nao

Cápsulas de ervas naturais ajudam a emagrecer

Unidas na dieta, mãe e filha perderam incríveis 67 kg seguindo o mesmo cardápio!

Publicado em 02/12/2011

Reportagem: Ricardo Régener - Edição: MdeMulher

Conteúdo SOU MAIS EU!

Claudia Craveiro emagreceu 21 kg e Carol secou 46 kg
Foto: Rafael França / Arquivo Pessoal

Sete meses. Esse foi o tempo que a gerente administrativa Claudia Craveiro e sua filha, Carol, levaram para perder, juntas, 67 kg. Isso mesmo: 67 kg! Em novembro do ano passado, elas decidiram se unir para encarar o desafio de emagrecer e transformar suas vidas. Com uma dieta rígida, muita determinação e uma força extra das cápsulas de ervas naturais, elas saíram vitoriosas!

A obesidade era uma realidade na família da Claudia, de 48 anos, e da Carol, de 25, que é produtora de eventos. A filha lutava contra a balança desde a adolescência. Até então, esse era uma problema só da Carol. Mas, em 2009, com a notícia de que precisariam deixar o imóvel alugado onde moravam e encontrar outro lugar para se instalar, o sobrepeso fez nova vítima. "Levei um baque. Essa mudança me deixou muito ansiosa e estressada. Aí, descuidei de vez da saúde e da aparência. Fui engordando sem parar. Cheguei aos 86 kg...", lembra Claudia. Na mesma época, Carol atingiu os 121 kg. "Foi quando me dei conta de que precisava perder peso caso quisesse chegar com saúde à idade da minha mãe", diz.

Cápsulas personalizadas garantiram o sucesso

Sem muito planejamento, ambas conseguiram superar essa fase delicada e perderam peso juntas! O primeiro passo foi procurar um endocrinologista, que recomendou às duas a mesma dieta.

Nos dois primeiros meses, Claudia e Carol seguiram um cardápio "de choque", com poucos carboidratos e muitas proteínas. O médico receitou ainda cápsulas fitoterápicas personalizadas, compostas de ervas como garcínia, gymnema e carnitina, que combatem a ansiedade, tiram a fome de doces e queimam gorduras. Foi tiro e queda: no primeiro mês, Claudia perdeu 6 kg e Carol secou 11 kg!

Após os primeiros dois meses "de choque", o médico passou um cardápio mais equilibrado, com pequenas quantidades de carboidratos como arroz e batata. "A cada quilo perdido, eu e minha mãe comemorávamos muito", relembra Carol.

Hoje, após um ano de luta, nossas guerreiras eliminaram 67 kg juntas. Claudia perdeu 21 kg e Carol secou 46 kg! E elas garantem que não vão parar por aí. "Minha meta é emagrecer mais 15 kg. Minha mãe quer perder mais 7 kg", revela Carol. Alguém duvida que elas vão conseguir?

Mãe e filha ficaram lindas e sairam na capa da revista SOUMAISEU!
Foto: Reprodução Revista SOUMAISEU!

"Com o apoio da Carol, segurei a fome até no Natal"

"Sou do tipo de pessoa que, quando coloca uma coisa na cabeça, só sossega depois de realizá-la. Essa é a minha receita de felicidade. Foi assim que construí uma carreira e uma relação ótima com minha filha. Mas, entre essas conquistas, minha saúde passou batido. No ano passado, comecei a sentir falta de ar e cansaço até quando subia alguns lances de escada. Eu sabia que isso era consequência do meu excesso de peso. Então, resolvi fazer do emagrecimento a minha meta. Por indicação do meu namorado, fui a um endocrinologista. Ele receitou a dieta que eu comecei a seguir em outubro do ano passado. Eliminei os pratões de massas e frituras do passado e investi em um cardápio de carnes brancas e saladas à vontade. Já nos primeiros dias, me senti mais disposta para o dia a dia. E fiquei muito orgulhosa quando a Carol viu minhas refeições saudáveis e topou entrar na dieta comigo! Graças às palavras de apoio que uma disse à outra, foi fácil segurar a fome até diante das delícias de Natal e Ano-Novo."

"Corri menos risco de abandonar minha dieta"

"Nunca acreditei nesse papo de gorda feliz. Sei que toda garota quer ser bonita e saudável. Mas sabe quando uma pessoa fecha os olhos para os problemas porque não conhece uma solução para eles? Era o meu caso. Mesmo gorda, eu achava normal comer salgadinhos, doces e outras besteiras a qualquer hora. Se naquela época eu soubesse que bastava um pingo de força de vontade para ficar em dia com o meu corpo... Por causa dessa minha apatia, a determinação da minha mãe em perder peso me chamou muito a atenção. Ao vê-la preparar com tanto carinho as refeições sugeridas pelo endocrinologista, fiquei com vontade de também entrar na dieta. Fui ao mesmo médico dela e ganhei um cardápio parecido. Isso foi bacana porque fazemos as refeições juntas quase todos os dias. Então, o risco de um salgadinho gorduroso entrar no meio da minha dieta foi bem menor do que se eu tivesse feito tudo sozinha."

Saiba qual é a cápsula natural mais indicada para o seu emagrecimento!

O grande trunfo da dieta da Carol e da Claudia foi o uso de cápsulas naturais. As da Claudia eram compostas por garcínia, que faz o corpo queimar mais gordura, gymnema, que tira a vontade de comer doce, e silimarina, que protege o fígado no período "de choque" da dieta. Já nas cápsulas da Carol havia garcínia, carnitina, um eliminador natural de gordura, e cúrcuma, que combate a gastrite e o colesterol. Há dois tipos de cápsulas fitoterápicas disponíveis no mercado: as manipuladas e as industrializadas. As manipuladas podem ter vários componentes em uma única cápsula e são vendidas apenas com receita médica. As industrializadas, que geralmente possuem apenas uma substância, são vendidas em lojas de produtos naturais, sem a necessidade de receita médica. As nutricionistas Mariana Jota e Fernanda Granja indicam as cápsulas fitoterápicas para emagrecimento mais recomendadas nos consultórios:

Tenha cuidado:
· Ao comprar cápsulas fitoterápicas industrializadas, verifique se o produto é aprovado pela Anvisa.

· Fuja das feirinhas que vendem produtos "in natura" não identificados e com embalagens precárias.

Foto: Divulgação

1. Come muito por causa da ansiedade? Use passiflora

· Ação: combate a fome psicológica que aparece na hora de enfrentar situações difíceis e a pressão do dia a dia.

· Consumo: de manhã e à tarde.

· Contraindicações: gestantes e lactantes.

· Passiflora (60 cáps.), da Orient, na Natural na Rede, R$ 24,50*

2. Inchaço e retenção de líquidos? Cavalinha neles!

· Ação: ajuda a eliminar a retenção de líquido, a acabar com o inchaço e a afinar a silhueta. Contribui para manter a pele firme e combate a osteoporose.

· Consumo: Três cápsulas por dia.

· Contraindicações: gestantes, lactantes, cardíacos, hipertensos e pessoas com problemas renais.

· Cavalinha (60 cáps.), da Orient, na Natural na Rede, R$ 21,70*

3. Engorda com muita facilidade? Vá de citrus aurantium

· Ação: aumenta a temperatura do corpo e acelera a queima de gorduras e calorias. Inibe o apetite.

· Consumo: entre as refeições da manhã e da tarde.

· Contraindicações: pessoas com problemas cardíacos, portadores de glaucoma, gestantes e lactantes.

· Citrus Aurantium (60 cáps.), da Vitra Citrus, na Loja do Jardim, R$ 29,60*

4. Compulsão por doce? Alivie com garcínia

· Ação: diminui o apetite e a vontade de comer doces compulsivamente. Também evita o acúmulo de gordura e colabora para a liberação de serotonina, o hormônio do prazer.

· Consumo: duas cápsulas antes das refeições.

· Contraindicações: gestantes, lactantes e hipertensos.

· Extrato Seco de Garcínia (60 cáps.), da Nutriervas, na Loja do Jardim, R$ 26*

5. Come muito pão, massa ou arroz? Experimente faseolamina

· Ação: evita o acúmulo de glicose no sangue e a transformação desse excesso em gordura. Consumo: 30 minutos antes do almoço e do jantar.

· Contraindicações: gestantes, lactantes e diabéticos.

· Farinha de Feijão-Branco (60 cáps.), da Vita Vita, na Loja do Jardim, R$ 23,30*

Só em farmácia de manipulação

Fome excessiva e fora de hora? Vá de pholia negra!

· Ação: deixa o esvaziamento do estômago mais lento. Prolonga a sensação de saciedade, retarda a fome e combate a formação de gordura na região da barriga.

· Consumo: uma cápsula 30 minutos antes do almoço e outra 30 minutos antes do jantar.

· Contraindicações: Gestantes e lactantes.

Tem uma queda por alimentos gordurosos? Peça casseolamina

· Ação: elimina uma parte da gordura antes que ela seja absorvida pelo organismo.

· Consumo: três vezes ao dia, 30 minutos antes das principais refeições.

· Contraindicações: gestantes, lactantes, diabéticos e cardíacos.

Confira o cardápio da dieta

*Preços pesquisados em novembro/2011

Comentários

[an error occurred while processing this directive]

Comente

[an error occurred while processing this directive]