Pinte os cabelos em casa

Preparamos um guia com dicas, cuidados e tudo o que você precisa para mudar a cor dos fios sem sair de casa

Publicado em 26/01/2010

Lígia Menezes

Conteúdo VIVA!MAIS
Destaque da Matéria

A leitora Marta Kagohara adorou a mistura de louro-escuro-dourado 6,23 e castanho-claro 5.0
Foto: Alline Tosha

1. A preparação 
É preciso ter uma série de cuidados antes da aplicação da tintura para que a cor fique ainda mais bonita. Quatro dias antes de colorir, pare de usar finalizantes, como gel e musse, para que os fios fiquem livres de resíduos. Dois dias antes, prepare o cabelo com uma boa hidratação. Lembre-se que o couro cabeludo deve estar oleoso para receber a tinta, pois servirá como um protetor natural. Por isso, se for lavar os fios, não esfregue muito. E antes de pintar, com um chumaço de algodão espalhe leave-in na nuca e testa para impedir que a tinta manche a pele. 

Passo a passo: Tintura

Passo a passo: Luzes californianas



2. A escolha da cor
Há um truque infalível para não errar na tintura: nunca mude radicalmente de uma só vez. Comece com uma tinta dois tons mais claros - ou mais escuros - do que a sua cor natural. Outra dúvida comum sobre esse assunto é: se dá para confiar na cor da embalagem da tintura. Segundo especialistas, é difícil prever se o tom ficará idêntico ao estampado na caixa. Faça um teste numa mecha da nuca para ter certeza de como ficará. Mas se quer apenas deixar os fios avermelhados ou com tons puxados para o marrom, passe hena, que dá reflexos luminosos nos brancos e dura um mês.

3. Os cuidados essenciais
Gestantes só podem tingir com autorização médica. Se tiver feito alisamento ou relaxamento, não use descolorantes. Fez progressiva? Espere dois dias para colorir os fios. Agora, caso vá descolorir, aguarde 15 dias, no mínimo. E sempre faça o teste da mecha! Quem tem cabelos crespos pode fazer luzes, mas elas devem ser largas para aparecer.

4. A manutenção
Após tingir, só use produtos (xampus, condicionadores...) específicos para cabelos coloridos. Não vale a pena fazer uma limpeza profunda, que tira boa parte dos pigmentos do fio. Se quiser muito, faça apenas uma vez ao mês.

5. A sobrancelha
Não é necessário pintar a sobrancelha - a não ser que a mudança tenha sido radical ou que ela seja muito grossa. Para isso, peça ajuda profissional!

6. Arrependeu-se?
Corra ao salão para corrigir o estrago. Assim não há risco de danificar mais os fios.

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

cristiane - boa tarde, tingi meus cabelos de 6.73 na verdade era 7.73 achei que escureceu como fa¿o para clarear novamente? - 29/01/2012 15:47:21

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.