15 mar

Dicas de viagem

Dicas para surfar no Couchsurfing

Por Naíma Saleh postado em 15/03/2012 às 17h49

Comentários (0)

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Olá, meninas!

Como prometido, preparei algumas dicas para se tornar uma couchsurfer de primeira! Se você ainda não sabe o que é isso, dê uma olhadinha no post anterior. Mas, se você já está por dentro do assunto e não vê a hora de começar a surfar, confira:

- Sim, a interface do site é terrível. É difícil mesmo de se localizar, de entender a barra de ferramentas, mas não se desespere. Todo mundo que começa a usar o Couchsurfing acha isso, mas com alguma persistência você acaba se familiarizando, prometo.

- O primeiro passo é caprichar no seu perfil. Tá certo que algumas perguntas que você deve responder podem (mesmo) parecer meio inúteis, do tipo “qual a sua filosofia pessoal” ou “missão atual”. Mas, leve em consideração que você gostaria de saber o máximo possível sobre um desconhecido que estará sob o mesmo teto que você.

- Se você decidir colocar o sofá da sua casa à disposição dos viajantes, já mostre suas preferências : se você quer hospedar apenas mulheres ou apenas homens, se tem acesso a pessoas com mobilidade restrita etc. E, igualmente importante: esclareça as condições em que os seus hóspedes ficarão alojados. Diga se eles vão dormir na sala, quantas pessoas no máximo você pode receber, se eles têm que levar saco de dormir…

- Ainda não tem coragem de abrir sua casa para estranhos, mas quer começar a participar mesmo assim? Beleza, você não é obrigado a receber ninguém. No seu couchstatus, você pode escolher apenas passear com o viajante que vai visitar a sua cidade – e exercitar suas habilidades de guia turístico!

- Responda a todas as solicitações de hospedagem, mesmo que seja para dar direto uma negativa. Isso, porque junto com o seu perfil, ficará visível a sua taxa de resposta, indicando qual a porcentagem de solicitações e mensagens para as quais você deu um retorno.

- Para surfar com ainda mais segurança, você pode se tornar um membro verificado. Pagando uma taxa, que varia de acordo com o seu país, o Couchsurfing verifica as informações que você forneceu. Depois de fazer o pagamento online, você recebe uma correspondência que servirá de confirmação do seu endereço. A verificação não é obrigatória. No entanto, todos os membros verificados ganham um selinho (com desenho de várias mãos se segurando de maneira a formar um quadrado), que é exibido no perfil.

- Ah, e dá para linkar o Couchsurfing com o seu Facebook, e adicionar os amigos que já estão na sua lista!

- Através do site também dá para procurar a região que você vai visitar e conferir os eventos que estarão rolando por lá : feiras, shows, saídas de bicicleta… Dê uma olhadinha antes de fechar o roteiro!

- Calma, ainda não acabou: depois do encontro com os couchsurfers, seja para passeio ou para hospedagem, não se esqueça de registrar como foi a experiência! Deixe uma referência para o seu hospedeiro ou para o seu hóspede contando para todo mundo o que rolou e o que você achou dele.

- E atenção: se a sua experiência surfando foi negativa: avise logo o Couchsurfing e explique o porquê.

RAPIDINHAS SOBRE O COUCHSURFING

- A grande maioria dos usuários do site têm entre 18 e 29 anos (70%).

- As línguas mais faladas por eles são: Inglês (70,6%), Francês (18,1%) e Espanhol (17,0%). O português aparece em sexto lugar e é falado por 4,8% da galera.

- A Europa ainda é o continente que abriga mais couchsurfers (51,1%). No entanto, o país que concentra sozinho a maior quantidade de usuários é os Estados Unidos:  810.188 pessoas estão surfando por lá… Os brasileiros representam 2,7% do total: 104.262 brazucas estão cadastrados.

- As quatro capitais mais ativas no site são Nova Iorque, Paris, Londres e Berlim – ou seja, as chances são maiores da arranjar um sofá por lá!

(desculpem o tamanho do post, meninas!)

Beijo e até a próxima!

Naíma Saleh

Virginiana, romântica assumida e meio controladora (mas só às vezes!). Ama ler, desenhar, falar sozinha e... viajar! Já morou na Espanha, nos Estados Unidos e agora está passando uma temporada na França. Mas não se engane: ela ainda tem mais uns 1000 planos de viagens guardados!

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com