3 formas de hidratar os cachos

Você está sem tempo? Tudo bem, é rápido. Só uns minutinhos!

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 16/09/2013 em

AnaMaria

um conteúdo de

3 formas de hidratar os cachos
Fernanda Cury

Quem tem fios enrolados, como a Letícia Sabatella, tem que hidratar sempre!
Foto: Rede Globo/Divulgação

Você não agüenta mais a falta de brilho, o volume excessivo e os fios arrepiados? Isso acontece porque o cabelo cacheado é enroladinho desde o couro cabeludo. Isso dificulta a distribuição da oleosidade natural da raiz até as pontas. Para driblar o problema sem gastar muito tempo e dinheiro, nada melhor que uma hidratação feita em casa, da maneira adequada e com os produtos certos. Confira três processos que vão te ajudar:

 

Hidratação seca

Se o seu cabelo está com pontas duplas e sem brilho, atenção! Ele provavelmente está perdendo umidade e nutrientes importantes. Não desanime. Hidrate os fios com produtos sem enxágüe-os chamados leave-in. Em forma de spray, fluido ou creme, esse tipo de cosmético forma uma película protetora que impede a evaporação da água e fecha a cutícula do fio. O resultado? Cachos macios, maleáveis, disciplinados e bem definidos.

Vantagens: Reduz o volume, elimina o atrito, retarda o aparecimento de pontas duplas e hidrata os fios diariamente.

Desvantagem: Se você exagerar na quantidade do produto, seu cabelo ficará com aspecto grudento.

Como aplicar: Lave com o xampu, passe o condicionador, enxágüe e seque, como de costume. Depois de secar os fios, use o leave-in. Atenção para a quantidade: 1/2 colher (café) se o cabelo for curto, 1 colher (café) cheia para o tamanho médio e 1 colher (chá) se for longo. Não passe na raiz, para que o cabelo não fique com cara de sujo! Amasse os cachos, com carinho, para defini-los.

Quando: Repita durante 10 dias ou quando os fios estiverem arrepiados e ressecados.

 

Hidratação molhada

Sabe aquele dia em que você tem vontade de tomar um banho mais demorado? Aproveite para fazer uma hidratação rápida embaixo do chuveiro. O calor da água vai facilitar a penetração dos nutrientes das máscaras capilares no interior dos fios.

Vantagens: O processo é muito rápido e você consegue notar o resultado logo que sai do banho!

Desvantagem: Cabelos que apresentam excesso de oleosidade podem ficar ainda mais pegajosos.

Como aplicar: Verifique se a água do chuveiro está morna - a alta temperatura remove a oleosidade natural dos fios, deixando-os ainda mais ressecados. Lave o cabelo com o xampu de costume. Aplique pequenas porções da máscara hidratante nas mechas. Se você tem cabelo curto, aplique uma quantidade correspondente a uma moeda de R$ 1. Se os seus fios são médios, dobre a quantidade. Para cabelos longos, a dose deve ser triplicada. Massageie mecha por mecha, de cima para baixo, e espere o tempo recomendado na embalagem do creme. Enxágüe bem. Tome cuidado para não deixar resíduos do produto, pois eles podem render ao cabelo um indesejado aspecto pesado. Além disso, a textura pode dificultar na hora de pentear.

Quando: Repita a hidratação uma vez por semana.

 

Hidratação térmica

Pontas espigadas e embaraçadas, falta de brilho e fios arrepiados? Calma! Seu cabelo precisa de um tratamento mais intenso e profundo. A hidratação feita com touca térmica ou toalha quente facilita a absorção dos ingredientes pela fibra capilar. Os cosméticos para esse tipo de hidratação são enriquecidos com ativos que ajudam a regenerar a estrutura do fio. As máscaras são formuladas com vitaminas (como a A, que melhora a elasticidade), sódio (que ajuda a controlar o equilíbrio da água), silicones, glicerina e ácidos graxos (que favorecem a maciez e a flexibilidade).

Vantagens: É um tratamento intensivo, que deixa os cachos macios e brilhantes.

Desvantagem: É a hidratação mais demorada: você precisa esperar cerca de 20 minutos para deixar a máscara agir.

Como aplicar: Lave o cabelo com xampu e, em seguida, tire a umidade com uma toalha, mas sem apertar ou esfregar os fios. Separe o cabelo em quatro partes e coloque uma pequena quantidade da máscara hidratante na palma da mão. Se você tem cabelo curto, use o correspondente a uma moeda de R$ 1. Se tem comprimento médio, dobre a quantidade. Para o cabelo longo, a dose deve ser triplicada. Massageie delicadamente mecha por mecha, de cima para baixo. Enrole o cabelo em uma touca térmica, toalha quente ou papel-alumínio. Deixe o produto agir por 20 minutos. Para finalizar, enxágüe bem, até sentir que não ficou nenhum resíduo do produto.

Quando: Para os fios sem química, o processo deve ser feito mensalmente. Já os tingidos merecem uma hidratação a cada 15 dias.