30 jul

Campanha, Moda íntima

Bolsonaro estaria cotado para ser garoto-propaganda de grife de lingerie

Por Carol Hungria postado em 30/07/2011 às 9h20

Comentários (0)

Fotos: Divulgação/TV Globo e Agência Brasil/agenciabrasil.ebc.com.br

A assessoria de imprensa de Jair Bolsonaro (PP-RJ) confirmou à reportagem da Folha.com na sexta-feira (29.07.2011), que o deputado negocia participar de campanha publicitária da marca de lingeries Duloren. A proposta teria acontecido no início do mês, segundo anunciou no último sábado (23) o colunista Ancelmo Gois, de “O Globo”.

Foto: Reprodução/Exame.com

A Duloren já apostou em outras campanhas polêmicas. Em 2010, um anúncio da marca relacionava o Vaticano com a pedofilia. A partir de agosto de 2011, a proposta da grife seria abordar na publicidade a decisão do STF de apoiar o casamento gay. “Aprovada a união homoafetiva. Jura? Achei que já estava tudo liberado”, brinca a assinatura da campanha – veja na imagem acima.

Ainda segundo a Folha.com, Bolsonaro teria recusado a oferta inicial da fabricante – que seria fotografá-lo ao lado da ex-BBB e transexual Ariadna. “No início, as condições não eram favoráveis, queriam que ele posasse ao lado da Ariadna. Nessas condições ele não iria fazer”, teria afirmado um assessor.

Leia mais notícias de moda no MdeMulher
Visite o blog Com que Roupa Eu Vou?
Siga o MdeMulher no Twitter

Melissa Vaz

Melissa é repórter do MdeMulher e vai analisar os looks das famosas e traduzir as tendências das passarelas para as ruas.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com