Prepare-se para prestar os concursos de 2011

Você tem segundo grau completo e quer ser funcionária pública? Confira as dicas de quem já passou e de quem está se preparando para as provas

Prepare-se para prestar os concursos de 2011

Disciplina e estudos rigorosos são duas receitas essenciais para passar no concurso público
Foto: Getty Images

Fique de olho nas vagas!

Confira as dicas de inscrição e sugestões de planos de estudo

1. Quando saem os editais dos concursos?
A partir deste mês diversos concursos públicos devem abrir editais. O edital é um documento que traz as regras da prova, as datas de inscrição, os conteúdos exigidos e todas as informações importantes sobre as vagas. Apesar de previsões divulgadas pela imprensa, não dá para saber a data real da abertura de um edital. Para não perder nenhum, crie uma rotina de pesquisa na internet. Busque informações nos sites www.lfg.com.br ou em www.concursos.correioweb.com.br.

2. Devo esperar os editais para começar a estudar?
Não. O especialista Marco Antônio Araújo Júnior, coordenador pedagógico do curso preparatório LFG, alerta que é necessário começar a estudar bem antes, baseado no conteúdo que foi citado no edital anterior. ”Quando sai o novo, basta procurar quais conteúdos ainda não foram estudados, para fazer uma última revisão.”

3. Quanto tempo devo estudar por dia?
No mínimo quatro horas por dia, recomenda Araújo. Mas esse tempo pode aumentar, dependendo da proximidade do concurso ou das suas dificuldades.

4. Quais materiais de estudo devo usar?
O importante é ir atrás de conteúdos publicados recentemente. Isso porque os editais e matérias específicas mudam frequentemente. Para quem tem mais tempo e dinheiro para investir, há a opção de fazer um cursinho preparatório. Existem diversos espalhados pelo Brasil. Para quem vai estudar em casa, dá pra acessar conteúdos pela Internet. A maior parte dos sites é paga. 

Um deles, o www.euvoupassar.com.br, fornece informações sobre concursos gratuitamente, e cobra R$ 225* para ter acesso ilimitado a videoaulas durante seis meses. Já o acesso à área vip do jccconcursos.uol.com.br sai por R$ 19,90* por mês. Há páginas gratuitas no www.guiadosconcurseiros.net

Existem ainda apostilas específicas para cada concurso. Elas geralmente são encontradas em bancas de jornal de médio ou grande porte ou podem ser adquiridas pela internet, em sites como o www.concursosolucao.com.br ou o www.vestcon.com.br. Boa prova!

* Preços referentes a janeiro de 2011.

Os principais concursos do ano

Confira as dicas de inscrição e sugestões de planos de estudo estes devem abrir inscrição em 2011. todos os cargos mencionados exigem apenas ensino médio completo!

1. INSS – Instituto Nacional do Seguro Social

O que é
Órgão público federal que gerencia benefícios do cidadão como aposentadoria por tempo de serviço, aposentadoria por invalidez, segurodesemprego, auxílio-doença, entre outros.

Cargos
Técnico do seguro social

Vagas
2 mil (estimativa) em todos os estados

Custo da inscrição
R$ 47 (foi o preço de 2007; pode haver aumento)

Salário inicial
R$ 2.976

Disciplinas que caem na prova
Português (gramática e interpretação de texto), raciocínio lógico, noções de informática e direito, legislação específica, atualidades e ética no serviço público

2. Polícias Civis dos Estados 

O que é
Polícia responsável pela manutenção da ordem pública, pela segurança das pessoas e do bem comum. Cada estado tem a sua própria polícia civil, e seu principal papel é investigar crimes.

Cargos
Escrivão e agente policial

Vagas, custo da inscrição e disciplinas que caem na prova
Tudo isso varia conforme o estado; vários devem abrir vagas em 2011

Salário
Variável; em São Paulo, R$2.351

3. Tribunais de Justiça

O que é
É o órgão judiciário que julga a maior parte dos crimes e disputas da sociedade

Cargos
Escrevente e oficial de Justiça

Vagas
Variam conforme o estado, mas vários devem abrir vagas em 2011

Custo da inscrição
Variável (em São Paulo foi de R$ 39 no último concurso)

Salário
O de escrevente do TJ-SP é de aproximadamente R$ 3.200

Disciplinas que caem na prova
Conhecimentos gerais do ensino médio, atualidades, noções de direito e informática

4. Tribunais Regionais do Trabalho

O que é
É a segunda instância da Justiça do Trabalho, julga recursos trabalhistas, entre outros procedimentos

Cargos
Técnico judiciário

Vagas, custo da inscrição e disciplinas que caem na prova
Variam conforme o estado; vários devem abrir vagas em 2011

Salário
Variável (R$ 4.052,96 em São Paulo)

5. Correios

O que é
Instituição estatal responsável pela circulação de correspondência e encomendas expressas

Cargos
Atendente, carteiro e operador

Vagas
10 mil(estimativa), em todos os estados

Custo da inscrição
R$ 30

Salário
A partir de R$ 706,48

Disciplinas que caem
Língua portuguesa, matemática, noções de informática e conhecimentos específicos

* Preços consultados em 15/12/2010

Dicas de quem conquistou o emprego público

Foram dez horas diárias de estudo por 40 dias
Joelma Antonia, 31 anos, técnica do seguro social, Governador Valadares, MG

”Era o ano de 2003, eu tinha 24 anos, estava desempregada e me empolguei quando soube que o INSS (a Previdência Social) abriria um concurso depois de uma década sem novas contratações. Agarrei a chance com as duas mãos: comprei uma apostila para o cargo de técnica do seguro social e passei 40 dias estudando quase dez horas diárias.

A prova do INSS tinha questões de conhecimentos gerais (gramática, matemática, raciocínio lógico) e outras de conhecimentos específicos, como as legislações que regulam a previdência. Começava o dia estudando as leis – a parte mais difícil par mim – e depois partia para as matérias não específicas, de ensino médio. Além disso, lia a apostila aos poucos e fazia resumos dos conteúdos.

Depois de ler e resumir mais ou menos 20 páginas, ia para os exercícios, que me ajudavam a memorizar. Também pesquisei o jeitão dos exames anteriores. Naquela prova, cada resposta errada anularia uma certa. Por isso respondi apenas às questões que eu tinha certeza, e deixei as que eu tinha dúvida em branco.

No meu caso, tudo aconteceu muito rápido após a prova: apenas dois meses depois eu já estava tomando posse na vaga. Passei a trabalhar em uma agência do INSS. De cara, vi que nem tudo é como eu imaginava: não existe vida e dinheiro fácil na Previdência Social. O profissional deve saber trabalhar sob pressão e trabalho não falta. Há gratificações financeiras por produtividade e todos os funcionários de uma agência perdem dinheiro quando há atrasos. Em 2007 fui transferida para a área de RH e estou satisfeitíssima. Recomendo!”

Dicas de quem vai encarar o desafio

Faço cursinho e uso a internet para me preparar para a prova
Priscilla Rosa, 29 anos, estudante, Embu, SP

”Afixei na parede da minha casa um mural e ali coloquei fotos de tudo que me motiva a continuar estudando para os concursos deste ano. Lá tem carro, casa própria… mas sempre que bate cansaço ou vontade de desistir eu me concentro na foto da minha filhinha de 2 anos. É por ela que tenho estudado desde o mês de novembro.

Eu trabalhava em shopping antes de ser mãe. O salário não era ruim, mas a rotina era puxada demais. Abandonei o emprego, mas também não gosto de ser apenas dona de casa. Acho que a carreira de funcionária pública pode ser ótima para mim. Estou concentrada na prova do INSS.

Ao que tudo indica, o edital desse concurso deve ser lançado ainda neste mês de janeiro. Estou fazendo um cursinho de quatro meses, específico para esta prova. Frequento as aulas no período da manhã, e tiro por volta de duas horas para estudar em casa, principalmente nos horários em que minha filha dorme.

Faço um programa de estudos flexível: sempre começo pelas matérias que tenho mais dificuldade – como gramática e legislação – e depois vou para as matérias nas quais tenho mais facilidade, como lógica. Depois de um tempo, volto para os temas mais difíceis.

Além das apostilas, também uso a internet para estudar: lá, tenho acesso a videoaulas, legislações, informações sobre editais e outras, preciosas para mim. Se tudo acontecer como o previsto, devo prestar a prova do INSS em março, mas não vou desistir caso eu não seja aprovada dessa vez. Há uma infinidade de outros concursos abrindo no resto de 2011, e eu estou decidida a passar em um deles”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s