Ameixa seca controla o desejo por doces e dá saciedade

"A frutinha espantou a vontade de comer doce e regulou meu intestino. Ganhei um corpo e uma vida novos!", conta Luciana de Andrade

Luciana Felix de Andrade, 28 anos, operadora de caixa, São Carlos, SP. Ela tem 1,65 m e foi dos 94 kg para os 71 kg.
Foto: Eduardo Bandelli

Eu achava que estava abafando. Adorava roupas justas e curtinhas e vivia usando minissaia, vestidinho colado e shortinho. Só tinha um problema: eu estava supergorda e não percebia! Ou seja: eu pagava o maior mico e nem desconfiava… Só caí em mim no final de 2007, quando saí pra procurar um look para usar nas festas de Natal e Ano-Novo. Entrei em várias lojas e provei um monte de peças: nada me servia. Só consegui entrar numa calça jeans 48! Foi um choque. Me pesei, depois de um longo tempo longe da balança, e constatei: eu estava com inacreditáveis 94 kg! Era tão acomodada que não percebi que tinha engordado tanto. Na minha cabeça, estava tudo bem. E foi só quando passei a me enxergar como eu realmente era que lutei para me transformar no que eu queria ser!

Devorava uma caixa de bombons de uma vez

Meus grandes inimigos sempre foram os doces. Como trabalho em uma padaria desde os 19 anos, vivia beliscando as guloseimas que saíam do forno. E não era só no trabalho, não! Em casa, chegava a devorar uma caixa inteira de bombons de uma vez!

Até por isso, nunca fui uma mulher esbelta. Mas engordei pra valer depois que me casei, em 2007. Sem nenhum controle sobre a pessoa em que eu estava me transformando, me acomodei numa relação com um marido que me aceitava como eu era. Vivia de pizzas, lanches e, claro, muitos doces. Aí, quando me vi vagando de loja em loja sem encontrar nada que me servisse, foi o sacode que eu estava precisando!

Emagrecer para engravidar

Meu primeiro passo foi procurar um endocrinologista, já que eu nem sabia por onde começar a emagrecer. Ele me passou uma dieta para eu comer de duas em duas horas e um remédio controlado para ajudar. Segui esse cardápio por um mês, com comidas mais leves e quantidades menores. Emagreci 8 kg! Mas algo estava me incomodando muito: eu não queria ser dependente de remédio para emagrecer. Resolvi parar e, desestimulada, engordei tudo de novo…

Por mais um ano, segui relaxada e acomodada nos meus 94 kg. Até que tomei uma importante decisão: eu ia engravidar. Só que, para isso, eu precisava emagrecer, e com urgência. Não é recomendado ficar grávida com esse peso. Decidi que dessa vez seria pra valer!

Reaproveitei a dieta anterior e entrei na academia. Frequentava todos os dias, por no mínimo uma hora. Às vezes ficava até três horas treinando, entre aulas e musculação, pois me sentia estimulada conforme ia vendo os resultados.

Conseguei eliminar 9 kg no primeiro mês!

Mas os doces continuavam colocando minha dieta em risco. Era muito difícil segurar a gula enquanto convivia com aquele monte de doces na padaria. Foi então que um amigo da academia, ao ver minha dificuldade, recomendou que eu comesse ameixas secas. Ela disse que a fruta ia me ajudar a controlar o desejo por doces. Não botei fé que funcionaria, mas estava tão desesperada que resolvi arriscar… E deu muito certo!

Depois das refeições, na hora que batia aquela vontade de devorar um docinho, comia umas quatro ameixinhas e matava o desejo. Além disso, meu intestino, que era meio preso, começou a funcionar melhor. Uau!

Ficar em casa no fim de semana? É ruim, hein?

Após um mês de dieta e exercícios, consegui perder 9 kg. Mas, como nem tudo são flores, nesse período meu casamento acabou, junto com meus planos de engravidar. Fiquei muito triste com a separação, mas não deixei que isso prejudicasse meu emagrecimento. Pelo contrário: ganhei ainda mais força para alcançar meu objetivo! Sem ter que me preocupar com as refeições do meu companheiro, ia ao mercado e só comprava meus produtos light e integrais.

Empenhada na academia, esforçada na dieta e passando longe dos doces, via minha meta cada vez mais próxima! Depois de um ano, eliminei 23 kg e cheguei aos 71 kg. Vitória! Desde então, as roupas justas que eu tanto amava voltaram a cair bem em mim. Além disso, parei de me esconder em casa e passei a sair com minhas novas amigas da academia para barzinhos, baladas, shows… Ganhei uma nova vida! Isso sem falar da satisfação de receber elogios e ver a cara de espanto das pessoas que só me conheciam gordinha!

Ameixa seca contra o vício em doce!

A Luciana só conseguiu controlar seu vício em doces quando passou a consumir ameixas secas. “Elas têm esse efeito porque contêm o açúcar natural da própria fruta e ainda regulam a produção de serotonina, substância responsável pela sensação de bem-estar. Isso ajuda a controlar o desejo por doces”, explica a nutricionista Catarina Stocco. Segundo a especialista, a ameixa seca também é rica em fibras, que melhoram o funcionamento do intestino, diminuem a sensação de estufamento e dão saciedade!

Para o emagrecimento, Catarina recomenda consumir de uma a duas ameixas secas após o almoço, quando bate aquela vontade de comer um docinho: “Não é aconselhável comê-la sozinha, em jejum, pois a fruta libera muita insulina. Outra opção é usá-la em vitaminas (com leite, iogurte e até outra fruta) ou na salada”.

Cardápio inserido
div#cardapio_wrap div,div#cardapio_wrap span,div#cardapio_wrap div#cardapio_wraph1, div#cardapio_wraph2, div#cardapio_wraph3, div#cardapio_wrap p, div#cardapio_wrap a, div#cardapio_wrap em, div#cardapio_wrap img,
div#cardapio_wrap strong, div#cardapio_wrap b, div#cardapio_wrap u, div#cardapio_wrap i, div#cardapio_wrap center, div#cardapio_wrap table, div#cardapio_wrap tr, div#cardapio_wrap td{margin:0;padding:0;border:0;font-size:100%;font:inherit;vertical-align:baseline;}
body{line-height:1;}
table{border-collapse:collapse;border-spacing:0;}

div#cardapio_wrap{font-family:Arial,sans-serif;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header{background-color:#404042;display:table;height:38px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header span{color:#fff;display:table-cell;font-size:18px;font-weight:bold;vertical-align:middle;}
div#cardapio_table{display:table;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#f6f6f6;display:table-cell;padding-bottom:20px;vertical-align:top;width:205px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{border-left:2px solid #fff;border-right:2px solid #fff;background-color:#eeeeee;margin:0 2px;width:206px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{float:left;width:204px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{color:#000;display:block;font-size:14px;font-weight:bold;letter-spacing:0px;margin:15px 0 11px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.bottom div.cardapio_item h3{margin-top:0;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item p{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;line-height:19px;margin:0 auto;width:90%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h4{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;font-weight:bold;margin:15px auto 0;text-align:left;width:90%;}

@media only screen and (max-width: 620px), only screen and (max-device-width: 620px){
div#cardapio_table,div#cardapio_wrap{width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#fff;display:block;float:left;margin:0 0 3px;padding-bottom:0;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{background-color:#fff;display:block;margin:0 0 3px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle div.cardapio_item{background-color:#eeeeee;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{background-color:#f6f6f6;float:left;padding-bottom:20px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{margin:15px auto 11px;text-align:left;width:90%;}
}

br.clear{clear:both}

O cardápio da Luciana

Café da manhã

1 pão francês pequeno com margarina + 1 xícara pequena de café

Dica da nutricionista:

Para ficar mais saudável e ter um maior poder de saciedade, o ideal seria trocar o pão francês por um integral, com manteiga em lugar da margarina.

Lanche da manhã

1 fruta ou 1 iogurte light ou diet

Dica da nutricionista:

Um iogurte desnatado natural seria mais indicado.

Almoço

2 colheres (sopa) de arroz + 2 filés de frango grelhados + Vegetais crus à vontade

Dica da nutricionista:

Acrescente um grão (feijão, lentilha ou ervilha), que é fonte de cálcio e fibras e dá mais saciedade.

Lanche da tarde

3 ameixas secas

Dica da nutricionista:

Acrescente uma castanha-do-pará para dar mais saciedade.

Jantar

Salada verde à vontade + 1 filé de frango grelhado ou 1 carne magra

Ceia

1 fruta ou 1 iogurte light ou diet

(Cód. Conteúdo: 755838)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s