13 abr

time dos solteiros

Homens e a necessidade da conquista

Por Alex Xavier postado em 13/04/2012 às 19h28

Comentários (7)

mulher dificil

Foto: Eric McNatt

Outro dia, no metrô, vi três moças com ar de advogadas – talvez, contadoras – comentando sobre a covardia dos homens de hoje. Reclamavam que eles só querem saber de mulheres fáceis e se assustam com as de personalidade mais forte. Busquei em meu próprio histórico a confirmação disso e percebi o contrário: minhas maiores paixões, a princípio, não me deram a menor bola. O que só me deixou mais interessado.

Aos nove anos, gamei em uma linda menina de olhos azuis que estudava comigo. Lembro de um dia, no pátio da escola, que a vi conversando com amigas perto do escorregador. Sem pestanejar, fui até lá e roubei um beijo dela. Apenas uma bitoca desajeitada na boca – breve o suficiente para eu sair correndo em seguida, pois ela veio atrás para me bater. Imagino que, atualmente, casos assim rendam até debates sobre bullying e abuso sexual. Mas ainda considero o meu momento mais espontâneo.

O homem passa a vida inteira tentando repetir sua primeira investida em uma garota. É uma sensação inebriante vencer a vergonha e o medo da rejeição, mesmo por alguns instantes, para nos descobrir capazes de escalar o Everest. Talvez nos falte ainda o talento para chegar ao topo. Mas, desde este ato inaugural de bravura, achamos ter as cordas e os mosquetões que nos permitem tentar. Por isso, concordo com quem diz que a gente gosta mesmo é da conquista.

Espera aí… Então os caras querem mesmo que as mulheres banquem as difíceis? Por muito tempo, tentei negar isso (provavelmente, estava advogando em causa própria). Admito, porém, que um pouco de resistência sempre deixou tudo mais fascinante. Decididamente, os amores que ficam na memória do sujeito não são aqueles colhidos de qualquer jeito em bailes de carnaval. Machos gostam de pensar que tiveram que suar um pouco pelo grande prêmio.

Todo casal precisa de uma boa história sobre como tudo começou, daquelas para contar aos amigos em tom épico. E mexe com o orgulho do cara pensar que precisamos derrubar algumas barreiras para seduzir a garota. Não estou sugerindo que vocês sejam gratuitamente antipáticas, dando patadas em todos os pretendentes e desprezando até aqueles que merecem sua atenção. Mas a mulherada que aprende a controlar esta impulsividade masculina tem muito poder nas mãos.

A dica é não ter pressa. Não porque “uma mulher deve se preservar” ou porque “o homem não vai te respeitar se ceder logo” e todas essas baboseiras moralistas que as pessoas pregam por aí de vez em quando. Mas, simplesmente, porque conhecer alguém aos poucos pode render histórias mais divertidas para recordar depois.

 

Alex Xavier

Devo ter cara de bom moço. A maioria das mulheres que não quiseram nada comigo e até algumas que um dia quiseram não vêem problema em falar comigo sobre outros caras. E como tenho mais amigas do que recomendam os médicos, ouço muitas histórias. Só posso oferecer a minha visão prática masculina. Ou seja, se a ideia é apenas ter alguém que escute seu desabafo, bata no seu ombro e diga "eu entendo", procure uma mulher. Sou homem e dou minha opinião mesmo quando não solicitado.

amigomacho.nova@gmail.com

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com

Comentários (7) em "Homens e a necessidade da conquista"

  1. alice flihn disse:

    Valoriza-se mais o que se conquista com esforço!

  2. Isabella disse:

    Isso vale pra nós mulheres também.
    Tudo que teve suor e cansaço pra ser conquistado, é com certeza mais valorizado.

  3. Dayane disse:

    as pessoas so querem o q nao podem ter! essa e a verdade.

    • Alex Xavier disse:

      Faz sentido. Uma vez, disse a uma garota que me rejeitou: “mas você não sabe que agora eu vou ficar ainda mais interessado? Se quer que eu desista, deveria ficar comigo e esperar que meu interesse acabasse em seguida”. Era brincadeira, clario. Mas o que não podemos ter ganha sempre o doce sabor da ilusão

  4. Géssica disse:

    Alex o que você acha dessas mulheres acomodadas que falam mau das outras que vão para a academia para se cuidar, elas metem o pau mas na verdade é inveja e preguiça de malhar para ficar com tudo em cima, pq ultimamente o que mais vejo é esse preconceito com as mulheres que se cuidam. Isso poderia render um post?
    bjs