20 abr

time dos solteiros

Homens frustrados na área. Fujam!

Por Alex Xavier postado em 20/04/2012 às 18h00

Comentários (23)

homem agressivo inseguro

Foto: Tamara Schlesinger

Uma amiga minha foi a um bar encontrar um pessoal. Com eles, estava um sujeito que não conhecia. À certa altura, na frente de todos, ele se voltou para ela e soltou essa: “sabe, você não é do tipo de mulher que me atrai”. Até parece… Se não se interessasse, ficaria quieto. Não só gostou do que viu como sabia que era areia demais para o seu caminhãozinho. E achou que precisava dar uma patada antes de levar uma. Homens inseguros se defendem atacando.

Cuidado, mulherada, está cheio desses frustrados por aí. Parecem inofensivos, mas não estão preparados para uma rejeição. Com a moral abalada, reagem com uma grosseria gratuita qualquer. Em festas ou bares, andam em bando de machos, pois se sentem mais protegidos assim. E chegam na garota já segurando, sem clima nenhum, para não dar tempo de ouvir um “não”. Em uma conversa, soltam frases infatilmente agressivas, mesmo quando não há discussão alguma. A ideia de que não podem ter quem desejam é insuportável para eles.

Na infância, todo garoto já destratou uma menina que provocava nele sentimentos contraditórios (é a relação de amor e ódio de Calvin e Susie nas histórias em quadrinhos). Faz parte do nosso aprendizado. Infelizmente, alguns de nós levam isso para a vida toda. Conheço uma garota que ficou muito amiga de um cara com jeito de bonzinho. Do modo como o coitado a rondava, sempre marcando território, a paixão platônica era óbvia. Ela, porém, insistia que só rolava amizade. Até contar do seu interesse por outro. Foi ele perceber que não teria chance para começar a chamá-la de vagabunda.

Um homem com este perfil torna-se ainda pior quando arruma uma faísca de autoestima. Por isso, evite dar muita confiança a um recalcado. Um cara que não aprendeu a lidar com a recusa das mulheres pode ter prazer em humilhá-las ao conquistar a atenção delas. Como um ex-namorado de uma conhecida minha. Como a tratava muito bem, a garota não se importou com os quase 200 kg dele na época e ficaram. Depois de passar por uma redução de estômago, ele começou a se achar a última bolacha do pacote. E terminou o namoro dizendo que ela não estava a sua altura.

Pior é quando vão além da falta de educação. Há tempos, circulam na imprensa e nas redes sociais casos de brucutus que destratam mulheres na balada apelando para a violência. Como o infeliz que quebrou o braço da menina em Natal e fugiu após ela não querer nada com ele. Soube de uma moça de Belo Horizonte que levou um murro durante um show pelo mesmo motivo. Outro dia, uma amiga aqui em São Paulo foi cercada em um bar por três rapazes querendo forçar um beijo e viraram uma garrafa de água na cabeça da amiga que tentou ajudá-la.

A urgência de autoafirmação masculina já virou caso de polícia.

Alex Xavier

Devo ter cara de bom moço. A maioria das mulheres que não quiseram nada comigo e até algumas que um dia quiseram não vêem problema em falar comigo sobre outros caras. E como tenho mais amigas do que recomendam os médicos, ouço muitas histórias. Só posso oferecer a minha visão prática masculina. Ou seja, se a ideia é apenas ter alguém que escute seu desabafo, bata no seu ombro e diga "eu entendo", procure uma mulher. Sou homem e dou minha opinião mesmo quando não solicitado.

amigomacho.nova@gmail.com

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com

Comentários (23) em "Homens frustrados na área. Fujam!"

  1. Lidiane Santos disse:

    Um desaforo a gente ter enfrentado tantos séculos para nos tornarmos independentes e ainda dar de cara com alguns inconformados….:-/

    • Alex Xavier disse:

      Não se preocupe. A estupidez desses caras só evidencia as conquistas de vocês. Afinal, eles só reagem desta forma porque perderam totalmente os argumentos

  2. luciana disse:

    o que eles precisam mesmo eh uma boa surra , de outro macho…pra aprender, muito cacete neles, o que precisa.

  3. Maria de Fátima disse:

    Vixe… isso acontece com mulheres também…

    mas recentemente aceitei uma carona… pois havia acabado de perder o onibus… e queria chegar logo no destino, como estava no bairro, reconheci o carro, mas não me recordava do motorista… mas sabia que se tratava de algum vizinho… bom aceitei… em dez minutos de percurso, fomos discutindo… ele queria me beijar a força, começou a me xingar… ameaçou de me jogar do carro… uma grosseria só… Mas eu estava muito segura.. disse que não ia há lugar algum com ele, disse que aceitei a carona pois ele havia insistido muito… e que se tentasse alguma coisa novamente, eu ia bater nele rsrsrs

    Ficou revoltado, mas me deixou exatamente onde prometeu me deixar e contrariado disse que descobria quem eu era… pra “tomar providencias”…. quando encontrei minhas amigas, falei do que havia acontecido… na mesma hora identificaram o cara… ele é casado e mora realmente próximo a minha casa.

    Além de me ameaçar.. o cara é casado… Eu acho assim… o cara larga a esposa em casa pra ficar atacando nas ruas??? não sei o que é pior…

    • Mônica disse:

      Sem duvida alguma o que este homem fez nao tem justificativa. Mais a sua atitude em aceitar uma carona de um desconhecido que talvez quem saber seria seu vizinho é um completo absurdo e que colocou sua vida em riso. Pois este cara poderia nao ter se contentado com o seu não e partido para a gressão.

      • Alex Xavier disse:

        Nada justifica a atitude dele. Mas, por segurança, pegar caronas com estranhos não é nada recomendável mesmo. Ainda mais porque nunca se sabe do que um idiota desses é capaz.

  4. Silvio disse:

    Eu já acho que eles estão certos a maioria dessas mulheres gostam de ser tratadas assim!
    Rsrs brincadeira eu mesmo nunca concordei com atitude de certos colegas de trabalho que falam de suas atitudes agressivas com as mulheres como se normal e pena que muitas delas não sabem se defender, mas essa realidade creio eu que está mudando aos poucos as mulheres estão aprendendo a se defender desses tipos de macho o homem de hoje ainda tem muito aprender com as mulheres. Por isso eu sou contra certas mulheres quererem ser parecidas em tudo com o homem nós é que deveriamos querer ser parecidos com elas no que se trata a afetivadade.

    • Alex Xavier disse:

      Aposto que teve muita mulher querendo sua cabeça em uma bandeija pela primeira frase…
      Mas tomara mesmo que as mulheres estejam muito mais resistentes a este tipo de cara.

  5. Alice disse:

    Descrição perfeita do meu ex. Eles fazem questão de nos humilhar, de nos ofender, de nos maltratar. Isso tem um nome: misoginia – homens que odeiam as mulheres. Essa coisa vem lá de trás, infância e relação com pai/mãe mal resolvidas. Aí cresce e vira esse bando de ignorantes. Os piores são aqueles que sabem conquistar, que sabem ser gentlemans, que te seduzem… Aí quando vc está apaixonada pelo sujeito eles mostram esse seu lado obscuro e monstruoso. Muito cuidado com homens assim! É sofrimento na certa!

  6. Néia disse:

    Tive uma experiência nada agradável com um sujeito brucutu desses em uma balada. O cara vinha se jogando em cima de mim e da minha amiga enquanto dançava. Quase derrubou a gente. Quando fui pedir a ele que parasse de fazer aquilo pois poderia nos machucar, o cara vira pra mim e diz que pagou por uma mesa ali e que aquele lugar todo era dele. Argumentei que também havia pago e nem por isso estava desrespeitando os outros. Ele pegou uma garrafa de vodka da mesa dele e perguntou se eu queria que ele jogasse aquela garrafa na minha cabeça. Fiquei abismada! Chamei minha amiga e fui embora dali e nunca mais voltei naquele lugar. Sei que eu deveria ter chamado um segurança,enfim, não devia ter deixado barato. Mas eu realmente fiquei sem ação diante da grosseria do sujeito.

  7. Juli disse:

    Uma amiga casou com um desses.o cara coloca ela abaixo de zero…ela perdeu o emprego e ele ficou super feliz, humilha ela na frente de todos…e ela não sai da situação….vou mostrar essa reportagem pra ver se ela se reconhece na situação…

  8. Patricia disse:

    TENHO UMA AMIGA LINDA E O MARIDO VIVE DIZENDO QUE ELA É FEIA E ELA ACREDITA. TEMOS A AUTOESTIMA BAIXA MESMO, MUITO LEGAL VOCÊ DIVIDIR ISSO. ESSA AGRESSÃO DO CARA FOI GRATUITA. EU RESPONDERIA: “POR QUE ESTÁ ME DIZENDO ISSO? ” DEIXARIA O CARA EM MAUS LENÇÓIS, IA PASSAR POR GROSSO, IDIOTA, E AINDA COMPLEMENTARIA: “E JÁ QUE TOCOU NO ASSUNTO, VOCÊ É O TIPO QUE PARA MIM UMA PEDRA NO LUGAR NÃO FAZ DIFERENÇA. ” tOMAVA UM GOLE DE CHOP, RIA E ME VOLTAVA PARA OUTROS AMIGOS. SE ELE CONTINUASSE ME IMPORTUNANDO, DIRIA: LICENÇA PESSOAL, A GENTE CONVERSA OUTRO DIA, NUM AMBIENTE MAIS LEGAL, MENOS PESADO .

    • Alex Xavier disse:

      Minha amiga mandou bem, na verdade. Disse: “Melhor você parar por aí, pois, daqui a pouco, vai querer ver meus dentes também e não sou cavalo”

  9. Priscila disse:

    A cidade onde tive mais problemas por sair com amigas solteiras foi em Florianópolis. Já morei em vários lugares do Brasil e no exterior, mas em Floripa foi onde sofri mais com a violência dos recalcados. Em bares e baladas, todas as vezes que saí sem estar acompanhada de um homem, eles já chegavam chegando mesmo, como se eu não tivesse o direito de dizer “não, obrigada, estou conversando com a minha amiga”, cheguei a ser agredida e até queimada com cigarro numa balada famosa na Lagoa da Conceição, chamei segurança mas não resolveu. Hoje moro em Londrina, os piores ambientes são onde toca múscia sertaneja, aí com certeza vão te agarrar à força, pelos cabelos, pela cintura, sem respeito mesmo! Nos demais bares e baladas não é tão problemático, o pessoal é mais civilizado.

  10. Dany disse:

    Adoro seus textos Alex! Leio todos…você realmente descreve como ninguém as atitudes e pensamentos de todo tipo de homem. Obrigado por nos ajudar a compreender vocês!Bjos

  11. Lola disse:

    Infelizmente me casei com um homem assim, a auto estima dele é super alta, ele realmente é um homem muito bonito, chama a atençao, so que alem disso, sao poucas as qualidades dele, no inicio era um homem perfeito, hoje o principe virou sapo.Dai comecei a deixa-lo de lado, a nao me importar mais com ele, nao ficar ligando, perguntando nada, dai ele ficou louco, a gente brigava todos os dias, ele com uma desconfiança imensa.Dai conversei com ele, e o ouvi, descobri, mesmo ele nao dizendo com essas palavras, que ele estava simplesmente com medo de me perder.Resumindo. homens que tem auto estima muito elevada,e recebem atençao demais, tem que ser ignorados, e a auto estima da mulher dele, tem que ser 3 vezes mais alta que a dele.E é isso que estou fazendo, e esta funcionando pra mim.Estamos muito bem hoje.

  12. Lola disse:

    Haa so pra completar, eu coloquei na minha cabeça, que ele carrega um caminhao por estar comigo. E que ele nao me deixa nem eu pedindo.Qndo estamos juntos, o trato como um principe, mas qndo estamos longe, nem lembro que ele existe.Nem dou moral pra o que ele diz, as vezes tentando me ofender.Eu so mais eu.

  13. Lara* disse:

    Comecei a rir qnd vi esse post.. Esses dias aconteceu comigo! Só pq nao quis mais ficar com um cara que é uns 8 anos mais q eu.. Começou a me destratar e qnd o deletei do meu face depois de uma grosseria ele me enviou um email todo desaforado! Dizendo que eu não era santa.. e blá blá blá.. Vê se pode! Não perdi meu tempo respondendo.. Como vc disse.. RECALCADO!

  14. Amanda disse:

    Eu já conheci um homem assim também, só que foi na balada, lendo esse artigo me lembrei dele! Esse homem pediu para ficar comigo e quando recusei sua atitude se tornou hostil dizendo coisas que ele pensou que fosse me ofender! Eu sinceramente não consigo entender essa atitude, que além de muito infantil passa a ser ridícula. Eu acredito que ninguém é obrigado a estar com ninguém, a unica coisa que a pessoa rejeitada pode fazer é aceitar, não consigo entender o que leva a pessoa a ter a sensação de que a outra é propriedade sem nem ter ficado/namorado com essa pessoa. Acho que nisso haveria necessidade até de buscar ajuda psicológica, para assim poder evitar as situações extremas citadas no artigo como por exemplo o caso da moça de Belo Horizonte.
    Achei muito bom o artigo e sobre um assunto muito interessante que não é muito comentado.