19 ago

Saúde

Carne vermelha aumenta o risco de diabetes

Por Karla Precioso postado em 19/08/2011 às 10h00

Comentários (0)

foto reprodução

foto reprodução

Comer um cachorro-quente, duas fatias de bacon ou um suculento bife ao dia aumenta significativamente o risco de diabetes tipo 2, alerta um amplo estudo da Escola de Saúde Pública de Harvard, nos Estados Unidos.

Segundo a pesquisa, consumir 50 g de carne vermelha processada por dia pode elevar em 51% o risco de desenvolver diabetes tipo 2. E ingerir 100 g diárias de carne vermelha não processada resultaria em 19% mais riscos.

A boa notícia é que esses fatores de risco preocupantes podem ser compensados, substituindo a carne vermelha por uma proteína mais saudável. A pesquisa recomenda que a carne vermelha seja substituída por frutas secas, carnes brancas, lácteos pobres em gordura ou proteínas de grão inteiro. Se uma pessoa que consome 100 g de carne vermelha todos os dias trocar por frutas secas para obter a mesma quantidade de proteínas, ela diminui em 17% o risco de diabetes. Esse número aumenta para 23% se forem consumidos cereais integrais.

fonte: Jornal Extra

Karla Precioso

Karla Precioso é jornalista e amiga das leitoras de AnaMaria e Viva! Mais, com quem conversa todos os dias. Adora o contato com a natureza, onde geralmente se inspira para escrever mensagens em busca de uma vida mais feliz.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com