A dieta que emagrece 57 kg com chá de amora

"Perdi 57 kg com a dieta do chá de amora. A bebida desincha o corpo, regula o intestino e ainda cuida da pele e do cabelo. E o melhor: não é amarga!", conta Luciana Donassan

Publicado em 05/08/2011

Lígia Scalise. Dona da história: Luciana Donassan, 29 anos, Maringá, PR

Conteúdo SOU MAIS EU!

Luciana Donassan tem 1,68 m de altura e foi dos 127 kg para os 70 kg
Foto: Luiz Carlos Bulla Junior / Arquivo Pessoal

"Era final de 2009 e estávamos a caminho do aniversário do meu sobrinho. No carro, eu dizia ao meu marido, Marco, que havia me decidido a fazer a cirurgia de redução do estômago. Ele era contra o procedimento e me lembrou que se algo ruim me acontecesse eu deixaria nosso filho pequeno para criar. Na época, o Marquinho tinha 6 anos. "Então, hoje vai ser o meu último dia de comilança. Prometo que vou cuidar da minha saúde e emagrecer", falei. Comi uns 20 salgadinhos, vários docinhos e bebi muitos copos de refrigerante na festa. Foi minha despedida. Voltei para casa decidida a emagrecer.

Chorava de ódio quando criticavam meu peso

Durante a gravidez do meu filho, em 2003, segurei a boca e mantive o corpo em forma. Mas o nascimento dele não foi tranquilo. Marquinho nasceu prematuro, aos 7 meses, e com problemas de saúde. Isso me deixou muito abalada. Meu menino passou o primeiro mês na UTI e eu vivia angustiada. E, quanto mais me preocupava, mais descontava na comida.

Essa rotina de comer com exagero continuou mesmo depois da recuperação do meu filho. Cozinhar e devorar tudo em seguida se tornou um costume. Fiquei três anos em casa, sem trabalhar, só engordando. Minha mãe dizia: "Filha, o Marquinho está gordinho. Você precisa cuidar da sua alimentação para ensinar bons hábitos a ele". Palpites desse tipo me revoltavam. Cada vez que alguém criticava meu peso, chorava de ódio e comia mais.

Quando voltei a trabalhar com televendas, tudo piorou. Passava o dia sentada, comendo sem parar. Trocava qualquer comida por pastel, lasanha, sanduíche e doces. Meu uniforme foi do tamanho G para o extra GG. Aliás, comprar roupa era meu pesadelo. Lembro amargamente da festa junina da empresa, em 2009. Fui à loja de aluguel de fantasias e não encontrei um vestido sequer para mim. A costureira ficou com dó e se ofereceu para confeccionar uma roupa especial. Mas o modelo era tão desengonçado que o vestido ficou horrível! Para completar, eu e meu marido ganhamos o título de casal simpatia do ano. As fotos desse dia parecem de um filme de terror!

Luciana ficou linda e saiu na capa da revista SOUMAISEU
Foto: Reprodução revista SOUMAISEU

Encontrei apoio nas gordinhas da internet

Meu primeiro passo ao voltar da tal festinha do meu sobrinho foi marcar um endocrinologista. Aí, descobri que meu peso era bem maior do que eu imaginava. Estava com 127 kg. Nossa! Nunca imaginei passar dos 100 kg. Minha sorte é que não desenvolvi doenças como diabetes e colesterol alto.

No mesmo dia, fui ao mercado e comprei frutas, legumes, verduras, alimentos light, integrais e sucos. Pensei: "Se tanta gente consegue comer de maneira saudável, eu também consigo!". Aí, encontrei na internet uma grande aliada. Lá, vi fotos e vídeos de mulheres que emagreceram. Foi um novo universo que se abriu! Muitas delas compartilhavam seus dramas para conseguir perder peso. Isso serviu de estímulo para que eu revertesse minha situação. Passei a gostar de experimentar comidas novas e chás.

Tentei tomar chá verde, mas não suportei o gosto amargo. Foi então que soube das propriedades do chá de amora, que tem um baita diferencial: é gostoso, com sabor de fruta! Comecei a tomar 2 litros por dia. Logo senti a diferença: meu corpo retinha menos líquido e o funcionamento do intestino melhorou.

O mais difícil era controlar a vontade de comer doces. Aí, quando batia o desespero, consumia frutas, gelatina, barrinhas de cereal ou um iogurte de chocolate light. Toda vez que pensava em desistir, lembrava do meu uniforme extra grande e da humilhação na festa junina. Eu tinha que conseguir! A cada quilo perdido, comemorava com minhas amigas de Orkut e dos blogs de emagrecimento. Assim, eliminei 57 kg em um ano, sem cirurgia!

Arrasei de vestido justinho na festa junina

Só depois de emagrecer fiquei sabendo de coisas que aconteciam pelas minhas costas. Meu filho, por exemplo, tinha medo de que os amiguinhos da escola tirassem sarro do meu peso. Já meu marido se preocupava quando me via subindo as escadas de casa. Afinal, se eu caísse, o tombo seria grande e eu poderia me machucar.

Agora sou motivo de admiração. Meu marido me elogia, meu filho tem orgulho de mim e minhas amigas da internet se inspiram na minha história. E faço por merecer: visto roupas da moda, meu uniforme do trabalho é tamanho M, uso salto alto, maquiagem e fiquei loira! Sem contar que nunca mais fui chamada de senhora. Hoje me veem como a moça de 29 anos que sou.

E quer saber da melhor parte? No ano passado, fui à festa junina da minha empresa com um vestidinho justo, curtinho, que valorizou as minhas curvas. E arrasei!"

Além de ajudar a emagrecer, o chá de amora melhora o funcionamento do intestino e a aparência da pele e cabelo
Foto: Dreamstime

Chá amargo? Nunca mais!

Essa dieta é uma novidade para quem gosta de chá, mas sofre com o gosto amargo das folhas. O chá de amora é delicioso! A nutricionista Francine Schimidt, do site Dieta Light*, explica os benefícios. "Ele é um ótimo regulador intestinal. E mais: é rico em vitamina C, que combate males como diabetes e colesterol alto. Sem contar que é um poderoso antioxidante e contribui para a beleza da pele e do cabelo", explica. O indicado é beber quatro xícaras por dia, nos intervalos das refeições. "É importante não ferver a erva. Coloque-a em água quente e deixe descansar por cinco minutos. Depois, é só coar e servir. Para cada litro de água, use uma colher de sopa da erva. A bebida pode ser consumida quente ou gelada." A erva também é vendida em cápsulas. Tome uma pílula antes do café da manhã, do almoço e do jantar. Confira:

Sugestão de produtos

Foto: Divulgação

1. Cápsula de chpa de amora (50 unidades), Vita Vita, R$ 17,90
2. Chá de amora in natura, Flor do Campo, R$ 2,90*
3. Cápsulas de chá de amora (60 unidades), Ecovile, R$ 17*

Foto: Divulgação

4. Chá de amora branca (10 sachês), Chá Mais, R$ 3,50*
5. Chá de amora branca (10 sachês), Vemat, R$ 2,96*
6. Chá de amora miura, Labornatus, R$ 9,80*

Veja o cardápio seguido por Luciana

*Preço sugerido em julho/2011

Comentários

Os comentários são pessoais e não refletem a opinião do MdeMulher.

Apart from the sporty fairing, we notice web-shaped alloy wheels and a sizable disc brake. honda cbr f4i fairings http://motorcyclefairingshonda.tripod.com - 03/06/2014 19:51:35

A dieta que emagrece 57 kg com chá de amora - Casos de sucesso - Dieta - MdeMulher - Editora Abril wholesale bags http://www.googletest.com - 28/03/2014 01:46:38

uinfutwyls briquet zippo gravé http://www.jeuxselect.fr/21-limited-edition-briquets-zippo - 24/02/2014 15:07:57

<b>Renata</b> - No momento estou seguindo uma dieta que foi recomendada por minha amiga e já estou na 3 semana e consegui perder 9kgs. Segue o site da dieta para quem se interessar: www.editoratmb.com/emagrecer/ - 18/02/2014 00:26:39

<b>mirella</b> - estou tomando o chá da folha de amora e estou amando em 2 semanas ja perdi 8 kls ,mais na base da dieta tbm ajuda muito o chá e tira a fome mesmo. estou amando os benificil,não tenho mais te problemas mestruais, e nem fico mais com as pernas enxada. otimo - 13/02/2014 20:25:24

<b>Ana</b> - Olá, queria saber se o chá de amora faz mesmo emagrecer? Diga-me qual é o melhor chá para emagrecer? Comprimentos - 06/02/2014 19:20:40

Veja todos os comentários

Comente

Li e concordo com os termos de uso do site.