser tocada, emite o om, o som divino primordial.

Orações: rezar em voz alta uma ave-maria, um salmo ou um sutra budista alinha a energia do ambiente com um plano espiritual mais alto.

Sinos: devem ser de boa procedência, se possível com a especificação da harmonia empregada na sua afinação. Os sinos podem ser direcionados para a saúde, a prosperidade ou o amor.

Palavras de poder: om, hum, amém, aleluia são palavras que têm energia harmonizadora, garantida pela sua repetição devocional através dos séculos. A sílaba om, sagrada e divina para os seguidores do hinduísmo, é reconhecida como a origem de todos os mantras. Seu próprio som e a intenção de quem a pronuncia despertam a energia mais profunda.

Invocações: pedir ajuda ou proteção a um santo em voz alta pode garantir o seu auxílio, se o pedido for do fundo do coração.

Mantras: três dos mais poderosos em sânscrito: om mani padme hum, para um alinhamento com o Divino e o despertar da compaixão; om tare tutare ture soha, para ter vida longa; e om vajrasattva hum, para a purificação.

Flautas: seu som doce magnetiza o ambiente.

Harpas: não é à toa que são associadas aos anjos. Trazem proteção angelical.

Pince: tubos metálicos com oitavas ou uma única nota. Tocados com uma pequena baqueta, harmonizam o ambiente e deixam um rastro sonoro.

Fontes: o barulho da água é muito relaxante.

Cantos de passarinhos: plante árvores frutíferas que atraiam passarinhos ou ouça um CD com música de pássaros. Aves em gaiola, jamais!

 

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

isabela ferreira de oliveira - muito bom artigo. - 24/08/2012 12:40:24

Kelly - Muito interessante e importante essas informacoes. Ainda muitos ignoram a importancia do tipo de musica que escutamos, mas nao resta duvidas quando o seu genero musical altera ate mesmo o seu humor. - 13/05/2012 07:44:45

dezangela - significado dos instrumentos - 20/04/2012 15:19:38

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.