Acabe com a queda de cabelo ligada ao estresse

Viver na correria, respirar errado e estar sob tensão prejudica o humor e ainda provoca queda de cabelo

Escrito por

Redação M de Mulher

Atualizado em 24/01/2011 em

AnaMaria

um conteúdo de

Acabe com a queda de cabelo ligada ao estresse
Daniella De Caprio

Acabe com o estresse e dê adeus à queda de cabelo
Foto: Dreamstime

Você passa o dia todo naquela tensão, administrando casa, filhos, marido e trabalho. Aí, quando entra no banho, o que tinha tudo para ser relaxante vira pesadelo ao ver seu cabelo caindo.

A cena lhe parece familiar? Pois o culpado pode ser o estresse, segundo acabam de descobrir pesquisadores alemães. De acordo com o estudo realizado por eles, quando o cérebro é obrigado a ficar em constante alerta, libera substâncias que podem provocar perda capilar.

Se esse é seu problema, está na hora de virar o jogo. Saiba o que fazer para ter um cabelo bonito e saudável outra vez:
 

Não precisa se desesperar!

Veja nossas dicas antes de ficar em pânico porque os fios estão caindo...

Acabe com o problema pela raiz
O cabelo é só um indicador do que está acontecendo no corpo todo. Então, o jeito é desestressar!

Como é feito o tratamento?
Com loções, remédios ou suplementos nutricionais indicados por um especialista, depois de pedir exames e avaliar seu caso.

Os fios vão nascer de novo?
O cabelo já foi parar no ralo? Calma: as coisas podem voltar ao normal. "Desde que o tipo de queda não cause dano definitivo ao folículo capilar, o fio voltará a crescer", explica Ademir Júnior, dermatologista especializado em tricologia (ciência que estuda o cabelo e os pelos do corpo).
 

6 passos para desestressar já!

Acabe com a queda de cabelo ligada ao estresse

Relaxe e comece a desestressar
Foto: Dreamstime

1. Deseje ser diferente
O jeito mais eficiente de desestressar de vez é ter vontade de ser alguém mais calma e controlada. Só um desejo verdadeiro conseguirá fazê-la viver sem tanto corre-corre. Está em suas mãos!

2. Leve os sinais a sério
Tem gente que precisa de um chacoalhão para aprender a se cuidar. É triste ver o cabelo caindo, mas encare esse sinal como um ponto de partida para mudar. Aqui vai uma dica: que tal fazer as refeições com calma, mastigando bem alimentos saudáveis, em vez de engolir qualquer tranqueira às pressas?

3. Repita até se acostumar
Repare agora em como você está sentada lendo esta reportagem. A coluna está confortável ou toda torta? Você consegue inspirar e expirar direito? Fiscalize-se ao longo do dia e, em um mês, essa postura será "automática"!

4. Mude a lógica das emoções
Se você tem um olhar tão crítico para tudo e todos, certamente não verá nada de bom ao seu redor. Por outro lado, ao parar de querer que tudo saia do seu jeito, você verá que há beleza até no que, a princípio, parecia imperfeito.

5. Acredite no seu poder
Ter fé no próprio taco é fundamental para dar uma guinada e abandonar a fama de estressada. E não se iluda achando que diminuir o ritmo a deixará menos produtiva: ao fazer as coisas sem afobação, você não precisará ter de refazê-las por conta dos erros que a pressa causou. Devagar e sempre! 6peça um cafuné! Qualquer coisa que ajude a aliviar o estresse evita queda de cabelo. "Até cafuné de mãe ajuda!", brinca o médico Ademir Júnior. Você também pode aproveitar para massagear o couro cabeludo quando estiver no banho.
 

Isso também pode causar queda!


· Apresentar quadro de anemia ou baixo nível de ferro no sangue.
· Ter problemas na tireoide.
· Estar no período pós-parto.
· Consumir poucas proteínas na alimentação.
· Passar por tratamento de câncer (quimioterapia ou radioterapia).
· Tomar anticoncepcional.
· Sofrer de febre alta, infecção grave ou resfriado forte.
· Usar com frequência produtos químicos no cabelo.
· Ter passado por uma grande cirurgia ou uma doença crônica.
· Possuir pais ou outros familiares calvos na família.
· Ser infectada por fungos.
· Exagerar no uso de boné, chapéu e outros acessórios.