Nao

Tire seu diploma em 2 dias!

É possível receber seu certificado de ensino fundamental ou médio sem desembolsar um centavo ou ter de se matricular em uma escola

Atualizado em 12/11/2013

por Daniele Maia

Conteúdo VIVA!MAIS

Garanta chances maiores de conseguir um 
emprego ou até um salário mais alto!
Foto: Dreamstime

Se você não está matriculada no ensino fundamental ou médio e quer garantir o diploma sem voltar a freqüentar os bancos escolares, a sua melhor opção é o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Nunca ouviu falar? São provas realizadas anualmente (desde 2002), no país inteiro, em dois dias, para avaliar competências de jovens e adultos que não tiveram oportunidade de se formar. 

Basta se inscrever e fazer o teste. Se alcançar a nota mínima exigida - 100, de um máximo de 180 - você recebe o certificado.

As inscrições são gratuitas. Você pode fazer a sua no site do Encceja (http://encceja.inep.gov.br), no do Ministério da Educação (www.mec.gov.br) ou ainda em uma das agências dos Correios.


Quer fazer a prova onde?

Mas atenção: as secretarias de educação municipais e estaduais não são obrigadas a oferecer o exame. Por isso, você precisa, primeiro, verificar no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (www.inep.gov.br) a lista com os 649 minicípios que aderiram ao Encceja, pois terá de especificar uma secretaria para realizar sua inscrição.

Direto para a universidade

Tem um mundaréu de gente de olho no certificado. A expectativa dos organizadores é de que 840 mil pessoas participem este ano. 

Pudera: ele garante chances maiores de conseguir um emprego ou até um salário mais alto! Sem falar no tão sonhado ingresso na faculdade. “Há pessoas que tiraram diploma com provas do Encceja e já tiveram acesso à universidade”, conta Heliton Ribeiro Tavares, diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep.

Para poder participar

Você só precisar estar com mais de 15 anos de idade e não ter completado o ensino fundamental ou estar acima dos 18 anos e não ter concluído o nível médio. Comece a estudar desde já.

Veja também: