09 jun

Unhas

Afinal, tirar a cutícula é prejudicial?

Por Daniela Carasco postado em 09/06/2011 às 16h22

Comentários (2)

Foto: Getty Images

Existem mulheres que só saem satisfeitas do salão se as cutículas forem completamente retiradas antes da unha ser esmaltada. Entretanto, segundo os especialistas, essa prática é sim prejudicial.

De acordo com a dermatologista Márcia Miranda, em entrevista à revista VIVA!MAIS, a cutícula serve como proteção. “Sem ela, ficamos sujeitos a infecções por vírus e bactérias”, explica.

Por isso, o correto é somente empurrar e tirar apenas o excesso das laterais. “Isso evita que a pele perto da base das unhas se levante”, salienta a manicure Silvana Alves. E para não ficar incomodada com as pelinhas, procure manter a região sempre bem hidratada.

Ao comprar um creme, procure pelos que tenham ureia, glicerina ou silicone na fórmula, pois eles possuem ativos que fortalecem as unhas. “Passar óleo de amêndoas duas vezes por semana também ajuda”, conta Silvana.

- Confira todas as novidades apresentadas no Nails Fashion Week

(Com reportagem da revista VIVA!MAIS)

Daniela Carasco

Daniela é repórter do MdeMulher e vai responder as principais dúvidas das leitoras sobre corpo, beleza e saúde.

Mande sua dúvida!

Nome

E-mail (não será divulgado)

Escreva abaixo sua dúvida

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com

Comentários (2) em "Afinal, tirar a cutícula é prejudicial?"

  1. raquel disse:

    uma unha bem feita da um charme as mulheres,ela fica muito mais feminina.

  2. raquel disse:

    Sim é prejudicial pois tira toda a proteção da unha é entrada de fungos e outras doenças.