01 set

Saúde

Aveia em flocos, farelo ou farinha? As diferenças e o poder nutritivo de cada uma delas

Por Karla Precioso postado em 01/09/2011 às 11h00

Comentários (1)

A aveia é tão rica em nutrientes que passou a ser considerada um alimento funcional. Não à toa… O cereal é da turma da faxina das artérias. É famoso por seu p oder anticolesterol, mas também é ótimo para os hipertensos. A betaglucana, uma das suas fibras, além de dissolver a gordura maléfica, melhora a circulação sanguínea e, assim, ajuda quem vive com a pressão nas alturas. Tem mais: ela fortalece nossas defesas contra bactérias e nos protege de tumores. Mas não é por isso que dá pra se esbaldar com essa delícia. A aveia, por incrível que pareça, é bastante calórica.

Variedades

Flocos: o grão é prensado integralmente — um processo que conserva seus principais nutrientes. Pode ser polvilhado sobre frutas, saladas e iogurtes.

Farelo: esse tipo provém da camada externa do grão e, por isso, possui maior concentração de fibras betaglucanas. EIdeal para ser usado em massa de pães, bolos e companhia.

Farinha: obtida da parte mais interna do grão e, assim, perde na carga de fibras. Usada nas receitas de pães, panquecas e bolos, sendo até uma alternativa à farinha de trigo.

Porção ideal

Recomenda-se a ingestão de 30 gramas de aveia por dia, ou seja, 3 colheres de sopa.

Karla Precioso

Karla Precioso é jornalista e amiga das leitoras de AnaMaria e Viva! Mais, com quem conversa todos os dias. Adora o contato com a natureza, onde geralmente se inspira para escrever mensagens em busca de uma vida mais feliz.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com

Comentários (1) em "Aveia em flocos, farelo ou farinha? As diferenças e o poder nutritivo de cada uma delas"

  1. cassia gil disse:

    gosto muito de saber sobre os alimentos e este blog sanou minhas dúvidas, obrigado.