Roupa de grife a preços baixos

Ache jeans, bolsas, sapatos e outras peças de marcas famosas por valores bem menores do que nas liquidações

Roupa de grife a preços baixos

Os brechós virtuais são uma maneira barata de renovar o guarda-roupa sem gastar muito
Foto: Getty Images

Foi-se o tempo em que os brechós eram lugares de roupa velha, fedida e amontoada. Graças à internet, eles agora expõem roupas limpinhas e organizadas. Como a moda sempre ressuscita velhas tendências do passado (quem diria que a cintura alta iria voltar, hein?), fuçar os brechós virtuais é uma maneira barata de renovar o guarda-roupa.

5 brechós que valem o clique no computador

Bonequinha de Luxo
http://brechobonequinhadeluxo.blogspot.com

Responsável
Nara Bittencourt

O que tem
Jeans, acessórios e vestidos, muitos vestidos – para passear, trabalhar, sair na balada…

Grifes que passam por lá
GAP, Arezzo e várias marcas europeias ultrachiques!

Enjoei
http://enjoei.com.br

Responsável
Ana Luiza McLaren e amigos

O que tem
Mais de 2 mil peças, que vão de bolsas e óculos de sol a saias, blusas e camisetas com uma pegada fashion.

Grifes que passam por lá
Nike, Adidas, Prada, Gucci, All Stars

Twice Upon a Time
http://twiceuponatimeblog.blogspot.com

Responsável
Carolina Domingues

O que tem
Roupas, sapatos e acessórios de grifes nacionais e importadas (até uma bolsa Calvin Klein novinha já esteve por lá!).

Grifes que passam por lá
Cori, Zoomp, Iódice, Melissa

Café Brechó
http://www.cafebrecho.com.br

Responsável
Carol Balsini

O que tem
Roupas de marca com preço bom (ou sem grife, mas bonitas e baratas) e peças da moda, por preços a partir de R$ 10! 

Grifes que passam por lá
Zara, Colcci, Via Uno, M. Officer, Benetton

C’Est Vintage
http://cestvintage.blogspot.com

Responsável
Ângela Brito

O que tem
O forte são os vestidos, mas há também saias, bolsas, blazers…

Grifes que passam por lá
Todas as que tenham uma carinha de que sua avó usou quando era moça! Muito estilosas, por sinal.

Leia antes de comprar

. Tire suas dúvidas sobre a roupa
Confirme o tamanho, peça fotos, pergunte se há manchas ou defeitinhos.

. Investigue o vendedor
No Orkut, entre nas comunidades de venda on-line para tentar descobrir se o vendedor é mesmo sério e se cumpre o prometido.

. Pague sem medo
Há lojas que aceitam pagamento via doc, boleto bancário ou cartão de crédito. Escolha o seu.

. Troca ou troco?
Dê preferência aos brechós que aceitam trocas e devoluções. Uma coisa é ver a roupa na foto, outra é senti-la no corpo. Informe-se sobre as condições.

. Xi, é pirata!
Cuidado para não levar gato por lebre. Se a roupa é de alguma grife famosa, peça fotos da etiqueta, da nota fiscal ou de algum comprovante. Assim, você evita a pirataria. Por outro lado, não valorize só a marca ao fazer sua escolha. Uma peça sem grife pode vestir tão bem em você quanto uma de algum estilista badalado.

. Querer não é precisar
O preço baixo de algumas peças é uma tentação, mas reflita bem se você realmente precisa do que está prestes a comprar. De nada adianta reaproveitar roupas usadas para proteger o meio ambiente se a roupa for parar no fundo do armário! A primeira preservação é com seu bolso, menina!

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s