30 curiosidades surpreendentes de ‘Dirty Dancing – Ritmo Quente’

O romance completa 30 anos em 2017 e continua sendo um ícone para várias gerações!

Dirty Dancing – Ritmo Quente estreou nas telonas brasileiras em 1987 e, desde então, é um ícone para quem adora cinema, romance e, claro, dança. Baby (Jennifer Grey)Johnny (Patrick Swayze) são os protagonistas dessa produção cheia de ritmo. Para celebrar os 30 anos da obra, que continua sendo marcante para várias gerações, que tal relembrar algumas curiosidades sobre o inesquecível filme? Confira!

1. Antes de escolherem Patrick Swayze para o papel de Johnny Castle, os atores Val Kilmer e Billy Zane foram cotados. Kilmer não aceitou o convite e Zane não era suficientemente bom dançarino.

2. Da mesma forma, Jennifer Grey não era a primeira opção para Baby. Sarah Jessica Parker e Sharon Stone foram chamadas para participar do filme, mas também recusaram.

3. Jennifer Grey tinha 27 anos quando fez o teste para o papel de Frances Houseman (Baby), uma jovem de 17. Em apenas cinco minutos, ela mostrou que era capaz de interpretar uma personagem dez anos mais nova.

4. Jennifer Grey quase perdeu a première do filme, em 1987. Alguns dias antes, ela sofreu um acidente de carro com o então namorado, Matthew Broderick, e mais duas pessoas que, infelizmente, morreram.

5. O orçamento total do filme foi de US$ 6 milhões.

6. A produção arrecadou US$ 64 milhões nos Estados Unidos e US$ 214 milhões no mundo todo.

7. Todas as locações ficavam entre a Virgínia e a Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

8. Escrita por Eleanor Bergstein e dirigida por Emile Ardolino, a história é inspirada na vida real da autora, que viveu um romance com um instrutor de dança, nas férias, quando era adolescente.

9. Propositalmente, enquanto Baby (Jennifer Grey) vestia roupas claras e alegres, Johnny (Patrick Swayze) só usava peças escuras, especialmente pretas.

10. A canção She’s Like the Wind, que aparece no filme, foi co-escrita pelo próprio Patrick Swayze e, no longa, ele a canta com Wendy Fraser.

11. Em sua biografia, Time of My Life, Patrick contou um pouco sobre o seu relacionamento conturbado com Jennifer. Eles já tinham trabalhado juntos em Amanhecer Violento, mas as coisas só pioraram em Dirty Dancing. O ator a achava difícil e infantil, porque ela vivia interrompendo o trabalho para fazer brincadeiras e piadas.

12. As risadas de Jennifer nessa cena não foram ensaiadas (e nem o aborrecimento de Patrick):

13. Apesar de ser um romance de verão, ele foi filmado durante o outono. É por isso que, na cena do lago, não há zoom no rosto dos personagens… Eles estavam com os lábios roxos de frio!

14. Por essa mesma razão, algumas folhas, que estavam alaranjadas, precisaram ser pintadas com spray verde!

15. Essa foi a primeira produção a ultrapassar a marca de um milhão de vendas em VHS.

16. Além de ter sido o filme mais alugado nas locadoras em 1988.

17. Existem cenas que foram deletadas da versão cinematográfica, mas que foram divulgadas no DVD especial de 20 anos do filme, como a que você pode conferir aqui:

18. A trilha sonora de Dirty Dancing ficou no topo da parada da Billboard por 18 semanas e vendeu 32 milhões de cópias só nos Estados Unidos.

19. Em 1995, Sandy & Junior lançaram Sonho Real, uma versão da música-tema do filme, (I’ve Had) The Time of My Life, de Bill Medley e Jennifer Warnes.

20. Em 1997, o filme foi relançado nos cinemas americanos, depois de uma campanha feita por telespectadores de um programa de entrevistas.

21. Patrick foi convidado a fazer uma sequência do longa e teriam oferecido a ele US$ 6 milhões para participar. O que dizem é que o ator era contra esse tipo de produção e que, imediatamente, teria recusado o trabalho.

22. Em 2004, o filme ganhou uma continuação: Dirty Dancing – Noites de Havana, que não foi tão bem recebido pelo público como o primeiro.

23. O canal americano ABC está produzindo um remake para a televisão, ainda sem data de estreia. Com duração de três horas, o filme terá Abigail Breslin, ex-atriz mirim de Pequena Miss Sunshine, como Baby. A direção é do australiano Wayne Blair e a trilha sonora é de responsabilidade dos suecos Adam Anders e Peer Astrom.

24. A música Nobody Puts Baby In The Corner, feita em 2005 pela banda Fall Out Boy, teve seu título inspirado em uma das frases mais famosas de Dirty Dancing, dita por Johnny (Patrick Swayze).

25. Apesar de ser uma das citações mais importantes do filme, Patrick tentou cortá-la da história, pois “não gostava muito dela”.

26. Kelly Bishop (a Emily de Gilmore Girls!) , que interpretou a mãe de Baby, originalmente seria Vivian Pressman, a “coelhinha do bangalô”.

27. Ainda em 1987, o filme faturou a estatueta do Oscar e ganhou o Globo de Ouro, ambos na categoria de Melhor Canção Original, por (I’ve Had) The Time of My Life. No Globo de Ouro, ainda foi indicado a Melhor Filme – Comédia/Musical, Melhor Ator de Cinema – Comédia/Musical com Patrick Swayze e Melhor Atriz de Cinema – Comédia/Musical com Jennifer Grey. No ano seguinte, Dirty Dancing ainda foi indicado na categoria Melhor Canção Escrita Especialmente para Cinema ou Televisão, por (I’ve Had) The Time of My Life, e venceu o Independent Spirit Awards na categoria Melhor Filme.

28. Como prova de que marcou muitas gerações, a série Glee homenageou o filme no episódio nove de sua segunda temporada, Special Education, exibido em 2010. Nele, Sam Evans (Chord Overstreet) e Quinn Fabray (Dianna Agron) fazem um dueto de (I’Ve Had) The Time Of My Life.

29. Mesmo 30 anos depois de ser lançado, o filme não para de render frutos. Em 2017, a marca de maquiagens Sola Look terá uma paleta de sombras com cores todinhas inspiradas em Dirty Dancing – Ritmo Quente.

DIRTY DANCING BEAUTY PALETTE IDEAS! 2017. #nobodyputsbabyinacorner

A post shared by Sola Look (@solalook) on

30. Entre 28 e 29 de abril, em Los Angeles, a viúva de Patrick Swayze, Lisa Niemi, irá leiloar o casaco que o ator usou durante o filme. A estimativa é que sejam arrecadados cerca de 35 mil euros, que serão doados ao Pancreatic Action Cancer Network, especializado na investigação do tipo de câncer que tirou a vida de Patrick, em 2009, quando ele tinha apenas 57 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s