03 ago

Variedades

Um anjo que se vai…

Por Redação AnaMaria postado em 03/08/2010 às 11h32

Comentários (16)

Oi, gentem! Começo esta coluna tomando emprestada a forma de Cissa Guimarães para se comunicar com o público, pois essa coluna pertence a ela.

Naquele dia fatídico, só liguei a televisão à noite, então não sabia da tragédia que havia se abatido sobre você, querida. Quando peguei o jornal da manhã e li que seu filho havia ficado encantado (assim é melhor) me arrepiei da cabeça aos pés e não consegui articular nenhuma palavra ou movimento.

O que dizer para uma mãe que perde para Deus um lindo filho com nome de anjo, Rafael? Que palavra de consolo ou amparo ajuda?

Nada adianta. Então, o melhor mesmo é dizer: estou aqui para chorar com você. Nada nem ninguém vai confortar você, querida. É uma dor sem limites, e, para mim, é contra as leis do amor um filho partir antesdos pais. 

Sei que o que vou escrever aqui agora não vai adiantar nada, mas, acredite, o tempo, essa grande dádiva de Deus, ajudará a fazer doer menos.

Querida, não vou dizer que ele está bem numa outra vida, pois nem sei se existe uma outra vida e isso não vai amenizar sua dor. Hoje você não acredita que um dia voltará a viver como antes, e não voltará mesmo. Será outra mulher, que voltará a sorrir, a trabalhar, a olhar para os outros filhos que estão ao seu lado.

Nesses tempos de luto e de dor parece impossível que um dia você torne a sentir com prazer o sol iluminando seu rosto, o vento em seus cabelos ou uma doce música ao longe enquanto caminha pela praia. Mas, sem perceber, um pequeno sorriso começará a se formar, e então você perceberá que a vida continua. Sentirá um calor pelo corpo, mais forte na barriga bendita, que um dia deu um fruto chamado anjo Rafael.

Xênia Bier

A ex-apresentadora comenta toda semana na AnaMaria o que acontece na TV, sob um ponto de vista bem pessoal e muito polêmico.

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.

Para ter seu próprio avatar no site é preciso se registrar no gravatar.com

Comentários (16) em "Um anjo que se vai…"

  1. Sissy disse:

    Xênia, numa entrevista a Cissa disse: “ele esta vivo…quem morreu fui eu”. Não foram exatamente essas palavras, mas expressam o sentimento das mães que perderam seus filhos. Força pra você Cissa…..

  2. Luciana disse:

    Linda a sua mensagem, realmente o que falar quando se perde um filho ou ente querido de maneira tão rápida e repentina, nada, só resta passar por essa situação e deixar o tempo curar a ferida. Ontem o Jô Soares falou um poema de uma escritora espanhola que retrata isso, não é assim mais a idéia é essa, “Não chore no meu túmulo, pois eu não estou lá, eu estou na brisa do vento, nos raios do sol, nas ondas do mar, enfim, não estou naquele túmulo”.

  3. cecilia disse:

    A 11 anos meu filho de 29 anos partiu, dizer que o tempo cura essa dor é mentira…você volta a sorrir só para as pessoas pensarem que você é feliz…

  4. Deise disse:

    Mais uma mãezinha que perde seu anjo prematuramente. A dor de mãe é muito grande. Nossos filhos podem ter a idade que for, porque quando se vão, deixam um vazio que jamais será preenchido, mas, quem acredita em Deus, sabe que em tudo que acontece, existe um propósito maior e Ele quer nos passar uma mensagem.
    Se existe outra vida, tenhamos a certeza de que ele e outros que foram muito cedo estão perto de Deus. Ficará uma doce saudade.

  5. Ceu disse:

    Palavras abençoadas! Compartilho da dor, desta dor sem nome.
    Obrigada, Xênia, por expressar para Cissa o que todas as mães gostariam poder ir lá e falar pessoalmente. Deus te abençoe.

  6. valeria messi disse:

    suas palavras traduzem, o que todos nos sentimos estamos orando por vc issa. bjs

  7. Maria do Carmo Olivatto disse:

    Não tenho filhos, mas sempre fico profundamente identificada com a dor dos que perdem prematuramente seus entes queridos. No caso da linda e talentosa Cissa, o que choca e causa indignação foi a forma como o fato se deu. Mais uma vez a imbecilidade se faz presente e deixa um rastro de dor pelo caminho.

    • lia maria moreira disse:

      Ah Xênia, que coragem, que transparencia , ao escrever que não há palavras de consolo, que nada será como antes da passagem do Rafael…somente vc, Xênia que conheço antes mesmo da bandeirantes, em que respondeu a uma carta minha de 40 anos atrás…acredita?…levei minha carta para teatro Bandeirantes e naquele dia vc. não tinha nada…nada programado e eis que aparece minha carta, vc. leu emocionou-se e respondeu…jamais esquecerei! È uma perda não ter vc. na TV. DEUS TE ABENÇOE!….Gostaria de saber + de vc. pois para mim vc. é uma amiga!

    • Ana Cristina Alves de morais disse:

      Sou mãe e fiquei muito triste com a orte de Rafael, filho de uma grande atriz que admiro muitíssimo e quero deixar-lhe meus sentimentos e que Deus possa cuidar do seu coração.
      Quanto a matéria quero deixar minhas observações; a morte brutal desse rapaz deve servir para reflexão de que preciso é amar, cuidar e fazer o bem para as pessoas enquanto elas estão vivas e perto de nós porque não sabemos a hora em que vamos perdê-las e de que forma. Segundo, é sobre a dificuldade que temos em nos recuperarmos após uma perda, o motivo é que não fomos criados para perder, nenhuma mãe ou pai instrui seu filho para que ele seja um perdedor, desde pequeno ele houve que será um vencedor e que ele nasceu pra ganhar, não somos preparados pra perder e sim pra ganhar, por isso é tão difícil quando perdemos principalmente quando temos algo ou alguém que determinamos ser nosso. Você já viu alguém fazendo chá de morte? Acredito que não, porque celebramos a vida. A dificuldade de lhe dar com a perda é universal, a diferença é de cada um que encontra uma forma de superar a perda, é um momento ímpar onde só Deus consegue nos ajudar. Um abraço. Ana cris.

  8. sergio disse:

    Meu Deus que texto mais humano que já li…. .Não sei se vai chegar até está profissional Xênia Bier a qual tive oportunidade de assisti-la às vezes na TV Band e na Globo quando eu era adolescente. Porque Xênia não tem um quadro em algum programa de tv?

  9. aparecida disse:

    Realmente foi uma grande perda para cissa, mas Deus e o tempo fara com que ela volte a viver. um filho é um anjo em nossas vidas e o nosso desejo é que eles vivam do nosso lado sempre!!!! abraços

  10. Lucinda disse:

    Apesar de todo sofrimento o que mais me chamou a atenção foi ver a solidariedade de alguns que passam pelo mesmo calvário dando conforto a Cissa, por exemplo a Glória Peres e a Lucinha e ainda enfrentar a impunidade de nosso país. Não seja pessimista Xênia toda palavra e gesto de carinho é sempre bem vindo a um coração delacerado e nossas orações para que Deus, pois somente Ele tem o poder, de consolar tamanha dor. Uma vez no programa do padre Juarez da tv século 21, ouvi um testemunho de uma mãe que perdeu seu filho e ele dizia: “essa é uma dor tão imensa que não se define, quando se perde um conjuge será viúvo(a), se for os pais será orfão, mas quando é um filho?” Coloque a sua dor Cissa nas mãos de Maria e deixe que leve a Jesus qe te dará alivio e coragem minha amiga.

  11. maria helena finazzi disse:

    Depois de anos de busca, encontrei Xenia, que foi a grande inspiradora da minha entrada em caminho esotérico há 45 anos. Xenia, sempre com palavras de amor. Quem tem olhos para ver e ouvidos para ouvir, que absorvam tudo o que vem da alma de Xenia

  12. laura disse:

    Gostei muito desse poema use ate num trabalho de escola

    era fan do Rafael

    beijosss meus sentimentos

    • Sandra disse:

      Oi…
      Hj sei perfeitamente o que passa na cabeça de uma mãe numa hora dessas.No dia 11/11/2010,meu filho tbém partiu e sei que não existe dor maior…Vc fica sem chão e a vida perde o sentido.Sinto que os dias vão se passando e a dor só vai aumentando e qto mais vc tenta pior vai parecendo ficar,é algo que vc não quer ,vc luta e não acredita e aí percebo que é real e que o impossivel aconteceu.Um acidente tirou o brilho dos meus olhos me fez por um fim numa história que estava apenas começando e eu acreditava num final feliz,pois é assim que sonhamos para os filhos ,sempre com final feliz!!Vc tem um proposito e DEUS escreve outro e sem ter como implorar ,mesmo vc chorando ou vc se revoltando não tem solução para o que por ELE foi escrito e seu nome estava lá…Então lute e tente viver pq vc não esta sozinha e se DEUS te deu o dom de ser mãe vc não tem o direito de se entregar!!
      Mais vidas precisam de vc ,do seu sorriso e do seu amor ,e acredite Ciça nosso anjo não ficara feliz com nossas fraquezas,pois nossa força é a força deles que precisam acreditar que nosso amor por eles ultrapassam limites e que um dia com certeza ainda nos abraçaremos e diremos baixinho :meu filho como vc fez falta!!!
      Hj me vejo como mulher que luta com o inexplicavel…
      Qdo acordo tenho com certeza duas opções pra escolher : escolho viver…
      …Sim viver pra vencer ou viver só por viver ,não importa .Mas eu preciso e acredito que eu vou conseguir ,mesmo que seja pelos que me cercam,mesmo que seja pelos que me amam…Não importa ,pois hj qdo acordei senti uma paz mto gde e junto com a dor da saudade que me sufoca, algo insistia comigo que eu não poderia desistir.Acredito sim que meu anjo não me deixou,acredito sim que ele está presente comigo(agora mais do que nunca).
      É algo que percebo no silêncio…Qdo isso me ocorre é simplesmente a realização que DEUS existe e não nos desampara.
      Esse DEUS do amor,da esperança ,do carregar no colo,de nos amparar qdo achamos que nada mais tem valor.
      Qdo se perde o chão a razão tbém se vai ,a fé parece não mais existir
      …Mas DEUS está ali e não te deixa cair!!
      Vc encontra coragem,resolve viver e DEUS continua ali com vc,li mtas vezes aquela frase:…qdo eu mais precisei vc não estava,engano…
      Nessa hora que a dor parece que vai te consumir,nessa hora em que vc acredita que não vai dar ..É aí que ELE te carrega no colo pq ELE sabe da dificuldade que é uma mãe passar pelo que hj eu tô passando… Sei tbém que não sou a única ,não sou a primeira e nem tão pouco a última …
      Mas se eu pudesse fazer um pedido ,não tenho duvidas que essa dor eu não queria,esse adeus eu não daria e esse amor com certeza eu não deixaria partir!!
      Preciso aceitar que ELE assim o fez pois anjo igual a ele são poucos e que entre poucos meu filho foi escolhido…
      Meu amor saiba que estaremos juntos para sempre e por toda a eternidade e assim como eu mtos que sentem sua falta oram por vc e com vc estaremos por toda vida…Meu lindo vc será sempre a estrela que brilha lá no céu,e eu serei sempre sua mãe com todo orgulho que eu sentia e agora mais do que nunca continuo sentindo por vc!!!
      MEU ANJO QUE A PAZ DE DEUS ESTEJA CONTIGO…AMÉM!!!

  13. Ildamar disse:

    Um anjo que DEUS nos deu …
    É assim que eu digo:
    DEUS nos deu o Rafael em nosso lar, em nossa vida, em nossos corações por 17 anos, recebemos ele com muito amor e muito carinho.ele teve seu tempo nesta vida terrena,Um jovem com muitos planos na vida, alegre tinha muitos amigos.Um filho que nunca nos deu desgosto,gostava muito de tocar violão.
    Infelismente numa manhã de domigo, 14/12/2008 aconteceu o acidente,éra a noticia que ninguem queria acreditar, foi um choque p todos nós.
    Rafael éra nosso filho mais velho, tinha 17 anos, temos mais dois de 15, e 09 anos.
    Hoje faz 3 anos e 5 meses que ele foi chamado pelo nosso DEUS.
    Eu sofri junto com a Cissa,muito, pois lembrou tudo que a nossa famiia sofreu,coinsidencia o nome do filho é “Rafael”,agente fica sem chão sem rumo, é uma dor que muitas vezes vem forte…mas sobrevive…
    O que nos mantem firme caminhado seguindo em frente é a nossa FÉ, e os outros filhos,para cuidar
    Só DEUS para nos consolar nos colocar no colo, ele entende nossa dor e está sempre do nosso lado, é assim que vivemos depois de tudo, participando de grupos de orações,vamos com mais frequencia na missa e envolvido com a comunidade, graças a DEUS nossa familia continua unida.
    Cissa que DEUS te abençoe te de muita força para seguir em frente.

    “A vida une e separa as pessoas
    mas nenhuma força
    é tão grande para fazer
    esquecer aqueles que,
    por algum motivo ,
    um dia nos fizeram felizes.”

    Para nós, sua permanência terrena foi rapida demais.
    Para DEUS tempo suficiente.
    “A PAZ ESTEJA SEMPRE COM VOCÊ”
    Bjs e abraços.
    Se quiser pode entrar em contato comigo terei imenso prazer de ajudar,
    só quem passa sabe o que é esta dor.