(none)

Blogs que ajudam a emagrecer

Os blogs viraram febre e servem de estímulo e fonte de informação para as mulheres entrarem em forma e deletarem os quilos extras

Atualizado em 20/08/2012

Constança Tatsch - Edição: MdeMulher

Blogs que ajudam a emagrecer

Você já deve ter lido em revistas ou ouvido de um médico que uma boa medida para perder peso é anotar tudo o que come e bebe em um diário. Mas, como somos modernas, a alternativa mais criativa são os blogs sobre emagrecimento, que se proliferam na internet. Não há números que indiquem quantos endereços sobre o tema já existem, ainda assim a quantidade de pessoas interessadas em dar uma espiada mostra que a ideia tem sido cada vez mais bem recebida.

Com tanta gente leiga falando sobre o mesmo assunto, fica a dúvida se essa é uma ferramenta útil. Por isso, pedimos que especialistas analisassem alguns dos blogs mais badalados da internet. E eles foram aprovados!

Para a nutricionista da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição Caroline Bergerot, “tem muita informação e dicas que podem ser seguidas. Não é um trabalho científico, mas é um bom começo. São fontes interessantes que podem estimular”. Muitas meninas, por lutarem há anos contra a obesidade, são bem informadas e chegam ao seu consultório “craques”. A perda de peso das blogueiras não é rápida, mas é definitiva porque tem a ver com conscientização, não dietas milagrosas.

O nutrólogo e endocrinologista da Unifesp João César Castro Soares ressalta que essa troca de experiências é muito importante. “O convívio é interessante e grupos de autoajuda costumam ter resultados razoáveis”, afirma. Então, ligue o computador, puxe a cadeira e emagreça.


Meu emagrecimento
Larissa Bertani, 34 anos, emagreceu 43 quilos

A história
Larissa sempre foi um pouco mais cheinha que as outras crianças. Engordou mais durante a adolescência e chegou ao ápice na faculdade. Em 2003, depois de anos sem subir numa balança, se pesou ao lado de uma amiga. O resultado impresso em um tíquete: 99 quilos. “Aquilo foi um tremendo susto!”

A virada
O papel foi parar num caderno batizado de Meu Emagrecimento, que poucos meses depois viraria um blog. Toda semana, ela voltava à balança e anotava o novo peso. Como Larissa não queria fazer uma dieta específica, decidiu que seu caminho seria reduzir as quantidades — passou a comer um terço das porções a que estava acostumada — e tentar se alimentar com itens mais saudáveis.

O blog
O blog Meu Emagrecimento foi pioneiro e é um dos mais conhecidos. Ela já perdeu 43 quilos e em 2012 realizou o sonho de ser mãe. Depois de emagrecer tanto e dar entrevistas em revistas e programas de TV, Larissa virou uma celebridade virtual. “As meninas cobram ajuda... Mas sempre digo que isso deve partir de dentro delas, já que o que funcionou para mim pode não dar certo para elas. O emagrecimento é algo personalizado.”


Tags de sucesso

Controle as expectativas - A vida não fica perfeita porque você emagrece. Larissa traz questionamentos importantes sobre o que fazer depois que 40 quilos já se foram, ou seja, o que acontece no “depois”. Além disso, existe aí outra batalha: a manutenção do peso.
Envolva-se em projetos coletivos - Larissa promove projetos de emagrecimento coletivo, nos quais todas as leitoras entram numa brincadeira e vão enviando resultados para ela. É um estímulo diferente. Também são comuns entre as blogueiras encontros reais, que reforçam as amizades.

Fotografe os pratos - “Como todos gostam de saber o que como, e para deixar o blog mais colorido e bacana, comecei a fotografar... E fotografando consegui ter um prato mais bonito e saudável para mostrar no blog e para comer”, diz Larissa. Para a nutricionista Caroline, fotografar os pratos é uma boa maneira de garantir uma refeição adequada: ela precisa ser colorida, equilibrada, saudável e, claro, numa quantidade razoável. “Toda forma de registro vale como incentivo. Tanto para quem coloca quanto para quem quer aprender, pois descobre o que é bom comer.”


Dietas e beleza
Kelly Bertaco, 33 anos, emagreceu 70 quilos

A história
Kelly sabia que tinha tendência a engordar e por isso controlava a alimentação e praticava exercícios físicos. Aos 22 anos, pesava 68 quilos quando entrou na igreja para se casar. Quatro meses depois, já somava 10 quilos extras na balança. Comia quatro pastéis na feira na porta de casa e abandonou a natação, que praticava havia oito anos. Grávida do primeiro filho, sentiu-se no direito de comer tudo o que tinha vontade e ganhou outros 40 quilos.

A virada
Aos 130, se “enxergou gorda” pela primeira vez. “Achava apenas que tinha ossos largos.” Kelly teve que fazer um exame pré-cirurgia de redução do estômago, quando descobriu que estava grávida novamente. Chegou aos 135 quilos e então decidiu mudar. Com a ajuda de revistas especializadas e de um blog sobre emagrecimento, começou a fazer escolhas alimentares mais saudáveis. Em um ano e meio, enxugou 70 quilos, perdeu a vergonha de ir à academia e fez uma abdominoplastia. “Primeiro emagreci na mente, depois no corpo.” O ponteiro estacionou nos 65 quilos.

O blog
Inspirada no blog que acompanhava diariamente, resolveu escrever o seu próprio diário online. “Toda segunda-feira colocava meu peso e não me permitia repetir o número da semana anterior, muito menos superá-lo, porque não queria decepcionar as pessoas que acompanhavam meus posts.” O blog fez tanto sucesso que atingiu o limite permitido pelo servidor — Kelly tentou compactá-lo e perdeu todo o material. Há pouco mais de um ano, ela criou seu segundo endereço virtual, em que registra os passos de sua manutenção e também continua dando dicas a quem quer emagrecer. “Juntas nos incentivamos a perder mais peso e a ter uma vida saudável.”


Tags de sucesso

Troque receitas - É um costume bacana entre as blogueiras trocar receitas de pratos light. O que foi visto numa revista ou o que já foi testado em casa vão parar no blog. No caso da Kelly, tem até receita de suco desintoxicante. Você aprende coisas novas e a alimentação não fica monótona.

Desafie-se - Os posts trazem pesquisas científicas e recomendações de nutricionistas, misturadas às dicas de Kelly e a desafios lançados entre as amigas blogueiras.
Encontro real - Desde os tempos do outro blog, Kelly marca reuniões com as frequentadoras mais assíduas. E se engana quem pensa que elas só falam de dieta.


>> O blog que virou livro
A ideia de criar um blog para ajudar a perder peso dá certo para muitas mulheres. Uma delas é a jornalista Andréa Antonacci, 37 anos, que transformou a experiência no livro Emagreci Fazendo um Blog (Ed. Panda Books, 104 págs). Em agosto de 2007, depois de sair de um emprego estressante, Andréa estava com 72 quilos. Queria voltar para os habituais 60 e começou a ler blogs de emagrecimento. Gostou tanto que criou o Meu Blog Spa (www.meublogspa.wordpress.com) e, ao mesmo tempo, começou a escrever o livro. Aprendeu a se alimentar melhor e fez várias amizades. “Um dos pontos altos para mim foi a troca. Às vezes você faz um post e recebe e-mails de gente que está na mesma situação”, diz. O livro conta histórias bem-sucedidas, como a da nossa personagem Lu Francesa, reproduz trechos de posts de diferentes blogs e os comentários deixados por outros leitores. Tudo sob a supervisão de uma nutricionista, um psicólogo, um personal trainer e um nutrólogo. Para completar, receitas e uma porção de dicas pescadas em um ano de pesquisa. Emagreci Fazendo um Blog foi publicado em agosto de 2008, quando Andréa estava com 65 quilos.


Aproveite os blogs, mas não perca isto de vista

* Não fique presa aos quilos; é melhor falar em medidas.
* Subir na balança todos os dias é desmotivante, gera ansiedade e pode dar resultados falsos (afetados pelo ciclo menstrual, por exemplo). O ideal é uma vez por mês — não mais que uma vez por semana.
* Para um emagrecimento saudável, a atividade física é fundamental, mas não é muito abordada nos blogs.
* Paciência. Quem sofre de obesidade mórbida vai precisar de um a dois anos para ter peso saudável.
* Fuja das dietas. A alimentação deve ser consciente, com alimentos saudáveis e gostosos.
* Cuidado para não se contaminar com depoimentos desanimados.
* Quem corta alimentos que adora pode ter uma súbita vontade — e comer o triplo.
* Ignore a publicidade em alguns blogs que tenta vender remédios milagrosos.
* Alguns cardápios não servem para todas as pessoas. É melhor consultar um nutricionista para fazer um cardápio completo.
* É preciso saber a hora de parar de emagrecer para não desenvolver um transtorno alimentar.
* Metas ousadas demais podem gerar frustração. Estabeleça objetivos reais, um mês depois do outro.
* Não pense só no antes e no depois. Aproveite o durante e comemore todos os quilos perdidos.
* As informações divulgadas não são controladas por um profissional e podem não ser sérias. Tenha olhar crítico.
* Cuidado para que a exposição individual não seja excessiva e isso venha a incomodar.

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

<b>comprar views no youtube</b> - adorei http://smmbrasil.com/views-youtube/ - 27/02/2014 15:11:59

<b>jessica lucia santos sabino</b> - a eu tento ,tento,tento mais nao consigo emagrecer toda vez que eu come¿o a tentar a emagrecer meu pai sai para comprar guarana doces salgadinhos e bolachas n¿o tem como eu emagrecer tenho 13 anos tenho 1,73 de altura e pesso 73 - 22/01/2014 23:17:16

<b>Liane</b> - Oi, tenho 29 anos, peso 84kilos, já fiz várias dietas, porém engordo tudo novamente, agora preciso emagrecer, pois vou fazer redução da mama, preciso emagrecer de 15 a 20 kilos.Prec iso de ajuda!!!!!!!!!!!!!!!Obrigada - 16/12/2013 12:30:01

<b>Denise</b> - Eu já emagreci 30 kg e agora pretendo fazer uma abdominoplastia, porque minha barriga está muito flácida, sobrou muita pele. Pretendo operar em breve na Master Health aqui em São Paulo. - 26/11/2013 17:45:32

<b>Adelaide Peixoto</b> - Bom meu nome é Adelaide e tive muitos problemas na minha vida mais o mais sério de todos foi ter perdido a minha mãe .Isso me deixou muito triste me deixando deprimida ,queria poder voltar emagrecer pois estou com 94 kilos nunca tinha chegado há tanto.Tenho 44 anos e queria poder estar bem ,queria ajuda se possível. - 04/09/2013 18:20:13

<b>mari</b> - Eu tinha 60 kg qd engravidei e fui abandonada e dfamada pelo pai do meu filho, após 5 anos consegi me envolver com outra pessoa q mentiu para mim, jurava amor e dizia q eu era a unica na sua vida, até njoar de mim e começar a me dizer o qt eu estava engordando, o qt eu bebia, o qt eu era chata e inconveniente, a aprtir dai eu q ja estava com 73 quilos passei para 90, me vejo nas fotos e me acho enorme, horrivel, minhas roupas não me entram mais, vou a nutricionista e não consigo manter dietas, pois me desesperopor comer, e não consigo controlar. me ajudem, quero recuperar minha autoestima, sinto vergonha do meu corpo, mas não consigo controlas a vontade de comer, mesmo sem fome. me ajude por favor - 07/08/2013 22:44:40

Veja todos os comentários

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.