nao

Monte um jardim vertical na sua casa

Falta de espaço não precisa ser motivo para você deixar de ter uma área verde em casa. O jardim vertical, montado na parede da varanda, da sala ou até mesmo da cozinha, pode ser uma alternativa para deixar a natureza entrar no seu espaço

Publicado em 23/07/2012

Lígia Menezes

O jardim vertical pode ser uma alternativa para deixar a natureza entrar no seu espaço
Foto: Marco Aurelio

Eles são como os jardins comuns, só que planejados para paredes. “Surgiram em um momento em que espaços horizontais estão cada vez menores”, explica Bruno Esperança gerente da Esalflores, floricultura especializada em jardinagem residencial e empresarial.

Quando montados nas paredes, porém, exigem alguns cuidados diferentes, como a rega. Ela é fundamental para o jardim vertical, já que água da chuva tem pouca penetração devido à verticalização. Assim, ela pode ser feita manualmente, com regadores, ou por gotejamento. “Embora o nome assuste, gotejamento é um sistema extremamente simples, no qual uma pequena mangueira perfurada distribui gotas de água diretamente no substrato (espécie de terra onde a planta está fixada), mantendo a umidade, que é controlada por um temporizador”, diz Bruno. “Além disso, o porta-plantas precisa ter travas de segurança, para evitar cair em chuvas e ventanias”, acrescenta a paisagista e proprietária da Quadro Vivo, Gica Mesiara, uma das pioneiras em jardim vertical.

São várias as formas de montar um jardim vertical
Foto: Beto Hacker

O que plantar

Qualquer planta pode ser utilizada em um jardim vertical. Mas atenção: “Não compre uma planta só por gostar do design dela, mas sim aquela que vai funcionar no seu local. Conheça, veja se ela sobrevive no vento, no sol, na sombra... E observe se seu espaço proporciona isso”, avisa Gica. “Fique atento também ao tamanho das plantas, escolha as pequenas e médias, que se adaptarão melhor na vertical”, conta Ralph Lago, técnico agrícola da Esalflores.

Se seu ambiente é interno, com meia sobra, aposte em bromélias, lírio da paz, aspargo, asplênio, euonymus e avenca, sempre observando o tamanho compatível com o jardim. Para áreas externas, com mais sol, aposte em liríope, cinerária marítima, ixória, brinco de princesa, érica, heras, lágrima de cristo, aspargo, gerânio e flores de época. “Há, ainda, a possibilidade de cultivar mudas de temperos, como: salsinha, manjericão, alecrim. Essa é uma excelente oportunidade para ter uma pequena horta economizando espaço”, diz Ralph.

Como cuidar

Vale, na hora de comprar a planta, consultar um profissional (paisagista ou técnico agrícola), para receber a orientação sobre a instalação, regas e podas. Independentemente desses cuidados, é importante que o substrato seja à base de turfa, pois essa matéria orgânica vai ajudar no desenvolvimento da planta, retendo mais umidade que um substrato convencional.

Qualquer planta pode ser utilizada em um jardim vertical
Foto: Ernani Oliveira

Como montar

São várias as formas de montar um jardim vertical. Para todas, você precisará de um especialista, pois é preciso chumbar a parede, impermeabilizar e criar o sistema de irrigação. Dá para fazer com blocos pré-moldados, sistema Green Wall Ceramic (peças de cerâmica que são fixadas na parede), treliças, fibras de coco, vasos e garrafas PETs. Nestes dois últimos, as raízes das plantas não se unem, sendo possível fazer sozinha. O técnico agrícola Ralph Lago ensina a técnica para a montagem do jardim com garrafas PET.

1. Escolha a parede

Este tipo de jardim (com garrafa PET) não é recomendado para locais em que o piso não possa receber umidade, pois, na maioria das vezes, não será possível centralizar o excesso de água em uma única saída.  No jardim de garrafas, a tendência é que a água caia no chão. O ideal é montá-lo em um local que tenha gramado ou área em que a água possa cair.

2. Escolha as garrafas e lave-as.

A quantidade de garrafas dependerá do tamanho do seu jardim. Lembre-se que elas ficarão uma ao lado e embaixo da outra.

3. Corte as garrafas

Faça um corte no meio de cada garrafa (suficiente para o plantio de uma muda) com o maior tamanho possível em um dos lados. Não corte as laterais da garrafa, caso contrário, o substrato vazará.

4. Plante

Para realizar o plantio, coloque dentro da garrafa, primeiro, algumas pedras e uma pequena camada de manta geotêxtil, que é um tipo de tecido para ajudar a drenar o jardim. Por último, coloque a planta e o substrato.

5. Fure a garrafa

No lado oposto, faça um pequeno furo ou até três furos do tamanho de um prego (para pingar e a planta não se afogar).

6. Fixe-as na parede

Escolha uma maneira para fixação das garrafas. Uma sugestão é pendurá-las em um varal, colocando as garrafas em sequência.

7. Cuide de sua planta

Você terá de regar e podar sua planta, conforme a necessidade dela.

 

Clique na imagem abaixo e confira algumas ideias para montar o seu jardim vertical

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

I am in LOVE with the fabrics you are working with! I tried locating the shop you mentioned on Etsy but am not finding the great prints you show here. Can you help guide me to some great online retailers that have contemporary prints on oilcloth please? I am recovering some dinning room chairs (high traffic toddlers times three here) and this oilcloth might be ideal. ray ban sunglasses outlet http://www.ray-banoutletstore.co.uk - 18/03/2014 12:00:13

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.