Família viajante dá dicas para comprar passagens baratas

Regra de ouro: ser flexível com datas e horários

Encontrar passagens aéreas a preços acessíveis costuma ser um dos maiores desafios de quem quer viajar ao exterior. Como os preços dos bilhetes costumam variar bastante, conforme os assentos dos voos vão sendo preenchidos, essa tarefa costuma parecer bem complexa.

Por falta de conhecimento ou de planejamento, muitas pessoas acabam recorrendo à estratégia mais fácil e cara: comprar passagens em cima da hora e por meio de agências de viagem.

Mas, segundo uma família australiana que viajou por mais de 65 países nos últimos quatro anos, há formas fáceis de conseguir bilhetes a preços mais acessíveis. “Quando começamos a viajar, em 2012, nós já fazíamos pequenas viagens econômicas”, lembra Erin Bender no blog onde a família publica dicas para outros viajantes.

Em 2012, ela e o marido, Josh, deixaram a Austrália com seus dois filhos (Mia, de seis anos, e Caius, que tem cinco anos) para o que seria apenas uma “aventura de seis meses”. A viagem nunca terminou e, hoje, a família é especialista em viajar gastando pouco. Segundo a Forbes, os filhos do casal são provavelmente as crianças que mais viajaram pelo mundo.

A EXAME.com, Erin contou que “infelizmente” nunca esteve no Brasil, mas deu dicas para os brasileiros que buscam economizar na compra de passagens aéreas.

1) Seja flexível com datas e horários

Poucas coisas podem fazer você gastar mais com uma passagem do que ter dias e horários restritos para viajar. Segundo Erin, adiar seu voo em apenas um dia ou agendar o retorno para um dia antes pode gerar uma economia de centenas de dólares.

Comprar com antecedência também faz toda a diferença. Erin conta que certa vez, enquanto buscava passagens, encontrou um voo para Bali para duas pessoas por 350 dólares, caso a viagem fosse agendada para um ano depois. “Aproveitei e já comprei o presente de aniversário do meu marido do ano seguinte”.

2) Use sites que comparam passagens

Com milhares de voos todos os dias saindo de aeroportos do mundo inteiro, é difícil ter certeza de que você não está deixando passar alguma boa oportunidade.

Para facilitar essa busca, existem os comparadores de preços de passagens, sites que reúnem informações de diversas companhias aéreas e mostram em quais períodos os bilhetes estão mais baratos.

Os mais populares são Skyscanner, Momondo, Kayak e Expedia. Basta entra em algum deles e digitar o destino, as datas dos voos e o número de passageiros desejados para que sejam listados os preços cobrados por diversas companhias aéreas para aquele trajeto.

Se você não tiver decidido ainda para onde será sua viagem, o Kayak oferece um mapa interativo que mostra os valores de passagens para diversos países, como forma de ajudar na pesquisa. O Momondo possui uma lista com os locais mais procurados pelos usuários e o Expedia tem uma seção que reúne bilhetes promocionais.

3) Antes de comprar, visite o site da companhia aérea escolhida

Após encontrar a passagem mais em conta em um site comparador de preços de bilhetes, visite o site da companhia selecionada. Nele, você poderá conferir se há alguma promoção especial que não foi incluída na busca do comparador de preços ou se este site está cobrando alguma tarifa extra pela compra do bilhete.

Além disso, no site da companhia aérea é possível contratar serviços adicionais que geralmente não estão disponíveis na aquisição de bilhetes pelo site comparador de preços. “Se você precisa levar alguma bagagem adicional, por exemplo, os buscadores não irão oferecer essa opção, mas o site oficial da companhia irá. Vale a pena quando você precisa de mais flexibilidade”, argumenta.

Aproveitando a visita ao site da companhia aérea, não deixe de assinar a newsletter da empresa “Apesar de irritante, ela pode te ajudar a poupar bastante dinheiro”, defende Erin. “As empresas costumam divulgar ofertas com frequência. Se você for flexível, poderá se dar bem a qualquer momento”.

4) Fuja dos custos extras

“A maioria das companhias tentará ganhar dinheiro em cada passo da sua compra”, afirma Erin. “A Ryanair [uma das maiores companhias de baixo custo do mundo] é famosa por fazer isso”.

A solução, segundo ela, é abrir mão de serviços, como a escolha de lugares no voo e a compra de lanche a bordo, que geralmente são tarifados nas companhias de baixo custo e podem não compensar o preço mais baixo pago pelo bilhete. “Leve os seus próprios salgadinhos e compre água no portão de embarque. Certamente, será mais barato do que consumir algo a 30 mil pés de altura”.

5) Pesquise rotas e aeroportos alternativos

Caso seu voo faça conexão em um ou mais lugares, vale a pena pesquisar pelos valores dos trajetos separadamente.

Erin conta que economiza dezenas de dólares sempre que divide seus voos. “Além disso, quando você compra os voos separados, você pode parar e aproveitar cada lugar, já que terá de passar por lá de qualquer maneira”.

Ela ainda lembra que algumas cidades têm mais de um aeroporto, e um deles pode oferecer preços mais atrativos. Mas, antes de decidir, é preciso ficar atento à localização de sua hospedagem. “De vez em quando, a pequena quantidade de dinheiro que você economizou ao transferir a viagem de um aeroporto para o outro não compensa o gasto extra com transporte”.

6) Use cupons de desconto.

Alguns sites de compra de passagens aéreas oferecem ao viajante a possibilidade de obter descontos apenas inserindo um código promocional durante o processo de aquisição do bilhete. É o caso do CheapOAir, site recomendado pela família Bender. “Eu frequentemente economizo mais de 50 dólares apenas fazendo isso”, conta Erin.

Conseguir o desconto é mais simples do que parece. Basta buscar no Google “cheapoair discount code” e procurar o cupom correspondente ao seu voo.

7) Evite agentes de viagem

Ninguém melhor do que você mesmo para encontrar bons preços de passagens. Erin conta que já trabalhou como agente de viagem e não recomenda esses serviços.

“Agentes precisam ganhar dinheiro rápido. Eles não vão atrás de companhias de baixos custo, não vão checar outras datas para sua passagem, nem sugerir outras opções de rotas”. A melhor alternativa para conseguir passagens aéreas mais baratas, diz Erin, é pesquisar em sites comparadores de preços.

8) Controle o peso de sua mala

Parece óbvio, mas muitas pessoas só se dão conta do peso de suas malas quando já estão no aeroporto. A maior parte das companhias aéreas de baixo custo taxam cada quilo adicional levado pelos passageiros em suas malas. “Recentemente, Josh levou apenas uma pequena mala de mão em uma viagem e evitou mais de 100 dólares em cobranças”, lembra Erin.

Além da economia, o viajante que leva pouca bagagem também ganha tempo. “Se você não precisa fazer check-in das malas, também não precisa perder tempo aguardando que elas cheguem depois do voo”.

9) Evite ser identificado em sua compra online

Usar o modo anônimo do navegador na busca por bilhetes pode ser uma maneira de economizar no valor da passagem (veja como ativar o modo anônimo em cada navegador).

Como este tipo de busca não divulga informações sobre os usuários, como localização, é possível acessar tanto as versões internacionais dos comparadores de preços de bilhetes como plataformas brasileiras desses sites. Dessa forma, é possível comparar os preços cobrados em cada uma delas.

Isso porque, segundo Erin, as mesmas companhias áreas podem cobrar preços diferentes de acordo com a origem dos viajantes. “O expedia.com pode acabar sendo mais barato do que a versão brasileira do site, por exemplo”.

10) Comprou? Não continue procurando

Evite a auto sabotagem. Encerrada a compra, não continue procurando bilhetes mais baratos do que o seu. Isso pode apenas desmotivar você e a sua família a continuar buscando bilhetes mais acessíveis.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s