Legalmente Loira: há 15 anos era lançado o melhor filme da sua adolescência

E Reese Witherspoon não deixou a data passar em branco.

Ei, dá para acreditar? Mas há 15 anos, em um ensolarado cinema de Los Angeles, “Legalmente Loira”, basicamente um clássico, estreava. Sim, já faz tudo isso de tempo que Elle Woods (Reese Witherspoon), um dos melhores seres humanos que a sétima arte já criou, entrou em nossas vidas.

.

.

Para ler escutando: “Perfect Day”, da Hoku, trilha-sonora do filme. 

Sim, faz quase duas décadas que a presidente da Delta Nu nos ensinou diversas lições de sororidade: mulheres não são inimigas, afinal! Elle mostrou que uma mulher não pode ser julgada pela aparência (qual o problema dela gostar de rosa?) e que, sim, é possível lutar contra a cultura patriarcal da faculdade de Direito de Harvard – melhor, dá para vencê-la.

Leia Mais: 47 coisas que seriam diferentes se “O Diabo Veste Prada” fosse gravado hoje

E, bem, apresentou, também, o “abaixar e abocanhar”, porque, né, uma garota empoderada faz o que quiser – até mesmo lançar mão de um truque com ~99%~ de eficácia para chamar a atenção de um cara. E, em homenagem ao 15° aniversário do longa, olha só quem resolveu recriar a cena:

It’s been 15 years since the movie “Legally Blonde” introduced the world to Elle Woods, the pink-clad, Chihuahua-toting sorority student who aced the LSATs, got into Harvard Law School and inspired a generation. “I have had so many women say, ‘I went to law school because of ‘Legally Blonde,’” says star Reese Witherspoon (@reesewitherspoon). “It actually had a meaningful story. And it was about female empowerment. It wasn’t necessarily about the girl getting the guy.” To celebrate the anniversary, make sure to show off your pet Chihuahua, law degree or even your best “bend and snap” — “That is still the most asked request I get from people. I have a feeling I will be doing the bend and snap until I am 95,” says Reese — and tag #LegallyBlonde15 in the caption. Video by @reesewitherspoon

A post shared by Instagram (@instagram) on

Ela mesma, Reese Witherspoon! Continua a mesma coisa, não é mesmo? Relembre a cena:

.

.

Dá uma “saudadinha”, né? Principalmente, por causa da maior lição do filme: você só deve ser você mesma e aceitar os outros do jeito que são. Dessa forma, Elle Woods venceu em Harvard e, lógico, em nossos corações. Melhor filme da adolescência! ❤

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s