09 ago

Sem categoria

Em defesa do macho cordial

Por Alex Xavier postado em 09/08/2011 às 14h13

Comentários (59)

Homem abrindo porta do carro para mulher

Foto: IT Stock Free

“Não existe mais cavalheirismo”, vocês reclamam com freqüência. Outro dia mesmo as meninas do Taça em Y protestaram contra a falta de gentileza masculina. Nem sou louco de defender os homens das cavernas que acertam tudo que encontram pela frente com suas clavas (até no metrô, como elas contaram no post). Mas preciso bater o pé: o macho cordial está por aí sim. Só não sabe muito bem seu lugar no mundo de hoje.

Semana passada, fui ao banco e abri a porta para uma moça. “Não pode esperar eu sair antes para você entrar?”, irritou-se. Precisei explicar que era uma cordialidade. Mesmo assim, ela achou estranho e foi embora sem nem me agradecer. As pessoas se desacostumaram com esse tipo de cuidado. E eu, que aprendi com meu avô a abrir porta para as senhoritas, a oferecer meu assento no ônibus às senhoras e a carregar sacolas pesadas só para elas se sentirem especiais, às vezes, tenho a impressão de estar cometendo algum crime.

Desde o fim do século 19, vocês conseguiram fazer parte de movimentos democráticos, conquistaram direitos trabalhistas em boa parte do mundo e lutaram contra o preconceito e o fim de padrões opressores baseados apenas em gênero. E também aprenderam a abrir potes de picles e a trocar pneu de carro sozinhas, tornando os homens obsoletos. Os mais grosseirões viram nessa revolução uma oportunidade de cortar todas as cortesias de uma vez.

Mas nós, os lordes restantes, ainda defendemos uma certa elegância (sem excessos, é verdade). Gostamos de tirar um sorriso de surpresa do rosto de vocês. Mas, no fundo, faz bem ao nosso ego também. Homem precisa se sentir necessário. Tem algo mais egocêntrico do que ficar do lado da rua ao caminhar com uma mulher na calçada? Síndrome de Superman, como se fossemos capazes de segurar um carro descontrolado antes de ele atingi-la. Mesmo assim, nos achamos úteis fazendo isso.

Conversei com uma amiga sobre a dificuldade de ser um cavalheiro contemporâneo. E ela explicou que a mulher moderna não quer depender de nenhum barbado, mas ainda gosta de ter um por perto para fazer por ela algumas coisas. Sorte nossa. Pelo menos, quando a gente não precisa explicar na frente de um banco que está apenas sendo gentil.

POR FALAR NISSO…
Aproveito que falei de gentileza masculina para fazer uma enquete aqui: homem precisa pagar a conta… sempre?! Quando convido, pago com todo prazer. Ainda mais em um primeiro encontro. Mas tem muita mulher que abusa do bom-mocismo da gente. Sou cavalheiro, não caixa-eletrônico.

Alex Xavier

Devo ter cara de bom moço. A maioria das mulheres que não quiseram nada comigo e até algumas que um dia quiseram não vêem problema em falar comigo sobre outros caras. E como tenho mais amigas do que recomendam os médicos, ouço muitas histórias. Só posso oferecer a minha visão prática masculina. Ou seja, se a ideia é apenas ter alguém que escute seu desabafo, bata no seu ombro e diga "eu entendo", procure uma mulher. Sou homem e dou minha opinião mesmo quando não solicitado.

amigomacho.nova@gmail.com

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com

Comentários (59) em "Em defesa do macho cordial"

  1. Luisa disse:

    Excelente texto. E não, o homem não precisa e, na minha opinião, não deve pagar tudo. Tudo bem pagar no primeiro encontro, quando quer fazer um agrado especial… mas sempre?? eu não concordo. Divide tudo!

    • Alex Xavier disse:

      Eu me ofereço para pagar, ela insiste para dividir, digo que a próxima ela paga e já fica alí uma boa desculpa para nos vermos de novo. A vida é fácil assim

  2. Pietra disse:

    Se nós fossemos mais exigentes quanto ao cavalheirismo, acredito que teriam menos homens broncos por aí. Eles teriam que ser no mínimo educados para ter a nossa consideração. O problema é que tem muita garota bronca que aceita qualquer coisa e faz esses caras pensarem que todas as mulheres são assim. Não mesmo! Quanto a questão da conta, acho gentil o cara pagar nos primeiros encontros, ainda mais quando o convite partiu dele, mas também cabe a garota se oferecer a rachar. Eu, particularmente, fico meio confusa em como agir. As vezes penso que peco pelo contrário (insistir demais em dividir a conta) e receio perder a “fragilidade” feminina nesse momento.

    • Alex Xavier disse:

      Sabe que, muitas vezes, vejo mulheres grossas por aí também? Verdade, lembro de ter visto, em um bar de samba rock, um rapaz chegar para uma desconhecida e dizer, bem educado: “com licença, quer dançar comigo?”. E ela respondeu simplesmente: “sai!”. Sério, o que o cara fez de errado? Se ela não queria dançar, havia outra forma de dizer não

  3. Karina disse:

    Vamos lá, meu sempre amigo-macho:
    Você pediu resposta à pergunta “O homem deve pagar a conta sempre?”, e eu me senti obrigada a usar da mais sincera sinceridade contigo, como se estivéssemos no msn, há anos atrás.
    Resposta da “amiga-fêmea sincera”:
    Não me venham com romantismo, querendo comparar de maneira pejorativa o que aqui comentarei, com a digna profissão de prostituta, mas é mais ou menos isso. Se você tiver interesses românticos, DEVE SEMPRE! Se já conviver (for namorado, amigado, marido, amizade colorida frequente), aí, dependendo das condições financeiras do casal, divide-se. Com amigAS, sem qualquer interesse, cabe o pagamento quando o convite é seu e você faz muita questão, mas amigas gostam de dividir. Se está cortejando, sim, as refeições, bebidas, transportes e portas abertas, são por sua conta OBRIGATORIAMENTE! rsrsr
    Espero ter ajudado!

    Beijo com saudade!

  4. Cristiano disse:

    Fala Alex! Excelente o seu texto. Aqui na Holanda a coisa é ainda pior nesse sentido, cavalherismo é sinônimo de que você quer se mostrar superior e aí a coisa entorta … já escutei várias vezes “I can do by myself!” e pagar a conta então é considerado agressão. Abs!

    • Alex Xavier disse:

      Direto de Amsterdã, Cristiano hehe
      É, às pessoas confundem as coisas. Gentileza não tem nada a ver com poder de um sobre o outro. Aliás, as pessoas deveriam ser mais cordiais com todos, não apenas de um cara para uma moça, não é?

  5. Mah disse:

    Adorei seu texto!
    Convivo com homens gentis e admiro muito isso, é nítida a diferença entre as ações do meu avô e dos meus primos mais novos, mas ainda assim dá pra ver um certo grau de gentileza na atitude deles. Ainda acho que essa mudança de atitude também ocorre pela mudança do comportamento feminino, usando mais uma vez o exemplo familiar, minha avó era, e ainda é, uma mulher super dependente do marido e a nossa geração já se vira muito bem sozinha, nós mesmas tiramos o “valor” do homem e depois reclamamos disso…
    Quanto a conta, nas primeiras vezes que saí com o meu marido ele pagou, depois começamos a dividir e quando o relacionamento se tornou mais sério, eu topava pagar sozinha numa boa, não acho que pagar a conta seja uma questão de masculinidade/feminilidade, isso depende mais de quem tem grana no momento, eu não deixaria de sair com ele só porque naquele dia ele não tinha o $ pra pagar o cinema, eu pago e vamos! Na próxima a conta é dele!

  6. Camille disse:

    Ótimo post Alex! Eu imaginei que vc era um cavalheiro contemporâneo. Sobre a enquete: Eu não acho que os homens devem pagar sempre, gosto que paguem para mim em algum momento especial ou para agradar a companheira. Se pagar sempre vira obrigação.

  7. Daniela disse:

    Alex…
    Toda quarta-feira, sento na minha cadeira no escritório e a primeira coisa que leio no dia é seu blog. Adoroo!!! Definitivamente, é muito bom seu blog. Resolvi comentar nesse post, porque exatamente nesse fim de semana fui vítima deste brutamontes que acabam achando que toda mulher é um pedaço de carne que ele podem atacar como cães raivosos. Acho o de uma burrice e de falta de respeito sem tamanho. O cavalheirismo é uma das práticas mais antigas e que nunca deveriam morrer. Homem cordial não deveria ser pouco e sim todos.

  8. Cassiana disse:

    Muito bom seu texto…convivo com um cavalheiro e acho muito bom…..sinto falta disso hoje em dia….não temos muito cavalheiros por aí….mas sim cavalos…rsrsrs, desculpe, mas é que vejo tanto absurdo na rua que precisei falar.
    Parabéns, não ligue se não entenderem seu cavalheirismo…se fosse comigo com certeza eu teria entendido, sorrido e agradecido. É o que faço quando sou presenteada com alguma gentileza. Continue assim.

  9. Raquel disse:

    Uma vez pedi ao meu marido para não levantar no ônibus para dar lugar a mulheres com menos de 60 anos. Elas sempre acham que ele está interessado… E só Deus sabe o tempo que demorei até aceitar que ele abrisse portas… Não só pra mim, mas por pura gentileza pra quem carrega sacolas, pra senhoras , pra senhores, pra crianças… Chamo isso de inteligencia social. Ele tem uma enorme capacidade de perceber o outro. A maioria das pessoas só percebe a si mesma. Aprendi muito com ele. Principalmente a me comportar como uma boa moça. ( rsrsrs…. )

  10. Un hombre disse:

    Hola vo yo no entiendo quieren igualdad de derechos ser tomadas en cuenta para todo q se les reconozca q no son bajo ningún concepto inferiores a los hombres. que son aptas para cualquier rol q la sociedad les asigne, pero quieren q les abran la puerta. No se entiende

  11. Flavinha disse:

    Olá, adorei o post! Os cavalheiros estão em falta… e as damas também! Sim, porque mulher também precisa ser educada, gentil, feminina… ou não? Quanto a pagar a conta, acho muito legal quando um homem paga (quando ele convida e no primeiro encontro), mas por educação, acho justo dividir nas outras vezes…afinal, sou uma dama =)

    • Alex Xavier disse:

      Acho mesmo o certo. Mas atenção: alguns homens gostam de pagar a conta para mostrar poder, não por serem cavalheiros.Aposto que são os mesmos caras que passam a noite falando apenas de si mesmos. Nenhuma dama merece isso

  12. Dada disse:

    Adorei a matéria!!
    Bom, eu sou meia feminista, quero eu sempre pagar tudo, ou pelo menos partir a conta!! mas as vezes acho muito legal, um homem pagar a conta, pois sem que eles se sentem bem com isso, se sente meio que superior “sou o Macho” um bom cavalherismo faz muito bem para as mulheres independentes!!! Acho que os homens não souberam se adapitar a essa nova mulher, gentileza, cavalherismo, ñ faz mal a ninguém, e nehuma mulher independente vai se assutar ao ver isso!!!
    Mas hoje em dia é algo muito raro, quando aparece tem mulheres que acham um pouco estranho, e solta até aquela frase, homem cavalheiro ainda existe!!!

    • Alex Xavier disse:

      Vale o que falei no comentário acima, dada. Cuidado com os caras que querem apenas estampar o “sou o macho” na testa. Em geral, querem compensar algo

  13. Maria de Fátima disse:

    Homens cavalheiros…. existem, mas são tão raros…. gosto de homens gentis, mas confesso que alguns me assustam, principalmente quando ao ajudar a carregar a ” tal sacola do supermercado” já vem dizendo: – Voce é casada, a gente pode sair ??….. Cara…. ele nem se dá ao trabalho nem de reparar na cor dos meus olhos…. por isso prefiro carregar a sacola sozinha…. não sou má educada, sempre respondo cordialmente com um sorriso dizendo que nem está tão pesada assim…

    Quanto a pagar a conta…. nem sei, não gosto de exploração, e além disso sou novata no ramo das baladas, e as poucas vezes que saí procurei dividir a conta…
    Fico pensando que é tão dificil encontrar homem gentil, que só o prazer dá companhia já vale….. se vier de brinde um agrado a mais… como um jantar… um vinho, então fechou com chave de ouro.

    Mas se o cara é um chato, prefiro pagar a conta e sair “à francesa”, ainda não precisei dar esse golpe, kkkkk mas se precisar, faço sem pensar duas vezes.

    • Alex Xavier disse:

      Pôxa, outro dia ajudei uma moça com um malão na escadaria do metrô. Juro que não estava paquerando. Apenas me coloquei no lugar dela, pois já carreguei mala grande em lugares nada acessíveis. Acho que você está dando azar. Ou o supermercado é o lugar favorito dos predadores e eu não sabia. Deve ser uma nova moda depois de “Two and a Half Man”

    • m araujo disse:

      por falar nisso, voce quer sair?

  14. Neia disse:

    Concordo com a Karina. Mesmo que as mulheres não queiram reconhecer, é exatamente assim que pensam. Mulher já gasta tanto com roupas, salão e sapatos para ficar linda para ele. Fora lingeries, perfumes… Se ele quiser conquistar mesmo, é por aí o caminho.

  15. Drikka disse:

    Vamos lá, amigo macho gentil e cortês.
    Nota 10,100,1000 para todos aqueles que sabem e são realmente cavalheiros e gentis. Em geral, homens assim aprenderam no seio familiar, com exemplo de outros machos gentis e isso a gente percebe claramente. O Homem deve ser gentil sempre. A mulher também deve. Principalmente, aceitando sem melindres feministas serem beneficiadas pelas atitudes de cavalheiros. Essa guerra dos sexos me irrita profundamente: ôoo coisinha sem sentido! O fato de existir algum exemplar feminino que não sabe como lidar com cavalheirismo não deve ser motivo para que os homens deixem de ser e sim motivo de comiseração pela pobre coitada, no meu ponto de vista, claro.
    Se o homem é gentil com segundas intenções eu aceito a gentileza e corto a indelicadeza de forma bem direta, caso não seja objeto do meu interesse. Trabalho com homens que são muito gentis e não se servem da cantada como acompanhamento para as atitudes e gestos de cavalheiros. Todos casados ou comprometidos.
    Então, parabéns e que Deus te conserve sempre cavalheiro e que também, você encontre em seu caminhos mulheres que sabem valorizar isso.
    Quanto à pagar a conta, você faz com gosto? Te agrada? Acha que isso também é cortesia ou gentileza? Ou faz esperando algo em troca? Se faz porque quer, como alguns homens que eu conheço que acham inadimissível dividir a conta, beleza. Se a situação financeira não tá legal e não permite, abre o jogo e fala. Agora, se é começo de relacionamento, vou ser bem sincera, impressiona positivamente SIM. O cara que está disposto a pagar, demonstra com isso também que está interessado, está cortejando, não por causa da grana em si, mas pela atitude. Algo como dizer”Olha só, você merece que eu banque o cavalheiro pq é especial pra mim”. Alguns homens confundem isso com o fato de estarmos interessadas na grana do cara. Existe mulher interesseira como também existe homem interesseiro. Quando a mulher gosta do cara não se importa em gastar horrores comprando aquela camisa carissima que vai deixar ele gatissimo, aquele perfume de preço astronômico, ou com aquelas rodas de aro não sei das quantas de liga de não-sei-o-quê pra agradar aquele macho merecedor. Simples assim. Besos lindinho!

  16. Roberta Lemgruber disse:

    Primeira vez que eu comento aqui e só pra deixar registrado: ADORO seu blog! Você fala o que os homens comentam ou simplesmente observam, mas não dizem… Ou, pelo menos, não dizem para nós… Só para os amigos! Gostei do post e acredito que um homem cavalheiro, que faça pequenas gentilezas… é SEMPRE bem-vindo! Sobre a sua pergunta, sou totalmente a favor de dividir a conta… Até no primeiro encontro. beijos

    • Alex Xavier disse:

      Eu saí uma vez com uma garota que disse: “se você pagar, nunca mais vamos nos ver”. E eu não encaro ameaças muito bem

      • Roberta Lemgruber disse:

        HAHAHAHAHAH… Também ela pegou pesado né?… Tinham outras formas de tentar dividir ou, até mesmo, de falar que na próxima era por sua conta sei lá…

  17. Cris disse:

    Muito interesante seu texto..Mesmo assim, continuo com minha visão e te digo: Hoje é próprio Raro encontrar homens gentis e cavalheiro.
    O motivo da reação brusca no banco é simples: pelo fato disso não ser visto diariamente, sinceramente até eu ficaria surpresa e até temerosa de um suposto assalto. Sério sem exageros, infelismente nos dias atuais nos encontramos com tantas surpresa que realmente até assusta.
    Em relação á pagar a conta, concordo com vc, mas ao menos o tal mocinho deverá sempre tomar a iniciativa, afinal a gentileza aonde fica? Depois com certeza eu farei a gentileza em me oferecer claro..

    Eu particularmente prezo pequenos gestos e delicadezas, vinda da parte de um homen gentil… Tenha um bom dia, Lord Inglês..

  18. jeisi disse:

    Gente ainda bem que eu vivo no interiorrrr, aqui a gentileza dos homens é sempre bem vinda e esperada, e eles fazem isso com esmero e agente se derrete é claro!rsrsr quem não gosta de ser tratada com mimos ? vai do parente ate´aquele carinha que flerta com vc .quanto a questão da conta acho que nos primeiros encontros o homem deve pagar sim! por mais bizzarro que seja a mulher ve ate uma segurança no cara imagina !ontem mesmo estava comentando com minhas irmãs que deve ser uO namorar alguem que sequer te pague um refri tenho uma amiga com esse probleminha rsrsrs, mas nos proximos encontros é rachar a conta pra não dar uma de folgada, por que é constrangedor deixar o cara pagar tudo ,e nem sempre o cara tem grana pra bancar tudo né? bjo

  19. Carolina disse:

    Concordo contigo… Resta achar nossos loredes!!

  20. Naíma Saleh disse:

    Olha meu post causando polêmica! hehe Ai, Alex, concordo que ainda tem homens gentis, sim. Até me retratei no post seguinte,(http://nova.abril.com.br/blog/taca-em-y/nao-e-lenda-homens-gentis-existem-meninas/) Mas, honestamente, tá bem difícil de encontrar – minhas amigas solteiras que o digam! No entanto, entendo o lado de vocês: deve ser muito difícil mesmo tentar ser legal e ser mal compreeendido. Basta o cara ser bacana, que tudo mundo já pensa que ele tem segundas intenções. Deve ser bem ruim =/
    Quanto à pagar a conta, dá uma olhada: http://nova.abril.com.br/blog/taca-em-y/quem-paga-a-conta/ Acho q tem q dividir!

    • Alex Xavier disse:

      Eu vi, Naíma. Estamos antenados hehe
      Agora, esse cara que pagou o metrô do nada é realmente uma raridade. Melhor recarregar o bilhete único

  21. dandara disse:

    amei o post! =) eu nao sei se sou sortuda mas conheco mtos homens gentis! nao tive ainda o azar de me deparar com algum troglodita desses da atualidade! rs mas ja vi sim mtas de minhas amigas reclamarem! mas homem que e inteligente de fato e educado! deve saber como agir no momento certo e da maneira certa independente de suas intencoes com a moca! parabens pela sua atitude no banco alex! rs ;) e a respeito de raxar a conta bom axo que depois de um tempo juntos axo que nao deve mais se ter aquela formalidade do homem q sempre pagar td! eu e meu namorado raxamos na maioria das vezes! e claro que tem vezes que ele faz questao de pagar tudo! mas nao vejo nada d+ em ajudar a pagar
    axo super justo!

    • Alex Xavier disse:

      Eu acho mesmo que há muitos caras gentis por ai. Não é algo como aquele estereótipo do cavalheiro século 19, usando o casaco sobre a poça d’água para a dama passar por cima. Mas são os adeptos dos pequenos gestos

  22. Day Freitas disse:

    Ahh que isso… eu só queria alguém assimm… gentill do meu lado…
    e não acho que os homens devem pagar a conta sempre… Bjoss

  23. Dani disse:

    Usemos o bom senso quanto a conta: se conversar tudo antes, não tem problema..
    Eu mesma ja paguei varias vezes pro meu namroado qdo ele tava sem grana e vice versa.
    Acho q qdo tem cumplicidade, isso é mero detalhe! (Embora ver vcs pagando a conta com um sorriso no rosto depois de fazer os nossos desejos seja gratificante)
    Agora de andar do lado da rua não sabia!
    Agora entendi pq meu namorado vive trocando de lugar comigo qdo atravessamos a rua! XD

  24. Aline disse:

    Com a revolução sexual, muitas mulheres passaram a não querer mais os homens bons. Explico muito para as minhas amigas que falam odiar homens bonzinhos, pq sempre digo que adoroooo!! Ser um homem bom, não é ser um paspalho, idiota. Sou a favor dos homens bons!! Até pq sou do tipo, que dou aquilo que merecem…se eles são bons comigo, recebem igual…se são ruins. Q pena, tchau!!

  25. dayane disse:

    adorei…bom eu acho super importante um homem cavalheiro..mas tem alguns homens hoje em dia que soh falta pedir pra nós mulheres pagarmos as contas deles, colocar gasolina no carro…rsrsr..a conta, cinema..etc..da pra dividir tranquilo..mas olha..eu acho que as mulheres que fizeram revoluçao por direitos iguais nao tinham casa pra limpar..nao faziam faculdade..tcc..nao tinham filhos..nao pegavam onibus lotado..nao trabalhavam domingo…agora a gent que se ferra!!!rsrsr

  26. Alex Silva disse:

    Alex, o fato do homem ter “sempre” que pagar a conta, foi se tornando cada vez mais massivo entre os casais que acabou se transformando numa espécie de lei para algumas mulheres. Se você paga, “ótimo, é a sua obrigação”, caso contrário, “que cara mais idiota!”. E nem preciso perguntar se estou certo ou não; Essa é a minha opinião.

    Porém, existem mulheres que, às vezes, se disponhem a pagar a conta, mas devido o homem ter passado pela situação anterior diversas vezes ele pensa que ela vai pensar igual as outras, ou, no máximo, se sentiria rebaixado em relação a mulherada.

    Abordou um bom tema, parabéns!

  27. alice flinh disse:

    Adoro homens gentis e sempre tenho a sorte de conhecer alguns exemplares.Tinha uma amizade colorida com um cara que sabia me elogiar de uma forma que, mesmo sem eu me achar the best, fazia eu me sentir bem- e ele sempre pagava a conta, afinal era ele que sempre me convidava.
    Certa vez fui surpreendida por um colega de trabalho que se mostrou tão gentil que mudou parte da minha opinião sobre ele.
    È claro que ja cometi o erro de me envolver com um cavalo que teve a coragem de falar mal da minha roupa e do meu sapato ( logos meus sapatos, que são sempre tão elogiados)
    Como sou uma moça gentil, fiz a gentileza de lembrar a ele que ao menos meus sapatos não estavam descolados…
    Mas vamos voltar aos bons costumes! Não desanime se algumas vezes as pessoas interpretam suas boas ações de modo errado. Ja fui chamada de idiota por ser honesta e nem por por isso abri mão da honestidade.
    Quanto a pagar a conta, se for algo sem segundas intenções, não me incomodo de dividir.
    Geralmente o homem que gosta de pagar a conta também demonstra certos cuidados com a mulher (faz parte do pacote dos bons moços) e isso conta muitos pontos.
    Quanto a decidir se irá sempre pagar ou não, depende de você mesmo, da companhia e da situação.
    Mas se isso te acalma, te acolhe a alma e te ajuda a viver, por que não?

  28. Cristiane Ribeiro Cazes disse:

    Oi Alex prazer em ler seu blog. Muito legal. Olha, acho que cavalheirismo é sinal de educação. Homem tem que ser educado, levantar pra uma senhora sentar, ajudar com coisas pesadas é legal. Agora eu dispenso abrir a porta do carro pra mim. Eu ficar esperando o cara sair do carro dar a volta e abrir a porta pra mim? Não, eu saio antes dele, confesso. Sabe que é os tempos mudaram e as mulheres também. E as relações ficaram confusas. Se o homem é gentil é considerado bobo ou antiquado, se o homem não é gentil é grosso e das cavernas. E as mulheres também se perderam. Uma hora elas querem gentileza em outras não encaram bem a ação. Complicado isso. Mas algumas gentilezas ainda são sinal de educação. Isso é bom e eu gosto e agradeço. Falar nisso ja reparou que as pessoas não pedem mais “da licença” kkk Um abraço

  29. Cristiane Ribeiro Cazes disse:

    Quanto ao assunto pagar as contas. Bom vou ser muito sincera. No primeiro encontro, acho legal o cara pagar a conta (cinema, jantar e mais alguma coisa que se rolar) kkk Ate pra fazer um charme. Agora eu, tenho uma certa dificuldade com homem pagando conta pra mim. Eu não gosto.Fico sem graça. Não é uma coisa que aceito bem ainda. Acho que deve ser porque desde meus 15 anos sempre dividi conta com os namorados. E sou muito independente. Mas se ele nos proximos encontros fala “faço questão de pagar” ai vou insistir pra dividir. Se ele fizer questão, deixo pra lá e ele paga. O duro é quando a mulher fica pagando pro namorado sempre porque ele está “numa fase ruim”. Ja passei por isso com um ex namorado. Paguei cinema, jantar, lanche porque ele estava desempregado (sempre) e não quero nunca mais isso pra mim. Acho que exploração não deve existir dos dois lados. Araços.

  30. christi disse:

    um dia um amigo veio me questionar se era banco pra sempre pagar jantar pra namorada e ela nunca ajudar!
    respondi se toda vez que a namorada compra um vestido legal , vai ao salao gasta uma nota pra arrumar o cabelo, depilaçao do geito que ele gosta ,manicure pedicure,perfume , roupa pra impressionar ,lingerie (que amigo é caro), so pra satisfazer o vagabundo ,e ele falar pros amigos : Nossa minha namorada é linda bem anda sempre arrumada )
    , ele divide a conta no salao de beleza com ela?
    porq sinceramente fica caro.
    porq o homem nao pode fazer um agrado de vez em quando ,
    esse amigo foi no salao kkkkkk apressou os preços e me disse nossa nao imaginava que minha namorada gastava tanto .
    e eu reclamava ainda
    acho que tudo é conversado e tudo tem seu ponto de vista ! um dia um paga outro dia o outro.

  31. christi disse:

    isso de gentileza vem de educaçao!
    os homens reclamam de mulheres machos e nos reclamamos de nao acharmos homens de verdade,aqueles que sabem tratar bem uma mulher .
    digo que esses homens sao burros,pois mulher é gosta de ser paparicada ,tem homen que é feios que doi kkk mais pequenos atos faz com que pareçam lindos, e agente querer algo com eles.e ainda porq primeira impressao é a que fica !