Harvard expulsa alunos por causa de posts machistas e racistas

Em um grupo fechado, jovens que ingressariam na universidade estavam postando piadas que incitam o estupro e o ódio a minorias.

Ao menos 10 alunos tiveram suas matrículas canceladas pela Universidade de Harvard, por causa de posts ofensivos feitos através do Facebook. A informação é do The Harvard Crimson, jornal especializado em notícias sobre a universidade mais prestigiada dos Estados Unidos.

Os tais posts foram compartilhados em um grupo fechado, batizado de Harvard Memes for Horny Bourgeois Teens (Memes de Harvard para Adolescentes Burgueses e Excitados, em tradução livre). Esse grupo foi criado a partir de um outro, administrado pela própria universidade, que reúne os alunos da classe que se formará em 2021 – ou seja, candidatos já aprovados para as concorridíssimas vagas da instituição.

Foram encontradas postagens com pesadas ofensas racistas e xenofóbicas. Em uma das publicações citadas pelo The Harvard Crimson, um jovem teria postado a foto de um mexicano sendo enforcado com a inscrição “hora da piñata“. Outras publicações incitavam o estupro e faziam piada com o Holocausto e com a morte de crianças.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s