17 jan

Beleza, Dicas e truques

Qual o melhor tipo de depilação para você?

Por Karla Precioso postado em 17/01/2012 às 17h00

Comentários (0)

Foto Getty Images

Foto Getty Images

Desde a antiga lâmina de barbear até os mais recentes métodos, existem vantagens e desvantagens que devem ser bem conhecidas para que o resultado final da depilação seja satisfatório e não frustrante. Então, vamos às diferenças de cada método:

Se for escolhida a lâmina de barbear como alternativa rápida, é muito importante ter leveza nas mãos e delicadeza no momento de depilar-se, pois é fácil obter cortes, ferimentos e uma grande irritação da pele. Se no dia seguinte desejar continuar a brincadeira, este método não deve ser utilizado, pois a pele ficará cada vez mais irritada e os pêlos mais fortes. É muito importante não passar a lâmina em áreas irritadas, para não provocar inflamações da pele.
Vale a pena lembrar que a lâmina deve ser usada em sentido contrário ao do crescimento dos pêlos, evitando o movimento de vai-e-vem. Evite usar lâminas nas virilhas e nas axilas, porque são áreas muito sensíveis. Nestes casos, a cera é mais eficiente.
 

Se a alternativa escolhida for a cera, existem várias opções. Para a depilação com cera fria ou quente, é preciso que os pêlos estejam longos, para se obter um melhor resultado. É importante destacar que a cera quente é mais vantajosa que a fria, já que ajuda na abertura dos poros e os pêlos são retirados mais facilmente. No entanto, este tipo de cera pode provocar o  aparecimento de varizes. Após a depilação, hidrate bem a pele.

A depilação com cera fria é uma das mais fáceis e comuns, resultando numa alternativa caseira. Existem receitas sofisticadas e até domésticas, cujo resultado dependerá especificamente das características da área a ser depilada assim como do volume e consistência do pêlo. Mas este processo possui a vantagem de arrancar o pêlo da raiz, deixando a pele lisa, o que garante um período de 20 a 30 dias sem a sua presença. Por outro lado, para poder ser feita nova depilação, é necessário deixar crescer os pêlos, pelo menos, por algum tempo até adquirir tamanho suficiente para a remoção. O processo costuma ser doloroso.

A depilação com cera quente também retira os pêlos pela raiz — o que permite uma durabilidade de pelo menos 20 dias. Mas, por abrir os poros com o calor, quanto mais natural for a composição da cera, melhor será para a sua saúde. Por outro lado, para poder ser feita a depilação, é necessário deixar os pêlos crescer, pelo menos, por algum tempo até adquirirem o tamanho suficiente para a remoção. As ceras feitas em casa podem ser aplicadas com a mão, papel celofane ou folhas plásticas prontas para esse fim. Podem ser derretidas em banho-maria ou com aquecedores especiais para cera. 

Faça em casa sua própria cera quente

1 kg de açúcar 
Suco de 1 limão 
1 xícara de água

Coloque os ingredientes em uma panela e cozinhe até ficar em ponto de bala puxa-puxa. Deixe esfriar até a mistura ficar morna. Antes de aplicá-la, verifique com o dedo se ela não está quente demais. Use uma espátula para aplicar sobre os pêlos e espere esfriar até que dê para puxar e arrancar os pêlos. Para manter a temperatura ideal, esquente em banho-maria.


Karla Precioso

Karla Precioso é jornalista e amiga das leitoras de AnaMaria e Viva! Mais, com quem conversa todos os dias. Adora o contato com a natureza, onde geralmente se inspira para escrever mensagens em busca de uma vida mais feliz.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com