28 jun

Alergia, Depilação

É possível evitar alergia à depilação à cera?

Por Daniela Carasco postado em 28/06/2011 às 14h49

Comentários (0)

Foto: Dreamstime

Descamação, avermelhamento, aparecimento de bolinhas e foliculite são alguns dos problemas que a depilação feita com cera pode gerar. E o aparecimento de cada um deles costuma se dar, principalmente, no caso de peles sensíveis.

Procurar um dermatologista para saber a real causa desses desconfortos é essencial, mas, de acordo com Ana Cláudia Ramos, Instrutora do Centro de Orientação Profissional Pello Menos, existem também alguns cuidados básicos que podem ser tomados para amenizar ou evitar tais reações.

O primeiro passo é, “na semana antes da depilação, aplicar diariamente, durante o banho, um esfoliante suave, para desencravar os pelos e facilitar a sua retirada”, explica Ana Cláudia. Vale lembrar ainda de tomar um banho morno para abrir os poros cerca de 30 minutos antes de se submeter à técnica.

Além disso, é importante que a pele esteja totalmente limpa antes da extração, sem cremes, pomadas ou óleos e, para evitar infecções, certifique-se de que a cera seja descartável e antialérgica.

Mulheres com tendência à foliculite deve ainda usar os produtos prescritos pelo dermatologista. Para finalizar, evite tomar sol no dia da depilação e não se esqueça do filtro solar nos dias posteriores à retirada dos pelos. Mas se os sintomas persistirem, procure um especialista.

Daniela Carasco

Daniela é repórter do MdeMulher e vai responder as principais dúvidas das leitoras sobre corpo, beleza e saúde.

Mande sua dúvida!

Nome

E-mail (não será divulgado)

Escreva abaixo sua dúvida

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com